Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
30 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 30 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

problema com a afinação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

problema com a afinação

Mensagem  Harrison Aguiar em 22/7/2013, 15:38

Olá, eu gostaria de saber o quanto eu devo ser exigente com a minha afinação, porque toda vez que eu vou dar qualquer nota eu erro por questão de 2 ou 4 Hz e tenho que concertar a colocação do dedo quase sempre.
 Como eu faço pra melhorar minha afinação, e o quanto devo ser exigente com a afinação?

levando em conta que eu tenho o ouvido bom, mas mesmo quando eu uso o ouvido ao invés do afinador considero desafinado e acabo concertando o lugar onde coloco o dedo.

Harrison Aguiar

Mensagens : 64
Pontos : 84
Reputação : 10
Data de inscrição : 03/07/2013
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 22/7/2013, 18:16

Harrison Aguiar escreveu:Olá, eu gostaria de saber o quanto eu devo ser exigente com a minha afinação, porque toda vez que eu vou dar qualquer nota eu erro por questão de 2 ou 4 Hz e tenho que concertar a colocação do dedo quase sempre.
 Como eu faço pra melhorar minha afinação, e o quanto devo ser exigente com a afinação?

levando em conta que eu tenho o ouvido bom, mas mesmo quando eu uso o ouvido ao invés do afinador considero desafinado e acabo concertando o lugar onde coloco o dedo.


Ola meu amigo. Tudo bem?
.
Se tem uma coisa que é pura exigencia, persistencia e perfeccionismo é com a afinação!
.
Você não pode descuidar um dia, um minuto sequer. No violino afinação é tudo.
.
É uma coisa imperdoavel no meio profissional o cara tocar desafinado. Eles não perdoam mesmo.
.
Para afinar é justamente isso que você faz. Desafinou conserta na hora! É agora, não é depois, pois aquele papo que no futuro melhora é piada. Não melhora, só piora. O que acontece com o tempo é que você tem mais amadurecimento, mais experiencia. Porem isso da muito comodismo e conformismo também.
.
Afinação tem que ser corrigida é na hora. Só assim melhor. Porém jamais deve fazer o glissando para consertar. Isso é tipico erro de aluno. Da uma deslizadinha é mortal. Pois o seu cerebro vai gravar que a posição do dedo é aquele lugar errado que você precisar dar uma deslizada no dedo. Nunca vai acertar o lugar certo e por fim vai gravar isso na memoria auditiva, depois mesmo que ouvir alguem tocando afinado vai soar desafinado para você.
.
Quem tem ouvido absoluto, ele não aceita nada que não seja 440 hz. Porém quem disse que o 440 hz é o correto? É papo furado. Pois na epoca do barroco a afinação era 415 hz, e  a pouco tempo atras era 430 hz. Depois da convenção internacional estabeleceram que a afinação seria 440 hz, afinação padrão mundial. Porem hoje caminha para 450 hz.
.
Eu creio que vai deixar todos os ouvidos absolutos malucos e doidos da cabeça se firmar mesmo o 450 hz como algumas orquestras da Europa andam experimentando.
.
Por que da afinação 440 hz para os ouvidos absolutos? Porque eles foi acostumados a ouvir essa afinação padrão internacional.
.
Nos que temos ouvido relativo, ouvimos a afinação relação a uma outra nota já pre afinada.
.
Porem se gravamos em nosso ouvido, na memoria auditiva a distancia entre os intervalos e não a nota definida como o pessoal que tem o ouvido absoluto. Portanto se gravamos errado vai ter muitos problemas com a afinação.
.
Os afinadores digitais não são bem calibrados, portanto são imprecisos.
.
Um outro detalhe é que o violino é um instrumento não temperado. O afinador digital só serve para afinar a nota La 440 hz ou 442 hz no gerador de Tom. Pois na captação de microfone ele é impreciso. Ele tem apenas uma estimativa. Você pode afinar em 440 hz e tocar em 441 hz que vai soar afinado. E tem diferença de 1 hz. Muitas vezes soa afinado até no 442 hz. Tente afinar para você ver. Não acenta o centro tonal.
.
Como você quer afinar os dedos com o afinador digital, tendo bom ouvido? Não precisa de afinador, tem que usar o ouvido, somente o ouvido para afinar as notas.
.
Outra no violino o Do# não é mesma coisa do Reb, tem a diferenciação de comas. O Fa não é mesma coisa do Fa de um instrumento temperado e nem a nota Do.
.
Essa diferença dos comas que torna o violino um violino! Da o brilho na expressividade, entonação e faz ele único.
.
Se você usar o afinador digital para ver a nota verificar a nota Fa na corda Re e  Do na corda La, vai ver que os dedos não são tão juntos assim, tem um pequeno espaçamento entre a nota Mi e Fa e Do e Re. E também no La e Sib na corda Sol.
.
Os bembois são mais baixos e os sustenidos mais altos. Na verdade falando isso fisicamente no violino a nota Fa é grudada com a Mi na corda Re e o Do é grudado na nota Si na corda La, assim como o Sib é grudado com o La. No afinador digital vai dar como nota desafinada (Luz Vermelha acesa).
.
Por isso não pode afinar com o afinador digital e tem que fazer um trabalho de afinação somente com o ouvido sem fitas adesivas e nem adesivo com pestana.
.
O unico jeito de afinar corretamente todos os dedos é justamente fazendo um trabalho de conferir os intervalos ou seja de gravar a distancia entre os dedos com a referencia da corda solta e na memoria auditiva.
.
Tem que tirar o dedo e abaixar de novo diversas vezes até achar o centro tonal. Tem que ter mais acertos do que erros. E mesmo assim continuar fazendo para gravar o som correto na cabeça, no cerebro e no dedo. É um exercicio de paciencia, conferir a distancia de cada intervalo, tono e meio tono!!! Em todas as escalas, aperjos e lições dos metodos e músicas, principalmente músicas. Tem que ser de forma proprocional, pois o nosso cerebro só consegue indentificar a distancia correta dos intervalos se fazermos o ritmo proporcional, ou seja tudo em cocheias ou semicolcheias.
.
Estude muita escala e aperjos!
.
Decorando a forma de mão. Tem que fazer isso em todas as notas.
.
Depois de afinado, você antes de descer o dedo no espelho, vai saber se esta afinado ou não, mesmo sem ter o som.
.
Nesse estagio você já decorou a mão. E para afinar corretamente é importante você cantar muito as escalas com sua voz. Pois antes de ser violinista você tem que ser um cantor. Pois a tecnica vocal é muito semelhante a tecnica do violino. Tudo que você faz com a voz, faz com o violino.
.
No que precisar estou a sua disposição.
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.
.


 


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

ouvido absoluto

Mensagem  Harrison Aguiar em 22/7/2013, 19:46

pra falar a verdade eu tenho o ouvido absoluto estou acostumado com 442Hz porque o meu teclado é 442Hz e eu sempre usei ele como referencia.
 Como faço para saber fazer a forma de mão correta?

Harrison Aguiar

Mensagens : 64
Pontos : 84
Reputação : 10
Data de inscrição : 03/07/2013
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 22/7/2013, 23:17

Harrison Aguiar escreveu:pra falar a verdade eu tenho o ouvido absoluto estou acostumado com 442Hz porque o meu teclado é 442Hz e eu sempre usei ele como referencia.
 Como faço para saber fazer a forma de mão correta?

É treino, meu amigo. Muito treino! Estudo de escalas etc.
.
De tanto ir conferindo o intervalo você vai achar o centro tonal de cada nota.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  Harrison Aguiar em 23/7/2013, 12:47

muito obrigado suas dicas foram muito úteis e deu até um melhor animo para treinar valeu mesmo

Harrison Aguiar

Mensagens : 64
Pontos : 84
Reputação : 10
Data de inscrição : 03/07/2013
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 23/7/2013, 12:57

Harrison Aguiar escreveu:muito obrigado suas dicas foram muito úteis e deu até um melhor animo para treinar valeu mesmo

No que precisar estou a sua disposição.
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

melhorou um pouco

Mensagem  Harrison Aguiar em 1/8/2013, 18:59

Olá irmão, desculpe incomodá-lo de novo, eu queria perguntar se eu devo avançar nos meus estudos agora que eu tive uma melhora significativa.
  
   ""Aliás que tipo de melhora esse maluco tá falando""(imagino que você deve estar pensando isto kk), o estudo que eu fiz começou na corda lá o que eu fiz foi:
 primeiro fazer uma repetição de um compasso 4/4 que tenha quatro semínimas com 60 B.P.M., repetindo o intervalo entre o lá e o si, assim o "lá" ficava no tempo forte e Mezzo forte, e o "si" nos tempos fracos, ou seja lá, si, lá, si(F,p,Mf,p). repeti trocentas vezes(não ultrapassando o meu limite de esforço físico). depois com o "lá" e o "do", logo após o lá e o ré, e depois também o "lá" e o "mi".

Fiz também na corda "mi", corda "ré" e por fim na corda "sol". tudo na orelhada.

Então fui conferir no afinador(não que eu tenha dúvida da minha afinação mas fiquei com uma baita curiosidade) e vi que realmente melhorou(porém as notas "si" e o "do" na corda "lá" e também nos semitons das outras cordas continuei deixando os dedos juntos, o que o afinador não aceita mas não to nem aí kk), mas as vezes eu erro por questão de 1 hertz mais baixo ou 1 hertz mais alto o que não deixa a luzinha vermelha acesa, ela continua verde por imprecisão, mas o afinador mostra em números também com até duas casas decimais(dois números depois da vírgula), mas também muitas vezes acostumo acertar em cheio, o que é uma diferença que não é muito perceptível quando eu estou usando o ouvido.

Devo perdoar esses 1 hertz que dá diferença nas cinquenta porcento das vezes porque eu não percebo muito essa diferença, ou devo ser mais perfeccionista do que 1 hertz.

Harrison Aguiar

Mensagens : 64
Pontos : 84
Reputação : 10
Data de inscrição : 03/07/2013
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/8/2013, 00:58

Harrison Aguiar escreveu:Olá irmão, desculpe incomodá-lo de novo, eu queria perguntar se eu devo avançar nos meus estudos agora que eu tive uma melhora significativa.
  
   ""Aliás que tipo de melhora esse maluco tá falando""(imagino que você deve estar pensando isto kk), o estudo que eu fiz começou na corda lá o que eu fiz foi:
 primeiro fazer uma repetição de um compasso 4/4 que tenha quatro semínimas com 60 B.P.M., repetindo o intervalo entre o lá e o si, assim o "lá" ficava no tempo forte e Mezzo forte, e o "si" nos tempos fracos, ou seja lá, si, lá, si(F,p,Mf,p). repeti trocentas vezes(não ultrapassando o meu limite de esforço físico). depois com o "lá" e o "do", logo após o lá e o ré, e depois também o "lá" e o "mi".

Fiz também na corda "mi", corda "ré" e por fim na corda "sol". tudo na orelhada.

Então fui conferir no afinador(não que eu tenha dúvida da minha afinação mas fiquei com uma baita curiosidade) e vi que realmente melhorou(porém as notas "si" e o "do" na corda "lá" e também nos semitons das outras cordas continuei deixando os dedos juntos, o que o afinador não aceita mas não to nem aí kk), mas as vezes eu erro por questão de 1 hertz mais baixo ou 1 hertz mais alto o que não deixa a luzinha vermelha acesa, ela continua verde por imprecisão, mas o afinador mostra em números também com até duas casas decimais(dois números depois da vírgula), mas também muitas vezes acostumo acertar em cheio, o que é uma diferença que não é muito perceptível quando eu estou usando o ouvido.

Devo perdoar esses 1 hertz que dá diferença nas cinquenta porcento das vezes porque eu não percebo muito essa diferença, ou devo ser mais perfeccionista do que 1 hertz.


É importante fazer a metrica música como você fez. É preciso botar isso na cabeça, pois é de suma importancia para fazer a música ser música realmente. O problema do mundo é justamente ser tudo igual, fazer tudo igual, fazer um monte de clone. Imagina se os nossos DNA fosse iguais ou os genes? A humanidade já teria com certeza sido extinta. A beleza das coisas é justamente a diferenciação. Assim é o violinista, ele tem que ser diferente, a música tem que ser diferenciada.
.
Se os outros não fazem, deixam eles não fazerem, eles não tem musicalidade e nem conhecimento, mas faça a sua parte. Tudo que absorver do conhecimento musical, coloque em pratica. Faça a diferença.
.
O importante é justamente sempre a cabeça do compasso. Ela vai determinar o inicio do compasso e andamento. Por isso toda nota na cabeça do compasso tem que ser diferenciada e mais forte para essa marcação fica visivel e indentificar e dar beleza na música.
.
Essa metrica musical em que diz: Forte, fraco, Mezo-Forte e fraco. Na verdade ela não é forte, mas é forte na diferenciação, pois você ainda tem que pensar no forte ou fraco da escala no fraseado e ainda pensar na dinamica de periodo que pode ser fraco ou forte. Então pode ficar Forte do Fraco do Forte. kkkkkkkkk
.
Isso que é o DNA da música e faz dela uma linda arte, muito complexa e diferenciada.
.
Pois se for a primeira nota do compasso, ela deve ser forte, acentuada, diferenciada das demais. Se ela estiver começando pela corda solta Sol, deve seguir a dinamica de fraseado e deve ser mais fraco pois é nota grave, você vai precisar crescer. Se for uma dinamica de periodo forte, então você vai ter que tocar forte ou fortissimo.
.
Na verdade o Si da Corda La deve ficar verde no afinador ao tocar, porem o Do, nunca vai ficar verde se você colocar o dedo junto da nota Si. Isso é a diferenciação de comas.
.
A nota Do deve ser sempre mais baixa assim como a nota Fa na corda Ré.
.
O afinador digital é impreciso, portanto não deve ter ele como guia, pois depende muito da pressão que você toca coloca no arco, da velocidade ser constante, do ponto de contato. Principalmente quando ele esta no microfone. Qualquer variação de som já é o suficiente para modificar a luzinha.
.
O afinador digital só serve para pegar o 440 hz ou 442 hz da corda La no gerador de Tom.
.
Não estude por afinador digital. Tem que treinar é o ouvido, pois não vai importar se o dedo é junto ou separado, se a luz está verde ou acesa, você vai gravar é frequencias no seu cerebro na memoria auditiva. Essa memoria que faz o seu dedo procurar a afinação e o lugar exato da afinação.
.
Não pode ser metodico. Não existe jeito certo de tocar, existe é jeito funcional de tocar. O cara que te falar que tem que ser assim e não aceita discutir se deve ser assim não é um bom professor. Logo é um idiota que quer impor a você o jeito torto dele estudar.
.
Não existe jeito certo. Cada pessoa tem uma anatomia diferente, ela pode é tem um jeito padrão de ser tocado, porem na aplicação e encoorporação da técnica é com você. Existe o que eu chamo de jeito funcional. É exatamente o que funciona com você.
.
Eu já tive todas as suas dúvidas, pesquisei e não achei quase nada a respeito. Falei com diversos professores a quais não me deram respostas satisfatórias. Pois cada professor puxa a sardinha para aquilo que acreditam. Não existe verdade, pois a verdade é relativa. O que pode ser verdade para um, não é para outro. Mais nos confundem do que esclarecem a dúvida. Porem continuei a busca incessante por respostas. Cheguei a conclusão que não a matematica da música não é exata muitas vezes.
.

Os chamados eruditos são uns idiotas. Não tem nada de eruditos. São analfabetos, pois afirmam que a música é matematica pura. E não aceitam discutir sobre o assunto, apenas querem impor aquilo que aprenderam.

.
A matematica é prima mais nova da música. Assim que aprendi. Não pode ter dogmas.
.

Alguns idiotas chamados eruditos dizem que a música é pura matemática. Gostaria que me explicassem em um compasso simples com figuras de valor em quialteras com colcheias tercinadas, sabemos que temos que dividir em partes iguais. Porém 1/3 de valor para figuras são na verdade 0.333333 infinitos. Se multiplicarmos por 3 esse 0,3333 infinitos, daria o,999999 infinitos, ou seja não é um inteiro!!!
.
Enquanto em um compasso simples com figuras em colcheias dá 1/2 ou seja 0,5 que multiplicado por 2, são exatamente 1 inteiro. Como pode ser a música exata? Melhor dizendo como pode ter uma matemática exata a música?
.
Por isso a matemática é prima mais nova da música. E na música 2 + 2 pode dar 6, 8, 10. rs*
.
Isso é que chamamos de proporcionalidade!!!! Infelismente muitas vezes só encontramos músicos eruditos que nada entendem de ciência, arte e matemática!!! Parabéns aos eruditos  que dizem que música é matematica exata!

.
O nosso sistema de escala tonal é cambeto. Não é algo exato. Fazendo diferenciação de comas é mais inexato ainda.  O afinador digital ele é temperado, nunca vai conseguir afinar corretamente os dentilhado do violino pelo afinador digital.
.
Se foi conferir, certamente é porque tem dúvidas, se tem dúvidas é com certeza está desafinado. A afinação é algo que você tem que ter certeza. Se não vira um cara meio desafinado. rs*
.
É complicado, meu amigo!
.
Por isso que música é uma ciencia interessante.
.
Em todas as suas dúvidas sobre violino, estou a sua disposição.
.
Um forte abraço.
.
Deus te abencoe!


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  Harrison Aguiar em 2/8/2013, 21:01

Mas por fim 1 hertz é grave nesse meio profissional, como por exemplo ser avaliado para entrar em uma orquestra?

  Eu particularmente não considero tão desafinado 1 hertz mas pode ser que algum jurado considere.

Harrison Aguiar

Mensagens : 64
Pontos : 84
Reputação : 10
Data de inscrição : 03/07/2013
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/8/2013, 21:59

Harrison Aguiar escreveu:Mas por fim 1 hertz é grave nesse meio profissional, como por exemplo ser avaliado para entrar em uma orquestra?

  Eu particularmente não considero tão desafinado 1 hertz mas pode ser que algum jurado considere.

Não considero e nem desconsidero. O fato é que você tem que usar o seu ouvido e fazer a relação entre os intervalos e a diferenciação em comas. Não pense em 1 hertz. A música não é matematica exata.
.
O importante é o seu ouvido. No meio profissional, desafinação é imperdoavel. O músico profissional não pode desafinar. Pode até acontecer de perder uma ou outra nota. Mas jamais perder uma sequencia da mesma nota ou uma sequencia de notas diferentes é mais grave ainda.
.
Quem é profissional não pode desafinar! É o minimo de obrigação do violinista afinar corretamente o seu dentilhado.
.
Em muitas orquestras você não faz teste muitas vezes para aprovado. Você faz o teste é para saber o nivel do seus estudos em relação ao repertorio que está semestre para ser apresentado e para ver onde você vai sentar e com quem vai sentar.
.
Pelo menos tem que ter o minimo de estudo sério e profissional. Se não fica dificil de tocar mesmo.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  Alexandre em 5/8/2013, 16:21

£ëø Mø®£ix escreveu:
Harrison Aguiar escreveu:Mas por fim 1 hertz é grave nesse meio profissional, como por exemplo ser avaliado para entrar em uma orquestra?

  Eu particularmente não considero tão desafinado 1 hertz mas pode ser que algum jurado considere.

Não considero e nem desconsidero. O fato é que você tem que usar o seu ouvido e fazer a relação entre os intervalos e a diferenciação em comas. Não pense em 1 hertz. A música não é matematica exata.
.
O importante é o seu ouvido. No meio profissional, desafinação é imperdoavel. O músico profissional não pode desafinar. Pode até acontecer de perder uma ou outra nota. Mas jamais perder uma sequencia da mesma nota ou uma sequencia de notas diferentes é mais grave ainda.
.
Quem é profissional não pode desafinar! É o minimo de obrigação do violinista afinar corretamente o seu dentilhado.
.
Em muitas orquestras você não faz teste muitas vezes para aprovado. Você faz o teste é para saber o nivel do seus estudos em relação ao repertorio que está semestre para ser apresentado e para ver onde você vai sentar e com quem vai sentar.
.
Pelo menos tem que ter o minimo de estudo sério e profissional. Se não fica dificil de tocar mesmo.

 Na igreja ja é bem diferente, mesmo se você fazer o teste e errar o pessoal te passa... E na Igreja o pessoal pensa que tocar alto é tocar afinado
avatar
Alexandre

Mensagens : 531
Pontos : 536
Reputação : 3
Data de inscrição : 27/06/2012

http://violinobrasil.forumfacil.net/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

comas

Mensagem  Harrison Aguiar em 8/8/2013, 21:16

Eu estou com o ouvido acostumado com afinação temperada porque aprendi assim, o que eu devo usar de referencia para saber essa diferenciação de comas que são esses pequenos intervalos??
  E ao considerar que todo semitono mantém os dedos juntos encontrei algumas controvérsias.
  Uma delas é que cada um tem um tipo de dedo alguns mais gordos outros mais finos. E outra controvérsia é uma questão de intervalos, acompanhe a linha de raciocínio comigo, o primeiro  e terceiro dedo na primeira posição são executados na mesma frequência que um instrumento temperado, como por exemplo o "si" e o "ré" na corda "lá" e também o "mi" e o "Sol" na corda "ré".
 Mas considerando o segundo dedo como o "Dó" na corda "lá" já tem uma diferenciação de comas, porém na corda "sol" a nota "dó" é executada com o terceiro dedo o que seria correspondente à um "dó central" em um instrumento temperado, e temos como exemplo também a nota "Sol" na corda "mi" e o terceiro dedo da nota "Sol" na corda "ré", assim as oitavas não teriam perfeita harmonia, como resolver essa controvérsia? Devo fazer uma exceção?

Harrison Aguiar

Mensagens : 64
Pontos : 84
Reputação : 10
Data de inscrição : 03/07/2013
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 9/8/2013, 17:09

Harrison Aguiar escreveu:Eu estou com o ouvido acostumado com afinação temperada porque aprendi assim, o que eu devo usar de referencia para saber essa diferenciação de comas que são esses pequenos intervalos??
  E ao considerar que todo semitono mantém os dedos juntos encontrei algumas controvérsias.
  Uma delas é que cada um tem um tipo de dedo alguns mais gordos outros mais finos. E outra controvérsia é uma questão de intervalos, acompanhe a linha de raciocínio comigo, o primeiro  e terceiro dedo na primeira posição são executados na mesma frequência que um instrumento temperado, como por exemplo o "si" e o "ré" na corda "lá" e também o "mi" e o "Sol" na corda "ré".
 Mas considerando o segundo dedo como o "Dó" na corda "lá" já tem uma diferenciação de comas, porém na corda "sol" a nota "dó" é executada com o terceiro dedo o que seria correspondente à um "dó central" em um instrumento temperado, e temos como exemplo também a nota "Sol" na corda "mi" e o terceiro dedo da nota "Sol" na corda "ré", assim as oitavas não teriam perfeita harmonia, como resolver essa controvérsia? Devo fazer uma exceção?

A maioria das pessoas tem o ouvido relativo. O fato da escala estar temperada, não afeta quase nada. Basta fazer um trabalho de conferir os intervalos.
.
A diferença é exatamente que ela soar diferente ao ouvidos. Soa melhor. Pois o Bach sabia da existencia dos comas no Sustenidos e bembois, apenas deixou temperado em 4,5 comas os bembois e sustenidos, por causa do cravo. Assim unificou a frequencia. Porem os Sustenidos e bembois são diferentes. Por quê? Vamos a resposta é que a nossa escala tonal, ela não é totalmente exata quando você coloca ela em números fracionais, tem alguns centesimos que faz dar essa diferença. A escala é cabeta. Mas mesmo assim é o sistema mais perfeito que existe. Era um gênio o Bach.
.
Música não é matematica exata. Por isso passaram anos e anos buscando um sistema que aproximasse da perfeição. Bach esquematizou isso. Por isso ele foi o gênio que foi. Nada criou de novo, mas apenas botou isso no papel e temperou as escalas. Acabou com o problema das orquestra (Musicos que tocavam juntos) terminarem as vezes cada um para um lado na afinação e muito acima do que hoje chamamos da Tônica. Começavam em uma afinação e terminavam em outra.
.
A matematica é prima mais nova da música. Porém não é a música. Os eruditos que nada tem de eruditos ensinam música de forma errada. Na verdade são analfabetos eruditos.
.
Essa história de dedo gordo ou dedo magro é história de quem é desafinado e tem preguiça de estudar escalas, arpejos e de fazer um trabalho de conferir os intervalos. Para justificar a desafinação deles, botam a culpa na anatomia. Como eu sempre explico, cada pessoa tem a sua anatomia, porém existem a tecnica padrão. O professor que vai explicar a técnica padrão. A aplicação dessa tecnica padrão é com o aluno, respeitando sua anatomia.
.
O problema é justamente quando se tem um professor burro, ele quer obrigar o aluno a tocar exatamente igual a ele, não respeita a anatomia do aluno. Ele acha o aluno deve ser um clone mal feito dele. Ele tem que entender é que cada pessoa tem sua anatomia e respeitar como o aluno aplica essa tecnica. O que não pode é sair fora da tecnica padrão, pois existe um limite aceitavel para essa aplicação. Se não, para que ter professor? Seriamos autodidatas e fariamos o que nos desse na telha.
.
Tendo o dedo gordo ou magro o cara tem que se virar para conseguir colocar o dedo no lugar.
.
Não existe essa história de dedo juntinho ou separado. O que existe é o ouvido. Cada violino tem sua afinação que é algo peculiar. Não existe um lugar certo. O que existe é que o seu ouvido tem na memoria auditiva que o seu cerebro vai determina para o que o dedo faça depois de consultar sua memoria auditiva. Portanto não fique preso a dogmas. Treine o ouvido. Se for separado que seja, se for junto que seja, mas para tanto tem que estar com a afinação na cabeça e tem que estar afinado.
.
A história que dizem que afinação é o dedo juntinho ou dedo separado é história de professor mediocre que não tem capacidade de explicar e fazer o aluno entender esse assunto complexo que é afinação. Manda o cara fazer assim, o aluno obedece feito um escravo nem sabe porque faz, nem como fazer e nem para que faz.
.
É complicado meu amigo.

.
Portanto use o ouvido sempre, mais do que a mecanica.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

afinação

Mensagem  Italo - Slog em 10/8/2013, 21:16

>> vocês falaram de afinação  de referencia e temperada :
minha duvida é qual é a diferença? como é cada uma ?
me explica tambem sobre essa diversidade de  anatomia
avatar
Italo - Slog

Mensagens : 199
Pontos : 276
Reputação : 3
Data de inscrição : 08/08/2012
Idade : 20

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 11/8/2013, 21:38

Italo-Slog escreveu:>> vocês falaram de afinação  de referencia e temperada :
minha duvida é qual é a diferença? como é cada uma ?
me explica tambem sobre essa diversidade de  anatomia
A Paz de Deus, irmão. Está sumido, hein?
.
Referencia: através de uma nota, você sabe exatamente onde está outra nota, não importa qual é o intervalo: segunda menor, segunda maior, terça menor, terça maior e etc. Você sabe exatamente a distancia de cada intervalo atraves de uma nota referencia (Pode ser principalmente a corda solta). Faz a sua relação e calcula exatamente a distancia do dedo no espelho através do seu cerebro que consulta a sua memoria auditiva e da as coordenadas para o posicionamento correto dos dedos. Isso é importantissimo e primodial para quem tem o ouvido relativo. Vai precisar de uma referencia para afinar outra nota. Quem tem ouvido absoluto decora é frequencia da nota, não importa a relação de um intervalo com o outro. Só aceita aquela frequencia padrão mundial e nada fora disso.
.
Tempero: é medida padrão (A partir da frequencia que corresponde a nota La 440 hz, poderemos ter essa referencia para afinação temperada) usada para padronizar a maioria dos instrumentos (De cordas trasteados, sopros de pisto, sopros de chave e os de teclas) baseados na escala tonal (Escala temperada) ocidental que tem 7 sons naturais da qual 2 são semitonos naturais e 5 notas acidentadas da qual tem divisão exata de 4,5 comas, pois um tono é dividido em 9 partes.  Mas na verdade os acidentes não são exatos, ou seja não são 4,5 comas, os sustenidos tem frequencias mais altas e os bembois tem frequencias mais baixas. Assim como os semitonos naturais. E temos que ter na cabeça que a nossa escala tonal é cambeta, pois ela tem números da frequencias em centesimos muitos não são números inteiros, isso que da alguma diferença. Não é exata. Porém existe que chamamos de proporcionalidade e compensação para ajustar a afinação semelhantemente aos demais instrumentos da orquestra, pois cada pessoa tem uma afinação diferente. Isso fica evidente nos instrumentos não temperados e na voz.
.
Não confunda afinação diferente com desafinação, pois uma coisa nada tem haver com a outra.
.
Isso é mais fisica e matematica do que qualquer outra coisa. É complexo de entender.
.
Anatomia: cada pessoa tem tamanho, formato e espessura que chamamos de anatomia. Uns tem a mão mais comprida outros mais curtas, uns os dedos mais grossos outros mais finos, mão mais pesada ou mais leve, os dedos mais compridos outros mais curtos, peito mais largo, mais curto, mais estufado, mais curvado. Enfim essa diferença do nosso corpo é que temos que ter noção exata para nossa aplicalidade peculiar da técnica base.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

agradeço

Mensagem  Italo - Slog em 12/8/2013, 17:59

obrigado Léo !
avatar
Italo - Slog

Mensagens : 199
Pontos : 276
Reputação : 3
Data de inscrição : 08/08/2012
Idade : 20

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 12/8/2013, 22:46

Italo-Slog escreveu:obrigado Léo !

No que precisar, estou a sua disposição.
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: problema com a afinação

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum