Violino Brasil
Últimos assuntos
» Intonia - Aplicativo para Praticar a Afinação.
Hoje à(s) 06:40 por CSFreire

» Qual o melhor custo benefício?
30/11/2016, 14:14 por Silano M. Santos

» forma de mão.
30/11/2016, 08:12 por MarcoAC

» Como aprender a identificar a posição correta das notas.
29/11/2016, 19:08 por ymoraes5948

» Que Breu usar?
25/11/2016, 13:37 por Lexluthor

» Como avaliar violinos online.
20/11/2016, 20:22 por felipelch

» História da música
18/11/2016, 14:31 por £ëø Mø®£ix

» Goma laca indiana
18/11/2016, 14:23 por £ëø Mø®£ix

» Quarto dedo...
17/11/2016, 12:15 por £ëø Mø®£ix

Quem está conectado
20 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 20 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Como ajustar o cavalete?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 20/10/2013, 13:41

Paz do Senhor Jesus aos meus membros em Cristo!



Eu estava reparando que, o meu cavalete estava um pouco para trás pela pressão das cordas. É normal isto? O cavalete deve ficar reto? Isto é inevitável?



Estas são minhas dúvidas.



Fiquem com Jesus!

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 20/10/2013, 13:58

Marcus V. escreveu:Paz do Senhor Jesus aos meus membros em Cristo!



Eu estava reparando que, o meu cavalete estava um pouco para trás pela pressão das cordas. É normal isto? O cavalete deve ficar reto? Isto é inevitável?



Estas são minhas dúvidas.



Fiquem com Jesus!
O cavalete deve ficar levemente inclinado pra o lado do estandarte. Jamais deve ficar reto. Por quê deve fica levemente inclinado? Conforme você afinar o violino  (Isso ocorre quando afinamos pelas cravelhas, é pura física) a tendencia é do cavalete é ir para frente, pois a tensão das cordas, faz com que as cordas empurre a parte de cima do cavalete para frente milimetricamente pouco a pouco. Conforme o tempo passa, ele vai acabar por tombar no tampo superior do violino. Provocando provalmente a rachadura  do tampo superior, partindo o cavalete ao meio ou então pode provocar danos no verniz além de tudo isso que pode ocorrer, provavelmente o impacto violento do tombamento e a batida do estandarte no tampo, pode derrubar a alma e furar o tampo superior na parte da microafinação.
.
Portanto não mexa nele para ficar reto. Pois pode ser desastroso.
.
Toda semana verifica a posição do cavalete, quando começar a ficar reto ou torto para lado do espelho, volte o cavalete na posição levemente inclinado para o lado do estandarte. Os pezinhos do cavalete já estão ajustados para essa leve inclinação. Cuidado com a ilusão de ótica!!!
.
Até mesmo porque se os pezinhos começarem a se levantar inclinando o cavalete para o lado do espelho ou reto, o seu violino vai começar a perder a completa transmissão das ondas sonoras provinientes das cordas. Isso faz o seu violino perder som.
.
Fora que se ficar muito tempo inclinado para o lado do espelho, a tendencia é o cavalete se perder rapidamente, envergando e logo você precisará trocar. Quando mais tiver esses cuidados, pode prolongar a vida útil do seu cavalete.
.
Quando dúvida estou a sua disposição.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 20/10/2013, 21:22

£ëø Mø®£ix escreveu:
Marcus V. escreveu: Paz do Senhor Jesus aos meus membros em Cristo!



Eu estava reparando que, o meu cavalete estava um pouco para trás pela pressão das cordas. É normal isto? O cavalete deve ficar reto? Isto é inevitável?



Estas são minhas dúvidas.



Fiquem com Jesus!
O cavalete deve ficar levemente inclinado pra o lado do estandarte. Jamais deve ficar reto. Por quê deve fica levemente inclinado? Conforme você afinar o violino  (Isso ocorre quando afinamos pelas cravelhas, é pura física) a tendencia é do cavalete é ir para frente, pois a tensão das cordas, faz com que as cordas empurre a parte de cima do cavalete para frente milimetricamente pouco a pouco. Conforme o tempo passa, ele vai acabar por tombar no tampo superior do violino. Provocando provalmente a rachadura  do tampo superior, partindo o cavalete ao meio ou então pode provocar danos no verniz além de tudo isso que pode ocorrer, provavelmente o impacto violento do tombamento e a batida do estandarte no tampo, pode derrubar a alma e furar o tampo superior na parte da microafinação.
.
Portanto não mexa nele para ficar reto. Pois pode ser desastroso.
.
Toda semana verifica a posição do cavalete, quando começar a ficar reto ou torto para lado do espelho, volte o cavalete na posição levemente inclinado para o lado do estandarte. Os pezinhos do cavalete já estão ajustados para essa leve inclinação. Cuidado com a ilusão de ótica!!!
.
Até mesmo porque se os pezinhos começarem a se levantar inclinando o cavalete para o lado do espelho ou reto, o seu violino vai começar a perder a completa transmissão das ondas sonoras provinientes das cordas. Isso faz o seu violino perder som.
.
Fora que se ficar muito tempo inclinado para o lado do espelho, a tendencia é o cavalete se perder rapidamente, envergando e logo você precisará trocar. Quando mais tiver esses cuidados, pode prolongar a vida útil do seu cavalete.
.
Quando dúvida estou a sua disposição.

Entendi perfeitamente. Realmente brilhante mesmo; realmente pura física! Estou falando isto porque vi um vídeo que, um professor colocava o cavalete reto. Porquanto, abri este tópico para tirar a minha dúvida e, a dúvida dos outros. rs


Por isto é bom ter conselhos com quem sabe. Ainda mais eu que, não sei praticamente nada. Bom... Qualquer dúvida, posto aqui no fórum.



Paz seja contigo, meu irmão!

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 20/10/2013, 22:50

Marcus V. escreveu:
Entendi perfeitamente. Realmente brilhante mesmo; realmente pura física! Estou falando isto porque vi um vídeo que, um professor colocava o cavalete reto. Porquanto, abri este tópico para tirar a minha dúvida e, a dúvida dos outros. rs


Por isto é bom ter conselhos com quem sabe. Ainda mais eu que, não sei praticamente nada. Bom... Qualquer dúvida, posto aqui no fórum.



Paz seja contigo, meu irmão!

Na verdade não se pode confundir professor de violino com luthier. São coisas distintas.
.
O professor de violino cuida do estudo do violino. O luthier cuida da manutenção do instrumento e fábricação.
.
Pior de tudo é confundir vendedor com luthier. O vendedor é comerciante. O luthier é artista. Assim como tem músico é artista e não esses comerciantes da mídia.
.
O luthier não faz isso por dinheiro e sim por amor ao que faz. Amor pela arte. O dinheiro é simplesmente parte da recompensa do seu trabalho.
.
O que mais existe no mundo é pessoas que falam bobagens, quem entende do assunto é luthier e não professor. São poucos que falam alguma coisa acertada a respeito de lutheria. Só pode se dar crédito, quando o professor é lutheir. Do contrário tem que filtrar o que muitos professores falam.
.
Já ouviu aquela história que no Brasil tem 180 milhões de técnicos da seleção brasileira?! Mas quantos foram campões mundiais pelo Brasil?
.
O que mais tem no Brasil são professores palpiteiros e cheio de achismos.
.
O irmão fez certinho em se perguntar e se orientar. Não acredite em todos os videos do Youtube. Tem muita coisa boa, mas também tem muita coisa que é inaceitavel.
.
Hoje é muito fácil se gravar videos e colocar na Internet.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 20/10/2013, 23:16

£ëø Mø®£ix escreveu:
Marcus V. escreveu: Entendi perfeitamente. Realmente brilhante mesmo; realmente pura física! Estou falando isto porque vi um vídeo que, um professor colocava o cavalete reto. Porquanto, abri este tópico para tirar a minha dúvida e, a dúvida dos outros. rs


Por isto é bom ter conselhos com quem sabe. Ainda mais eu que, não sei praticamente nada. Bom... Qualquer dúvida, posto aqui no fórum.



Paz seja contigo, meu irmão!

Na verdade não se pode confundir professor de violino com luthier. São coisas distintas.
.
O professor de violino cuida do estudo do violino. O luthier cuida da manutenção do instrumento e fábricação.
.
Pior de tudo é confundir vendedor com luthier. O vendedor é comerciante. O luthier é artista. Assim como tem músico é artista e não esses comerciantes da mídia.
.
O luthier não faz isso por dinheiro e sim por amor ao que faz. Amor pela arte. O dinheiro é simplesmente parte da recompensa do seu trabalho.
.
O que mais existe no mundo é pessoas que falam bobagens, quem entende do assunto é luthier e não professor. São poucos que falam alguma coisa acertada a respeito de lutheria. Só pode se dar crédito, quando o professor é lutheir. Do contrário tem que filtrar o que muitos professores falam.
.
Já ouviu aquela história que no Brasil tem 180 milhões de técnicos da seleção brasileira?! Mas quantos foram campões mundiais pelo Brasil?
.
O que mais tem no Brasil são professores palpiteiros e cheio de achismos.
.
O irmão fez certinho em se perguntar e se orientar. Não acredite em todos os videos do Youtube. Tem muita coisa boa, mas também tem muita coisa que é inaceitavel.
.
Hoje é muito fácil se gravar videos e colocar na Internet.

Realmente é a mais pura verdade. Os professores, ensinam de forma metódica e, não de uma forma eficaz, ou seja, que cumpre o que lhe apraz. Por exemplo: um livro de percepção rítmica; este livro deve cumprir com o que ele oferece, mas se o ensino não for de uma forma eficaz, é apenas zelo sem fundamento, como o apóstolo Paulo diz em Romanos 10 sobre o seu povo.



Porém, o violinista com personalidade e determinação, supera os "métodos" e, é bem-aventurado no seu feito.



Sendo assim, é necessário um cuidado muito grande com o que é postado na internet. Nem sempre o que está na internet é eficaz e, na verdade, como você disse são achismos e não se aplica na música em si que é arte e, não simples "métodos".



Deus o abençoe abundantemente.


Abraços, meu irmão! Agradeço pela sua resposta.

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 21/10/2013, 13:50

Marcus V. escreveu:
Realmente é a mais pura verdade. Os professores, ensinam de forma metódica e, não de uma forma eficaz, ou seja, que cumpre o que lhe apraz. Por exemplo: um livro de percepção rítmica; este livro deve cumprir com o que ele oferece, mas se o ensino não for de uma forma eficaz, é apenas zelo sem fundamento, como o apóstolo Paulo diz em Romanos 10 sobre o seu povo.



Porém, o violinista com personalidade e determinação, supera os "métodos" e, é bem-aventurado no seu feito.



Sendo assim, é necessário um cuidado muito grande com o que é postado na internet. Nem sempre o que está na internet é eficaz e, na verdade, como você disse são achismos e não se aplica na música em si que é arte e, não simples "métodos".



Deus o abençoe abundantemente.


Abraços, meu irmão! Agradeço pela sua resposta.

Tudo bem bem colocado irmão. Porém, só uma observação a fazer: os problemas não são os métodos. Pois não existe método ruim ou bom e sim professor ruim que não sabe aplica-lo.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 21/10/2013, 15:57

£ëø Mø®£ix escreveu:
Marcus V. escreveu: Realmente é a mais pura verdade. Os professores, ensinam de forma metódica e, não de uma forma eficaz, ou seja, que cumpre o que lhe apraz. Por exemplo: um livro de percepção rítmica; este livro deve cumprir com o que ele oferece, mas se o ensino não for de uma forma eficaz, é apenas zelo sem fundamento, como o apóstolo Paulo diz em Romanos 10 sobre o seu povo.



Porém, o violinista com personalidade e determinação, supera os "métodos" e, é bem-aventurado no seu feito.



Sendo assim, é necessário um cuidado muito grande com o que é postado na internet. Nem sempre o que está na internet é eficaz e, na verdade, como você disse são achismos e não se aplica na música em si que é arte e, não simples "métodos".



Deus o abençoe abundantemente.


Abraços, meu irmão! Agradeço pela sua resposta.

Tudo bem bem colocado irmão. Porém, só uma observação a fazer: os problemas não são os métodos. Pois não existe método ruim ou bom e sim professor ruim que não sabe aplica-lo.

Sim, falaste com propriedade, mas o que eu disse foi justamente isto. Música é arte, e não simplesmente tocar métodos. Pelos métodos, você alcança o conhecimento de tal coisa, no caso, tocar o instrumento, mas quem vai fazer arte com a música é você com o "entendimento" pelo amadurecimento deste conhecimento dos métodos.

Um exemplo é uma criança. Você não vai confiar algo de grande valor para uma criança, justamente pela inocência e pureza da mesma. A criança não é amadurecida, mas não significa que, ela não pode ser forte e, ter personalidade, entende?
Cada um deve permanecer na vocação que foi chamado, como diz a Palavra em Ef 4.1



Servo como servo, profeta como profeta, pastor como pastor, criança como criança, adulto como adulto... (1 Co 13.11)





Abraços, meu irmão! Fique com Jesus.

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 21/10/2013, 20:13

Marcus V. escreveu:
Sim, falaste com propriedade, mas o que eu disse foi justamente isto. Música é arte, e não simplesmente tocar métodos. Pelos métodos, você alcança o conhecimento de tal coisa, no caso, tocar o instrumento, mas quem vai fazer arte com a música é você com o "entendimento" pelo amadurecimento deste conhecimento dos métodos.

Um exemplo é uma criança. Você não vai confiar algo de grande valor para uma criança, justamente pela inocência e pureza da mesma. A criança não é amadurecida, mas não significa que, ela não pode ser forte e, ter personalidade, entende?
Cada um deve permanecer na vocação que foi chamado, como diz a Palavra em Ef 4.1



Servo como servo, profeta como profeta, pastor como pastor, criança como criança, adulto como adulto... (1 Co 13.11)





Abraços, meu irmão! Fique com Jesus.

Isso irmão, porém eu queria reafirmar algo interessante e bem util a todos. Na verdade quando eu falo sobre a aplicalidade do método. Não é uma questão muito em relação a métodos. Mesmo música. Se você estudar devidamente a música por fundamentos, fazer todo um trabalho sério, você vai tocar tão bem quando alguém que estuda métodos.
.
Não é uma questão apenas especificas, mas sim de orientação.
.
Por isso vemos pessoas que muitas vezes não seguiu uma linha tradicional e toca super bem.
.
A questão na verdade é de como orientado a aplicação do estudo seja do método ou da música em si. É uma questão do professor saber trabalhar com as armas que tem em mãos.
.
É justamente isso que o ensino arcaico critica que não é possivel tocar bem sem seguir a linha tradicional traçado como absoluta verdade por eles.
.
A questão não fica por conta dessa linha tradicional e sim da funcionalidade seja de qual linha for, qual método for, qual música for.
.
É complicado.
.
Tem muita gente lendo métodos perfeitamente, lendo muita música. Mas poucos são os que  fazem do método uma verdadeira arte e da música tiram aquilo que ela foi feita: sentimento, expressão e arte.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 21/10/2013, 21:30

£ëø Mø®£ix escreveu:
Marcus V. escreveu: Sim, falaste com propriedade, mas o que eu disse foi justamente isto. Música é arte, e não simplesmente tocar métodos. Pelos métodos, você alcança o conhecimento de tal coisa, no caso, tocar o instrumento, mas quem vai fazer arte com a música é você com o "entendimento" pelo amadurecimento deste conhecimento dos métodos.

Um exemplo é uma criança. Você não vai confiar algo de grande valor para uma criança, justamente pela inocência e pureza da mesma. A criança não é amadurecida, mas não significa que, ela não pode ser forte e, ter personalidade, entende?
Cada um deve permanecer na vocação que foi chamado, como diz a Palavra em Ef 4.1



Servo como servo, profeta como profeta, pastor como pastor, criança como criança, adulto como adulto... (1 Co 13.11)





Abraços, meu irmão! Fique com Jesus.

Isso irmão, porém eu queria reafirmar algo interessante e bem util a todos. Na verdade quando eu falo sobre a aplicalidade do método. Não é uma questão muito em relação a métodos. Mesmo música. Se você estudar devidamente a música por fundamentos, fazer todo um trabalho sério, você vai tocar tão bem quando alguém que estuda métodos.
.
Não é uma questão apenas especificas, mas sim de orientação.
.
Por isso vemos pessoas que muitas vezes não seguiu uma linha tradicional e toca super bem.
.
A questão na verdade é de como orientado a aplicação do estudo seja do método ou da música em si. É uma questão do professor saber trabalhar com as armas que tem em mãos.
.
É justamente isso que o ensino arcaico critica que não é possivel tocar bem sem seguir a linha tradicional traçado como absoluta verdade por eles.
.
A questão não fica por conta dessa linha tradicional e sim da funcionalidade seja de qual linha for, qual método for, qual música for.
.
É complicado.
.
Tem muita gente lendo métodos perfeitamente, lendo muita música. Mas poucos são os que  fazem do método uma verdadeira arte e da música tiram aquilo que ela foi feita: sentimento, expressão e arte.

Certíssimo, pura verdade mesmo. São poucos que conhecem e entendem música. Logicamente, um bom professor auxilia e muito o aluno a adquirir um nível de profissional. Na verdade, todo professor deveria ter em mente de, fazer o aluno superior à ele. Desta forma, ajudaria a passar o estudo músico em si para a população brasileira. Sem dúvida, a música ajuda e influencia as pessoas, mas música em arte em si e não como um "fardo."


Abraços, meu irmão!

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 23/10/2013, 00:26

Marcus V. escreveu:
Certíssimo, pura verdade mesmo. São poucos que conhecem e entendem música. Logicamente, um bom professor auxilia e muito o aluno a adquirir um nível de profissional. Na verdade, todo professor deveria ter em mente de, fazer o aluno superior à ele. Desta forma, ajudaria a passar o estudo músico em si para a população brasileira. Sem dúvida, a música ajuda e influencia as pessoas, mas música em arte em si e não como um "fardo."


Abraços, meu irmão!
Exatamente isso. O objetivo de um excelente professor é fazer o aluno supera-lo. Assim a sua missão estará cumprida.
.
Na verdade os professores gostam de ensinar somente alunos que tem muita facilidade em geral crianças. Eles não gostam de ensinar alunos que tem dificuldades ou adultos.
.
É justamente os que tem dificuldades que mostram o quanto ele é bom professor, pois ele terá que se superar ao ensinar e mostrara toda a capacidade de mestre. Visto que um aluno que tem facilidade, estuda por si só, é um autodidata. O professor não gosta de pegar no pesado, só gosta de sombra e água fresca.
.
Enquanto um aluno que tem dificuldade, ele terá que exercer demais a paciência e terá que mostrar criatividade, clareza e objetividade para ensinar.
.
Já as crianças são muito moldaveis, até porque estão em formação de carater, não tem personalidade definida e são muito mais maleaveis e influênciaveis. Já um adulto que já tem carater concluido e personalidade definida, já é capaz de julgar as coisas e questioná-las. O professor na maioria das vezes, não tem respostas, pois lhe falta conhecimento a cerca de muitos assuntos e não gostam de gente que pensa.



"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 23/10/2013, 11:04

£ëø Mø®£ix escreveu:
Marcus V. escreveu:
Certíssimo, pura verdade mesmo. São poucos que conhecem e entendem música. Logicamente, um bom professor auxilia e muito o aluno a adquirir um nível de profissional. Na verdade, todo professor deveria ter em mente de, fazer o aluno superior à ele. Desta forma, ajudaria a passar o estudo músico em si para a população brasileira. Sem dúvida, a música ajuda e influencia as pessoas, mas música em arte em si e não como um "fardo."


Abraços, meu irmão!
Exatamente isso. O objetivo de um excelente professor é fazer o aluno supera-lo. Assim a sua missão estará cumprida.
.
Na verdade os professores gostam de ensinar somente alunos que tem muita facilidade em geral crianças. Eles não gostam de ensinar alunos que tem dificuldades ou adultos.
.
É justamente os que tem dificuldades que mostram o quanto ele é bom professor, pois ele terá que se superar ao ensinar e mostrara toda a capacidade de mestre. Visto que um aluno que tem facilidade, estuda por si só, é um autodidata. O professor não gosta de pegar no pesado, só gosta de sombra e água fresca.
.
Enquanto um aluno que tem dificuldade, ele terá que exercer demais a paciência e terá que mostrar criatividade, clareza e objetividade para ensinar.
.
Já as crianças são muito moldaveis, até porque estão em formação de carater, não tem personalidade definida e são muito mais maleaveis e influênciaveis. Já um adulto que já tem carater concluido e personalidade definida, já é capaz de julgar as coisas e questioná-las. O professor na maioria das vezes, não tem respostas, pois lhe falta conhecimento a cerca de muitos assuntos e não gostam de gente que pensa.

Na verdade mesmo, um bom professor que amor pelo que faz, se alegra quando o aluno atinge uma maturidade musical porque ele lembra quando chegou em tal maturidade. Afinal, quando atingimos um ponto que outrora achava difícil, sentimos uma profunda alegria e satisfação.


Eu vejo uma vitória como de ambas as partes. No Evangelho, Deus é o seu instrutor, o seu Consolador. Quando Jesus disse que, o Espírito da verdade, quando viesse, nos guiaria em toda verdade, é justamente o ensino e a capacitação do Espírito para cumprir a Palavra. (Jo 16.13-14)

Nós somos participantes da natureza divina, da glória de Deus e, consequentemente, das vitórias triunfantes de Deus. (Jo 5.39; 16.33) Tudo isto pela misericórdia de Deus. (Lm 3.22-24)


Porque humanamente falando é impossível ser salvo. (Mt 19.26) Logo, a santificação também é impossível porque "sem santificação ninguém verá a Deus". (Hb 12.14; 1 Pe 1.15-16; Mt 5.8 )


Trazendo para o estudo do instrumento, um professor é necessário para instruir de uma forma mais completa, prevenindo assim, vícios. O homem é um ser capaz de examinar o erro das pessoas, mas falha ao examinar os seus. Somente, a obra do Espírito, pra fazer o homem se auto-examinar.


Sendo assim, é melhor estudar com um professor, devido a sabedoria e conhecimento que, o mesmo pode lhe passar. Porém, com este conhecimento musical, fará o seu próprio entendimento devido ao seu amadurecimento.


Portanto, é assim que vejo a música. Se eu estiver errado em algum ponto, me corrija, mas pela sabedoria que vem do alto, consigo discernir bem tudo, e de ninguém sou discernido pelo poder do Espírito que opera em mim. (1 Co 2.15-16; 2 Co 3.5; Tg 3.17-18)


Que a paz do Senhor Jesus seja abundante aos meus amados irmãos!


Abraços. Fiquem com Jesus.

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 23/10/2013, 12:07

Marcus V. escreveu:Na verdade mesmo, um bom professor que amor pelo que faz, se alegra quando o aluno atinge uma maturidade musical porque ele lembra quando chegou em tal maturidade. Afinal, quando atingimos um ponto que outrora achava difícil, sentimos uma profunda alegria e satisfação.


Eu vejo uma vitória como de ambas as partes. No Evangelho, Deus é o seu instrutor, o seu Consolador. Quando Jesus disse que, o Espírito da verdade, quando viesse, nos guiaria em toda verdade, é justamente o ensino e a capacitação do Espírito para cumprir a Palavra. (Jo 16.13-14)

Nós somos participantes da natureza divina, da glória de Deus e, consequentemente, das vitórias triunfantes de Deus. (Jo 5.39; 16.33) Tudo isto pela misericórdia de Deus. (Lm 3.22-24)


Porque humanamente falando é impossível ser salvo. (Mt 19.26) Logo, a santificação também é impossível porque "sem santificação ninguém verá a Deus". (Hb 12.14; 1 Pe 1.15-16; Mt 5.8 )


Trazendo para o estudo do instrumento, um professor é necessário para instruir de uma forma mais completa, prevenindo assim, vícios. O homem é um ser capaz de examinar o erro das pessoas, mas falha ao examinar os seus. Somente, a obra do Espírito, pra fazer o homem se auto-examinar.


Sendo assim, é melhor estudar com um professor, devido a sabedoria e conhecimento que, o mesmo pode lhe passar. Porém, com este conhecimento musical, fará o seu próprio entendimento devido ao seu amadurecimento.


Portanto, é assim que vejo a música. Se eu estiver errado em algum ponto, me corrija, mas pela sabedoria que vem do alto, consigo discernir bem tudo, e de ninguém sou discernido pelo poder do Espírito que opera em mim. (1 Co 2.15-16; 2 Co 3.5; Tg 3.17-18)


Que a paz do Senhor Jesus seja abundante aos meus amados irmãos!


Abraços. Fiquem com Jesus.

Na verdade o que move o mundo é o dinheiro. O que eu vi no mundo da música, a maioria das pessoas não tem amor pelo que faz, não entendem que a consequencia de um trabalho bem realizado com amor, dedicação e perseverança uma parte é justamente a remuneração financeira.
.
Então as pessoas que cuidam do ensino em sua maioria, querem é somente lucrar, não se preocupam em formar um bom músico. Quem apenas é enrolar o máximo que puder, não transmitir tudo que sabem e fazem de tudo para que o aluno fique anos e anos praticamente quase sem sair do lugar pagando uma boa cifra pelas aulas.
.
O interessante é  o sujeito fazer um bom trabalho, transmitir tudo que sabe e fazer o aluno supera-lo. Assim ele terá a fama de bom professor com mérito e logo vai atrair mais e mais alunos, ganhando o seu salario justo. Só termino dizendo algo: ilusão causa desilusão.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 23/10/2013, 13:46

£ëø Mø®£ix escreveu:
Marcus V. escreveu:Na verdade mesmo, um bom professor que amor pelo que faz, se alegra quando o aluno atinge uma maturidade musical porque ele lembra quando chegou em tal maturidade. Afinal, quando atingimos um ponto que outrora achava difícil, sentimos uma profunda alegria e satisfação.


Eu vejo uma vitória como de ambas as partes. No Evangelho, Deus é o seu instrutor, o seu Consolador. Quando Jesus disse que, o Espírito da verdade, quando viesse, nos guiaria em toda verdade, é justamente o ensino e a capacitação do Espírito para cumprir a Palavra. (Jo 16.13-14)

Nós somos participantes da natureza divina, da glória de Deus e, consequentemente, das vitórias triunfantes de Deus. (Jo 5.39; 16.33) Tudo isto pela misericórdia de Deus. (Lm 3.22-24)


Porque humanamente falando é impossível ser salvo. (Mt 19.26) Logo, a santificação também é impossível porque "sem santificação ninguém verá a Deus". (Hb 12.14; 1 Pe 1.15-16; Mt 5.8 )


Trazendo para o estudo do instrumento, um professor é necessário para instruir de uma forma mais completa, prevenindo assim, vícios. O homem é um ser capaz de examinar o erro das pessoas, mas falha ao examinar os seus. Somente, a obra do Espírito, pra fazer o homem se auto-examinar.


Sendo assim, é melhor estudar com um professor, devido a sabedoria e conhecimento que, o mesmo pode lhe passar. Porém, com este conhecimento musical, fará o seu próprio entendimento devido ao seu amadurecimento.


Portanto, é assim que vejo a música. Se eu estiver errado em algum ponto, me corrija, mas pela sabedoria que vem do alto, consigo discernir bem tudo, e de ninguém sou discernido pelo poder do Espírito que opera em mim. (1 Co 2.15-16; 2 Co 3.5; Tg 3.17-18)


Que a paz do Senhor Jesus seja abundante aos meus amados irmãos!


Abraços. Fiquem com Jesus.

Na verdade o que move o mundo é o dinheiro. O que eu vi no mundo da música, a maioria das pessoas não tem amor pelo que faz, não entendem que a consequencia de um trabalho bem realizado com amor, dedicação e perseverança uma parte é justamente a remuneração financeira.
.
Então as pessoas que cuidam do ensino em sua maioria, querem é somente lucrar, não se preocupam em formar um bom músico. Quem apenas é enrolar o máximo que puder, não transmitir tudo que sabem e fazem de tudo para que o aluno fique anos e anos praticamente quase sem sair do lugar pagando uma boa cifra pelas aulas.
.
O interessante é  o sujeito fazer um bom trabalho, transmitir tudo que sabe e fazer o aluno supera-lo. Assim ele terá a fama de bom professor com mérito e logo vai atrair mais e mais alunos, ganhando o seu salario justo. Só termino dizendo algo: ilusão causa desilusão.

Concordo plenamente... A bíblia diz que, o "amor ao dinheiro" é a raiz de todas as amarguras. (1 Tm 6.10)
É incrível como o ser humano se corrompe de uma forma incrivelmente fácil e, se corrompe com coisas vãs que, pra nada prestam ou se presta nesta sociedade (no caso, o dinheiro), um dia, certamente, será aniquilado.


A sociedade não tem amor porque não tem o conhecimento de Deus. (Os 4.6; Pv 22.6) Nós somos o culpado também porque não pregamos, não oramos e, somos negligentes muitas vezes. (Rm 10.14-17; 1 Ts 5.17; Ef 6.18; Jd 20)


Só se pode ter amor, quem tem o Espírito e, consequentemente, os frutos do Espírito. (Rm 5.5; Gl 5.22) Não falo do "fileos", nem do "eros" e, sim do ágape, o incondicional. Não tem condições de eu ajudar aquela pessoa, de eu me compadecer dela.
É isto que, devemos entender, seja no Evangelho, seja na sociedade. Porque se não um cego guiará outro cego e, ambos cairão na cova e, não chegaremos a lugar algum.


Para a política em si, o comunismo é utopia, é sonho. Porém, quando Jesus estabelecer o milênio, será infinitamente melhor do que o comunismo. Não haverá morte, pranto, choro e, nem a "maldição de Adão" na qual corrompe as pessoas que, não conhece o "Eu sou".


Abraços, meu irmão! Fique com Jesus!

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 23/10/2013, 13:48

£ëø Mø®£ix escreveu:
Marcus V. escreveu:Na verdade mesmo, um bom professor que amor pelo que faz, se alegra quando o aluno atinge uma maturidade musical porque ele lembra quando chegou em tal maturidade. Afinal, quando atingimos um ponto que outrora achava difícil, sentimos uma profunda alegria e satisfação.


Eu vejo uma vitória como de ambas as partes. No Evangelho, Deus é o seu instrutor, o seu Consolador. Quando Jesus disse que, o Espírito da verdade, quando viesse, nos guiaria em toda verdade, é justamente o ensino e a capacitação do Espírito para cumprir a Palavra. (Jo 16.13-14)

Nós somos participantes da natureza divina, da glória de Deus e, consequentemente, das vitórias triunfantes de Deus. (Jo 5.39; 16.33) Tudo isto pela misericórdia de Deus. (Lm 3.22-24)


Porque humanamente falando é impossível ser salvo. (Mt 19.26) Logo, a santificação também é impossível porque "sem santificação ninguém verá a Deus". (Hb 12.14; 1 Pe 1.15-16; Mt 5.8 )


Trazendo para o estudo do instrumento, um professor é necessário para instruir de uma forma mais completa, prevenindo assim, vícios. O homem é um ser capaz de examinar o erro das pessoas, mas falha ao examinar os seus. Somente, a obra do Espírito, pra fazer o homem se auto-examinar.


Sendo assim, é melhor estudar com um professor, devido a sabedoria e conhecimento que, o mesmo pode lhe passar. Porém, com este conhecimento musical, fará o seu próprio entendimento devido ao seu amadurecimento.


Portanto, é assim que vejo a música. Se eu estiver errado em algum ponto, me corrija, mas pela sabedoria que vem do alto, consigo discernir bem tudo, e de ninguém sou discernido pelo poder do Espírito que opera em mim. (1 Co 2.15-16; 2 Co 3.5; Tg 3.17-18)


Que a paz do Senhor Jesus seja abundante aos meus amados irmãos!


Abraços. Fiquem com Jesus.

Na verdade o que move o mundo é o dinheiro. O que eu vi no mundo da música, a maioria das pessoas não tem amor pelo que faz, não entendem que a consequencia de um trabalho bem realizado com amor, dedicação e perseverança uma parte é justamente a remuneração financeira.
.
Então as pessoas que cuidam do ensino em sua maioria, querem é somente lucrar, não se preocupam em formar um bom músico. Quem apenas é enrolar o máximo que puder, não transmitir tudo que sabem e fazem de tudo para que o aluno fique anos e anos praticamente quase sem sair do lugar pagando uma boa cifra pelas aulas.
.
O interessante é  o sujeito fazer um bom trabalho, transmitir tudo que sabe e fazer o aluno supera-lo. Assim ele terá a fama de bom professor com mérito e logo vai atrair mais e mais alunos, ganhando o seu salario justo. Só termino dizendo algo: ilusão causa desilusão.

Concordo plenamente... A bíblia diz que, o "amor ao dinheiro" é a raiz de todas as amarguras. (1 Tm 6.10)
É incrível como o ser humano se corrompe de uma forma incrivelmente fácil e, se corrompe com coisas vãs que, pra nada prestam ou se presta nesta sociedade (no caso, o dinheiro), um dia, certamente, será aniquilado.


A sociedade não tem amor porque não tem o conhecimento de Deus. (Os 4.6; Pv 22.6) Nós somos o culpado também porque não pregamos, não oramos e, somos negligentes muitas vezes. (Rm 10.14-17; 1 Ts 5.17; Ef 6.18; Jd 20)


Só se pode ter amor, quem tem o Espírito e, consequentemente, os frutos do Espírito. (Rm 5.5; Gl 5.22) Não falo do "fileos", nem do "eros" e, sim do ágape, o incondicional. Não tem condições de eu ajudar aquela pessoa, de eu me compadecer dela.
É isto que, devemos entender, seja no Evangelho, seja na sociedade. Porque se não um cego guiará outro cego e, ambos cairão na cova e, não chegaremos a lugar algum.


Para a política em si, o comunismo é utopia, é sonho. Porém, quando Jesus estabelecer o milênio, será infinitamente melhor do que o comunismo. Não haverá morte, pranto, choro e, nem a "maldição de Adão" na qual corrompe as pessoas que, não conhece o "Eu sou".


Abraços, meu irmão! Fique com Jesus!

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 23/10/2013, 17:48

Marcus V. escreveu:Concordo plenamente... A bíblia diz que, o "amor ao dinheiro" é a raiz de todas as amarguras. (1 Tm 6.10)
É incrível como o ser humano se corrompe de uma forma incrivelmente fácil e, se corrompe com coisas vãs que, pra nada prestam ou se presta nesta sociedade (no caso, o dinheiro), um dia, certamente, será aniquilado.


A sociedade não tem amor porque não tem o conhecimento de Deus. (Os 4.6; Pv 22.6) Nós somos o culpado também porque não pregamos, não oramos e, somos negligentes muitas vezes. (Rm 10.14-17; 1 Ts 5.17; Ef 6.18; Jd 20)


Só se pode ter amor, quem tem o Espírito e, consequentemente, os frutos do Espírito. (Rm 5.5; Gl 5.22) Não falo do "fileos", nem do "eros" e, sim do ágape, o incondicional. Não tem condições de eu ajudar aquela pessoa, de eu me compadecer dela.
É isto que, devemos entender, seja no Evangelho, seja na sociedade. Porque se não um cego guiará outro cego e, ambos cairão na cova e, não chegaremos a lugar algum.


Para a política em si, o comunismo é utopia, é sonho. Porém, quando Jesus estabelecer o milênio, será infinitamente melhor do que o comunismo. Não haverá morte, pranto, choro e, nem a "maldição de Adão" na qual corrompe as pessoas que, não conhece o "Eu sou".


Abraços, meu irmão! Fique com Jesus!

Na verdade, meu irmão. Eu penso que o dinheiro em si, não seja o problema do mundo da música.
.
O problema é cabeça das pessoas, diria algo moral, a lei moral deles são distorcidas, valores como: amor ao que faz, amor fraternal, respeito, dignidade, justiça são totalmente cifrados por pessoas ignorantes.
.
Isso não é uma questão apenas do mundo da música, penso que a sociedade em si está corrompida. Hoje tudo tem o seu preço.
.
Eu vejo realmente poucas pessoas que tem comprometimento, responsabilidade e amor ao que faz em relação a música.
.
Quando temos uma pessoa que tem amor pelo que faz, comprometimento e responsabilidade e sabe o que faz, porque faz e como fazer, o próprio sistema dá um jeito de injustiçar tal pessoa.
.
Leia a respeito do maestro Carlos Neves que faleceu ontém. Ele foi um grande nome e deu uma grande contribuição para cultura nesse país e para o ensino. E foi praticamente chutado de Tatuí pelos opositores a ele.
.
E salvadores da pátria? O que fizeram? Estão destruindo Tatuí!!!
.
O que eu quero dizer que o dinheiro pode ser usado para o bem, assim como um carro pode ser usado para o bem de muitos, mas também quando pessoas de carater dúvidoso lhe és concedido um poder, o dinheiro se torna uma maldição, assim como um carro se torna uma arma!
.
Eu faria uma pergunta para o irmão, a escuridão existe?


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 24/10/2013, 09:57

£ëø Mø®£ix escreveu:
Marcus V. escreveu:Concordo plenamente... A bíblia diz que, o "amor ao dinheiro" é a raiz de todas as amarguras. (1 Tm 6.10)
É incrível como o ser humano se corrompe de uma forma incrivelmente fácil e, se corrompe com coisas vãs que, pra nada prestam ou se presta nesta sociedade (no caso, o dinheiro), um dia, certamente, será aniquilado.


A sociedade não tem amor porque não tem o conhecimento de Deus. (Os 4.6; Pv 22.6) Nós somos o culpado também porque não pregamos, não oramos e, somos negligentes muitas vezes. (Rm 10.14-17; 1 Ts 5.17; Ef 6.18; Jd 20)


Só se pode ter amor, quem tem o Espírito e, consequentemente, os frutos do Espírito. (Rm 5.5; Gl 5.22) Não falo do "fileos", nem do "eros" e, sim do ágape, o incondicional. Não tem condições de eu ajudar aquela pessoa, de eu me compadecer dela.
É isto que, devemos entender, seja no Evangelho, seja na sociedade. Porque se não um cego guiará outro cego e, ambos cairão na cova e, não chegaremos a lugar algum.


Para a política em si, o comunismo é utopia, é sonho. Porém, quando Jesus estabelecer o milênio, será infinitamente melhor do que o comunismo. Não haverá morte, pranto, choro e, nem a "maldição de Adão" na qual corrompe as pessoas que, não conhece o "Eu sou".


Abraços, meu irmão! Fique com Jesus!

Na verdade, meu irmão. Eu penso que o dinheiro em si, não seja o problema do mundo da música.
.
O problema é cabeça das pessoas, diria algo moral, a lei moral deles são distorcidas, valores como: amor ao que faz, amor fraternal, respeito, dignidade, justiça são totalmente cifrados por pessoas ignorantes.
.
Isso não é uma questão apenas do mundo da música, penso que a sociedade em si está corrompida. Hoje tudo tem o seu preço.
.
Eu vejo realmente poucas pessoas que tem comprometimento, responsabilidade e amor ao que faz em relação a música.
.
Quando temos uma pessoa que tem amor pelo que faz, comprometimento e responsabilidade e sabe o que faz, porque faz e como fazer, o próprio sistema dá um jeito de injustiçar tal pessoa.
.
Leia a respeito do maestro Carlos Neves que faleceu ontém. Ele foi um grande nome e deu uma grande contribuição para cultura nesse país e para o ensino. E foi praticamente chutado de Tatuí pelos opositores a ele.
.
E salvadores da pátria? O que fizeram? Estão destruindo Tatuí!!!
.
O que eu quero dizer que o dinheiro pode ser usado para o bem, assim como um carro pode ser usado para o bem de muitos, mas também quando pessoas de carater dúvidoso lhe és concedido um poder, o dinheiro se torna uma maldição, assim como um carro se torna uma arma!
.
Eu faria uma pergunta para o irmão, a escuridão existe?
Paz seja contigo, meu irmão!



Verdade o que falaste em relação à música. Porém, em relação ao Evangelho, os cristãos de hoje pelas suas obras o negam (Tt 1.16) e, as suas obras parecem ter falas, como: "A obra de Jesus começou no Espírito e, terminaremos na carne."



E, a Palavra, diz: "porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis." (Rm 8.13)


Quanto à escuridão. Assim diz a Palavra do Senhor escrita em Is 45.7: "Eu formo a luz e crio as trevas; eu faço a paz e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas essas coisas."


Outra vez a Palavra diz em Gn 1.3-4: "Haja luz. E houve luz. E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus 'separação' entre a luz e as trevas."


O Senhor dos Exércitos criou uma "separação", ou seja, ele santificou a "luz". Pela corrupção do homem, o homem, conheceu mais profundamente a "escuridão", por não ter conhecimento de Deus.


Por isto, a Palavra diz em Pv 16.25: "Há caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte."


A escuridão parece boa ao homem, mas o fim desta escuridão é a morte. Porque a Palavra diz em Rm 6.23: "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus, é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor."



Existe luz e, existe as trevas. Porém, o homem prefere ficar nas trevas, justamente, por confiar na força do seu braço e, no seu coração mau e perverso. (Jr 17.5, 9-10)



Como eu disse, nós também temos culpa nisto porque muitas vezes somos negligentes. A Palavra diz: "Como crerão, se não há quem pregue?" (Rm 10.14)


Entretanto, Jesus disse em Jo 15.25: "Mas é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua lei: Aborreceram-me sem causa." (Sl 35.19; 69.4)


Estamos em tempo de apostasia na Igreja. Porém, temos que ver o exemplo de Paulo em 1 Co 9.15-27. Qual é o segredo do êxito do apóstolo Paulo? "Ser imitador de Cristo." (1 Co 11.1)



Renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e, siga-me. (Mt 16.24)



Abraços, meu irmão!

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 24/10/2013, 13:33

Marcus V. escreveu:
Paz seja contigo, meu irmão!



Verdade o que falaste em relação à música. Porém, em relação ao Evangelho, os cristãos de hoje pelas suas obras o negam (Tt 1.16) e, as suas obras parecem ter falas, como: "A obra de Jesus começou no Espírito e, terminaremos na carne."



E, a Palavra, diz: "porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis." (Rm 8.13)


Quanto à escuridão. Assim diz a Palavra do Senhor escrita em Is 45.7: "Eu formo a luz e crio as trevas; eu faço a paz e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas essas coisas."


Outra vez a Palavra diz em Gn 1.3-4: "Haja luz. E houve luz. E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus 'separação' entre a luz e as trevas."


O Senhor dos Exércitos criou uma "separação", ou seja, ele santificou a "luz". Pela corrupção do homem, o homem, conheceu mais profundamente a "escuridão", por não ter conhecimento de Deus.


Por isto, a Palavra diz em Pv 16.25: "Há caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte."


A escuridão parece boa ao homem, mas o fim desta escuridão é a morte. Porque a Palavra diz em Rm 6.23: "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus, é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor."



Existe luz e, existe as trevas. Porém, o homem prefere ficar nas trevas, justamente, por confiar na força do seu braço e, no seu coração mau e perverso. (Jr 17.5, 9-10)



Como eu disse, nós também temos culpa nisto porque muitas vezes somos negligentes. A Palavra diz: "Como crerão, se não há quem pregue?" (Rm 10.14)


Entretanto, Jesus disse em Jo 15.25: "Mas é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua lei: Aborreceram-me sem causa." (Sl 35.19; 69.4)


Estamos em tempo de apostasia na Igreja. Porém, temos que ver o exemplo de Paulo em 1 Co 9.15-27. Qual é o segredo do êxito do apóstolo Paulo? "Ser imitador de Cristo." (1 Co 11.1)



Renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e, siga-me. (Mt 16.24)



Abraços, meu irmão!

Na verdade irmão, você respondeu com alguns pontos, que teriamos que discutir a respeito do significado de cada verso. Não é o momento e nem lugar aqui. Oportunamente conversaremos a respeito de cada verso em particular ou em algum mais apropriado (Uma comunidade de estudos religiosos).
.
Eu fiz na verdade a pergunta sobre a existência da escuridão de uma forma literal para chegamos a um ponto e queria dizer na verdade que a escuridão ela não existe por si só. O que existe é a luz. Quando não temos luz (Ausência de luz), vemos a escuridão. Concluindo o pensamento é o que existe na verdade é a luz. A escuridão é apenas ausência dela.
.
Penso que mesma coisa é a respeito do bem do mal. Vivemos uma situação de bi polaridade em tudo: vida, morte. Abundancia, miséria. Luz, trevas. Conhecimento, desconhecimento. Verdade, mentira. Tudo no sistema de bi polaridade é justamente a ausência do príncipio.
.
Quanto ao dinheiro o indíviduo se usa de um pré julgamento do carater, lei moral e do que consideramos hoje como "normal" para se estabelecer aquilo que chamamos de atitude, movimento, ação ou traduzindo: espírito (Para falarmos de uma forma mais poética).
.
O que é normalidade? É justamente quando a maioria dos individuos faz algo em comum. Isso não quer dizer certo ou errado, mas normal.
.
Vivemos em uma sociedade onde os valores do principio bem e mal, estão sendo invertidos, pouco a pouco, sutilmente ou através da "normalidade". E muita coisa sendo mal interpretada. Deixamos o principio pela ausência. Isso é algo normal. Talvez seja momento dos que acreditam no princípio serem anormais. Pois a normalidade que a maioria faz está causando desastres na sociedade.
.
Novamente reafirmo a respeito que não gosto e não entro em questões religiosas, pois se nem Jesus agradou a todos, imagina se formos falar sobre religião? Viraria uma verdadeira guerra santa. Muitas vezes não edificaria ninguém. Só o assunto a respeito da música é uma verdadeira guerra de opiniões, culturas e que muita gente encara a música como uma verdadeira religião.
.
O assunto que estou abordando é justamente que o dinheiro não é o problema em si, mas a ausência do carater! Ele pode ser usado para o bem ou mal. Sendo um beneficio ou uma arma. A questão seria justamente o carater de quem está disposto a ensinar música, seja profissionalmente ou não.
.
O que quero dizer é justamente como eu comecei o post: a ausência dos príncipios é que causa grandes problemas no ensino musical.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Marcus V. em 24/10/2013, 21:30

£ëø Mø®£ix escreveu:
Marcus V. escreveu:
Paz seja contigo, meu irmão!



Verdade o que falaste em relação à música. Porém, em relação ao Evangelho, os cristãos de hoje pelas suas obras o negam (Tt 1.16) e, as suas obras parecem ter falas, como: "A obra de Jesus começou no Espírito e, terminaremos na carne."



E, a Palavra, diz: "porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis." (Rm 8.13)


Quanto à escuridão. Assim diz a Palavra do Senhor escrita em Is 45.7: "Eu formo a luz e crio as trevas; eu faço a paz e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas essas coisas."


Outra vez a Palavra diz em Gn 1.3-4: "Haja luz. E houve luz. E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus 'separação' entre a luz e as trevas."


O Senhor dos Exércitos criou uma "separação", ou seja, ele santificou a "luz". Pela corrupção do homem, o homem, conheceu mais profundamente a "escuridão", por não ter conhecimento de Deus.


Por isto, a Palavra diz em Pv 16.25: "Há caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte."


A escuridão parece boa ao homem, mas o fim desta escuridão é a morte. Porque a Palavra diz em Rm 6.23: "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus, é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor."



Existe luz e, existe as trevas. Porém, o homem prefere ficar nas trevas, justamente, por confiar na força do seu braço e, no seu coração mau e perverso. (Jr 17.5, 9-10)



Como eu disse, nós também temos culpa nisto porque muitas vezes somos negligentes. A Palavra diz: "Como crerão, se não há quem pregue?" (Rm 10.14)


Entretanto, Jesus disse em Jo 15.25: "Mas é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua lei: Aborreceram-me sem causa." (Sl 35.19; 69.4)


Estamos em tempo de apostasia na Igreja. Porém, temos que ver o exemplo de Paulo em 1 Co 9.15-27. Qual é o segredo do êxito do apóstolo Paulo? "Ser imitador de Cristo." (1 Co 11.1)



Renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e, siga-me. (Mt 16.24)



Abraços, meu irmão!

Na verdade irmão, você respondeu com alguns pontos, que teriamos que discutir a respeito do significado de cada verso. Não é o momento e nem lugar aqui. Oportunamente conversaremos a respeito de cada verso em particular ou em algum mais apropriado (Uma comunidade de estudos religiosos).
.
Eu fiz na verdade a pergunta sobre a existência da escuridão de uma forma literal para chegamos a um ponto e queria dizer na verdade que a escuridão ela não existe por si só. O que existe é a luz. Quando não temos luz (Ausência de luz), vemos a escuridão. Concluindo o pensamento é o que existe na verdade é a luz. A escuridão é apenas ausência dela.
.
Penso que mesma coisa é a respeito do bem do mal. Vivemos uma situação de bi polaridade em tudo: vida, morte. Abundancia, miséria. Luz, trevas. Conhecimento, desconhecimento. Verdade, mentira. Tudo no sistema de bi polaridade é justamente a ausência do príncipio.
.
Quanto ao dinheiro o indíviduo se usa de um pré julgamento do carater, lei moral e do que consideramos hoje como "normal" para se estabelecer aquilo que chamamos de atitude, movimento, ação ou traduzindo: espírito (Para falarmos de uma forma mais poética).
.
O que é normalidade? É justamente quando a maioria dos individuos faz algo em comum. Isso não quer dizer certo ou errado, mas normal.
.
Vivemos em uma sociedade onde os valores do principio bem e mal, estão sendo invertidos, pouco a pouco, sutilmente ou através da "normalidade". E muita coisa sendo mal interpretada. Deixamos o principio pela ausência. Isso é algo normal. Talvez seja momento dos que acreditam no princípio serem anormais. Pois a normalidade que a maioria faz está causando desastres na sociedade.
.
Novamente reafirmo a respeito que não gosto e não entro em questões religiosas, pois se nem Jesus agradou a todos, imagina se formos falar sobre religião? Viraria uma verdadeira guerra santa. Muitas vezes não edificaria ninguém. Só o assunto a respeito da música é uma verdadeira guerra de opiniões, culturas e que muita gente encara a música como uma verdadeira religião.
.
O assunto que estou abordando é justamente que o dinheiro não é o problema em si, mas a ausência do carater! Ele pode ser usado para o bem ou mal. Sendo um beneficio ou uma arma. A questão seria justamente o carater de quem está disposto a ensinar música, seja profissionalmente ou não.
.
O que quero dizer é justamente como eu comecei o post: a ausência dos príncipios é que causa grandes problemas no ensino musical.
Compreendo que aqui é um fórum sobre o assunto da música em si. Apenas, usando a "Sabedoria" para responder a pergunta que fizeste porque eu não tenho capacidade nenhuma de responder.

Concordo plenamente com o que disses, mas não falo de religião porque falando biblicamente a "denominação é a semente da desunião". Não falo de religião, mas de "verdade". Pela verdade, o homem se torna espiritual e discerne bem tudo e, de ninguém é discernido.


Portanto, é isto que o homem deve entender como disses que, a ausência da luz, ocasiona a escuridão. É por isto que, o mundo é uma escuridão, pois não conhecem a "luz". O fogo gera luz; a luz alumia os passos do homem. (Sl 119.105)


Concordo em partes com o que tu disses. É por isto que, o homem que segue a luz, vai contra tudo e todos, assim como foi com o profeta Jeremias e, tantos outros. O homem erra quando começa formar suas próprias opiniões, suas próprias ideologias, ou seja, sem fundamento algum, isto é ausência do fundamento, por consequência, erros e erros. Isto tudo provém do seu coração mau e perverso. A luz é a bíblia e não posso deixar de falar a verdade, arde nos ossos, coração e mente.


Sei que, muitas pessoas irão contra mim, mas é o meu fundamento, assim como de muitos. Sei que, muitos me criticarão, mas todos nós devemos ser perseverantes até o fim naquilo que é a verdade.



Abraços, meu irmão! Aprendemos sempre mais um pouco, um com o outro. Espero assim, ter uma comunhão e unidade de fé com meus irmãos! Deus os abençoe abundantemente!


A paz do Grande Eu Sou a vós, amados irmãos!

Marcus V.

Mensagens : 112
Pontos : 158
Reputação : 1
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como ajustar o cavalete?

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 14:57


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum