Violino Brasil
Quem está conectado
12 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 12 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Igrejas estão deixando de adorar em louvores

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Igrejas estão deixando de adorar em louvores

Mensagem  sergio sant em 24/10/2013, 00:42

Por que muitas Igrejas estão deixando de adorar em louvores nos cânticos do Cantor Cristão, da Harpa e do Hinário, trocando por louvor e adoração , estão deixando de ter músicos nas igreja a igreja esta muito mundana, muito robótica!
A palavra diz que o inimigo das nossas almas foi um adorador ele não gosta de quem louva a Deus assim que ele esta fazendo com muitas igreja.
Isso vai um alerta para muitos irmão isso não incluindo o irmão da CCB.
A Paz!
avatar
sergio sant

Mensagens : 2
Pontos : 2
Reputação : 1
Data de inscrição : 23/10/2013

http://acaomusical.comunidades.net/index.php

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igrejas estão deixando de adorar em louvores

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 24/10/2013, 08:38

sergio sant escreveu:Por que muitas Igrejas estão deixando de adorar em louvores nos cânticos do Cantor Cristão, da Harpa e do Hinário, trocando por louvor e adoração , estão deixando de ter músicos nas igreja a igreja esta muito mundana, muito robótica!
A palavra diz que o inimigo das nossas almas foi um adorador ele não gosta de quem louva a Deus assim que ele esta fazendo com muitas igreja.
Isso vai um alerta para muitos irmão isso não incluindo o irmão da CCB.
A Paz!
Olá irmão, tudo bem?
.
Eu creio que depende muito da cultura, dogmas, costumes e dos ensinamentos de cada Igreja, algo interno e particular e inquestionável (São coisas internas que devem ser discutidas pelo próprios membros e suas lideranças em cada denominação), pois todas Igrejas evangélicas tem sua liberdade de culto e liturgia e quem decide o Estatuto e declaração de fé de cada Igreja e regulamentação quando ao Louvor são pessoas que estão a frente de cada Igreja.
.
As Igrejas pentecostais clássicas, utilizam os cânticos e hinos antigos, usados desde das primeiras igrejas protestantes e absorvendo algumas composições ao longo dos anos até chegar em nós.
.
A Igreja CCB é sem dúvida uma das mais radicais quando ao louvor na Igreja, mesmo fazendo algumas alterações em relação ao hinário, se mantém fiel ao Hinário que usamos para o Louvor na Igreja. Mas existem Igrejas, que não gostam do arcaísmo dos arranjos sempre utilizados no hinário e os maestros fazem os arranjos para orquestra, um exemplo disso é algumas Assembleias. Acho que a Adventista abandonou o uso do hinário também.
.
No caso da CCB, muitos hinos são trechos fáceis de obras clássicas são utilizadas ou mesmo melódias tradicionais e folclóricas com algumas composições também que foram feitas por alguns irmãos no inicio das atividades da Igreja no Brasil, no caso já no hinário de número 3 com a tradução dos hinos para nossa língua portuguesa (Número 1 era em italiano), pois foi o país que teve maior aceitação da doutrina da Igreja.
.
Não estou dizendo que é certo ou errado a prática de algumas Igrejas, mas relatando os fatos. Em orquestras profissionais, sejam Sinfônicas ou Filarmônicas, são tocadas obras de compositores clássicos, sem arranjar, apenas tocando aquilo que está escrito e adaptando a configuração da orquestra ou também tocam arranjos compostos pelo maestro preservando apenas a melodia principal.
.
No caso da CCB, ela não tem em sua formação original a posição e disposição de uma orquestra Sinfônica, mas sim de uma Banda Sinfônica. Hoje as coisas mudaram com aumento das cordas, ficaram mais com cara de uma orquestra Sinfônica, até pelas diversidades de instrumentos, mas sendo suprimido alguns como o Rabecão e ultimamente o Acordeon por falta de espaço na Igreja e percussão.
.
No caso de algumas Assembleias, já nascem orquestras com configuração de Filarmônicas.
.
No caso de outras, utilizam se de banda, guitarra, contrabaixo, bateria, teclado etc.
.
Nesse caso, utilizasse muitas improvisações. Não sou contra, mas penso que pode encher o ego de um músico é justamente quando surge improvisações, principalmente se o músico se achar uma estrela...
.
Seja qual for a forma de louvor, temos que ter em mente que é necessário muita ética do músico, noção, respeito ao regulamento da orquestra e estudo musical.
.
Quando aos problemas de sentimentos na Igreja, eu creio que não seja apenas um problema que podemos dizer que os músicos tem maior responsabilidade. Não. Na verdade todos contribuem para uma falta de comunhão dentro da Igreja. É necessário que todos os membros, ministérios e músicos estejam em perfeita sintonia, sentimento e fé para que tenhamos uma comunhão (Comum União) dentro da Igreja.
.
Quando os músicos tocam com a alma, a Igreja se levanta. Se os músicos desandarem e tiverem sem comunhão, atrapalham toda reunião dos que estão lá para adorarem a Deus.
.
O Louvor na Igreja é uma das partes mais importantes da Liturgia Cristã Protestante. A música realmente mexe com a alma. É expressão dos nossos sentimentos.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3305
Pontos : 3789
Reputação : 171
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum