Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
17 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 17 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Improvisação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Improvisação

Mensagem  luciannoslz em 22/7/2013, 17:04

Galera queria algumas dicas de improvisação tipo: arpejos,floriados essas coisa assim. Precisa alguma escala, tecnica ou algo assim? Abraços

luciannoslz

Mensagens : 12
Pontos : 18
Reputação : 0
Data de inscrição : 22/07/2013
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Improvisação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 22/7/2013, 17:49

luciannoslz escreveu:Galera queria algumas dicas de improvisação tipo: arpejos,floriados essas coisa assim. Precisa alguma escala, tecnica ou algo assim? Abraços

Eu não sou a pessoa mais indicada para falar sobre improvisão, pois eu sou músico clássico e não popular, meu conhecimento sobre improvisação é minimo. Porém para você estudar improvisação é de suma importancia que você saiba todas as escalas maiores, menores pura, harmonica, melodica, cigada, bachiana etc. Tem que ter isso de cor e salteado na cabeça.
.
Sabe os arpejos das mesmas.
.
Estude harmonia com o livro do Almir Chediak, assim te da uma visão melhor sobre outros assuntos da estruturação harmonica. Aprender o que é nota de passagem, apogiatura, aciacatura, retardos, atencipações.
.
O principalmente é você saber também formar os acordes: maiores, menores, diminutos, meio diminutos, aumentados.
.
O problema que o pessoal sai tocando qualquer nota, não entende de tonalidade, formação dos acordes, dissonancias etc.
.
Em geral o floreio é você pegar uma melodia e colocar alguns ornamentos, notas de passagens para embelezar, não pode sair fora da nota base da melodia. Você faz isso em notas longas, sem tirar o carater da melodia.
.
Enquanto na improvisão, você vai criar uma nova linha melodica, dentro do campo harmonico, é outra melodia.
.
Você precisa estudar o campo harmonico para pode improvisar certinho.
.
Um grande problema é que muita gente até sabe estruturação, porem coloca notas no lugar errado. As notas principais do acorde de determinado campo harmonico deve estar sempre no tesis (Terra), enquando o arsis (Ar) deve conter notas de passagens ou a sensivel. As notas principais são Tonica, terça, Quinta e Setima. Porem a Senivel tem saber exatamente onde deve ser colocada na improvisação.
.
Em geral a sensivel tem ficar mais no final do compasso, como preparação para ir para tônica. Tem que aprender a fazer progressão, encadeamentos.
.
O nosso amigo Luis A. é pessoa mais indicada para lhe esplanar esse assunto, pois ele é músico popular, tocou no exterior, é jazzista e capta tudo de ouvido.
.
Não é muito a minha area. Vamos deixar outros membros que entendem melhor de harmonia dar uma luz para você.
.
No que precisar estou a sua disposição.
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Improvisação

Mensagem  Luís Azevedo em 22/7/2013, 23:21

É com enorme satisfação que eu volto a comentar aqui no fórum...

Como o leo disse, vc precisa ter um conhecimento teórico abrangente para improvisar. 
Improvisação nao é tocar ao acaso, tem que ter conhecimento de escalas, campo harmonico, etc etc, etc....

Eu só gostaria de acrescentar duas pequenas observações. 

A primeira trata-se do emprego da pentatonica, seja a maior ou a menor. A pentatonica pode ser vista como um resumo da escala... Na escala maior ela omite a quarta e a setima. Na escala menor, ela omite a segunda e a sexta... Por que é importante estudar a pentatonia? Primeiro porque ela é formada apenas as notas que sao mais naturais e agradaveis ao ouvido. Todos os povos tem como base de suas composições as notas das escalas pentatonicas, dessa forma é mais facil voce começar a desenvolver sua musicalidade a partir delas. Outro particularidade da pentatonica é que ela lhe permitirá tocar em diferentes modos maior ou menor sem ter notas q irao soar mau. Com a pentatonica maior é possivel improvisar tanto no campo harmonico maior natural como no mixolidio, e com a menor é possivel se virar tanto na mernor natural como na menor dórica...

A outra observação importante:

A relação entre acordes e escalas não devem ser vistas como sendo limitadoras ou determinantes de sua escolha de notas. Elas são simplesmente um auxilio, uma maneira de ajudar você a relacionar ideias que possa ter a dedilhados em seu instrumento. Suas ideias não devem, entretanto, ser ditadas pelas escalas. (Sabbatela,92).

Ou seja, a teoria serve como um elemento guia, nao como uma barreita pra sua criatividade.


Quanto à estrutura da linha melódica, voce deve levar em consideração que estará criando uma historia, ou seja, um solo tem principio, meio e fim, tendo seus momentos intensos e suaves. É preciso pensar no que se faz, e nao sair tocando de forma mecanica. Tambem lembre se a q dinâmica é importante, se voce ja começar tocando no volume 10, quando chegar no ápice do solo e voce for tentar tocar mais alto, ja nao sera possivel...

Existe macetes ou estrategias para se improvisar, uma delas é a chamada "pergunta e resposta", vc faz uma frase de chamada e em seguida faz uma frase que complementa a ideia da primeira, isso é muito comim no blues. A a repetição de frases é outro fato importante, ela reforça a ideia q voce quer exprimir e passa a ser o personagem principal da sua historia. 

Agora os floreios vc vai ver o tempo todo em todos estilos musicais. No clássico se voce for observar, grande parte das musicas tem um tema, e as repetições desse tema durante elas tem sempre pequenas alterações, isso sao floreiros. Tos grandes compositores classicos tinham grande dominio do seu intrumento, logo improvisar pra eles era bincadeira ....

Espero ter ajudado, força ae.

Luís Azevedo

Mensagens : 69
Pontos : 89
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/06/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Improvisação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 23/7/2013, 00:00

luis A. escreveu:É com enorme satisfação que eu volto a comentar aqui no fórum...

Como o leo disse, vc precisa ter um conhecimento teórico abrangente para improvisar. 
Improvisação nao é tocar ao acaso, tem que ter conhecimento de escalas, campo harmonico, etc etc, etc....

Eu só gostaria de acrescentar duas pequenas observações. 

A primeira trata-se do emprego da pentatonica, seja a maior ou a menor. A pentatonica pode ser vista como um resumo da escala... Na escala maior ela omite a quarta e a setima. Na escala menor, ela omite a segunda e a sexta... Por que é importante estudar a pentatonia? Primeiro porque ela é formada apenas as notas que sao mais naturais e agradaveis ao ouvido. Todos os povos tem como base de suas composições as notas das escalas pentatonicas, dessa forma é mais facil voce começar a desenvolver sua musicalidade a partir delas. Outro particularidade da pentatonica é que ela lhe permitirá tocar em diferentes modos maior ou menor sem ter notas q irao soar mau. Com a pentatonica maior é possivel improvisar tanto no campo harmonico maior natural como no mixolidio, e com a menor é possivel se virar tanto na mernor natural como na menor dórica...

A outra observação importante:

A relação entre acordes e escalas não devem ser vistas como sendo limitadoras ou determinantes de sua escolha de notas. Elas são simplesmente um auxilio, uma maneira de ajudar você a relacionar ideias que possa ter a dedilhados em seu instrumento. Suas ideias não devem, entretanto, ser ditadas pelas escalas. (Sabbatela,92).

Ou seja, a teoria serve como um elemento guia, nao como uma barreita pra sua criatividade.


Quanto à estrutura da linha melódica, voce deve levar em consideração que estará criando uma historia, ou seja, um solo tem principio, meio e fim, tendo seus momentos intensos e suaves. É preciso pensar no que se faz, e nao sair tocando de forma mecanica. Tambem lembre se a q dinâmica é importante, se voce ja começar tocando no volume 10, quando chegar no ápice do solo e voce for tentar tocar mais alto, ja nao sera possivel...

Existe macetes ou estrategias para se improvisar, uma delas é a chamada "pergunta e resposta", vc faz uma frase de chamada e em seguida faz uma frase que complementa a ideia da primeira, isso é muito comim no blues. A a repetição de frases é outro fato importante, ela reforça a ideia q voce quer exprimir e passa a ser o personagem principal da sua historia. 

Agora os floreios vc vai ver o tempo todo em todos estilos musicais. No clássico se voce for observar, grande parte das musicas tem um tema, e as repetições desse tema durante elas tem sempre pequenas alterações, isso sao floreiros. Tos grandes compositores classicos tinham grande dominio do seu intrumento, logo improvisar pra eles era bincadeira ....

Espero ter ajudado, força ae.

O prazer é nosso. Contamos com sua coloboração sempre para aumentar o nosso conhecimento. Que bom que você está nos prestigiando com sua presença nesse fórum.
.
Você ressaltou pontos importantes como a questão da dinamica de periodo, questão do fraseados, algo importante que é acima de tudo a criatividade.
.
Vamos lembrar que Mixolidio e Dorico são escalas modais para quem não sabe. Dentro da Tonalidade das escalas, existem os modos: Jonio (Escala maior), Dorico, Frigio, Lidio, Mixolidio, Eolio (Escala menor natural) e Locrio.
.
Em geral os compositores classico gostam de escrever Tema A A B A.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Improvisação

Mensagem  luciannoslz em 24/7/2013, 11:43

Fico muito grato pela ajuda, foi de grande importância ao meu estudo.

luciannoslz

Mensagens : 12
Pontos : 18
Reputação : 0
Data de inscrição : 22/07/2013
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Improvisação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 24/7/2013, 15:10

luciannoslz escreveu:Fico muito grato pela ajuda, foi de grande importância ao meu estudo.

Como eu sempre falo, tira fumaça da cordas!
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Improvisação

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:53


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum