Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
10 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 10 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Apresentação e dúvidas de um noob

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Apresentação e dúvidas de um noob

Mensagem  Lifoi em 9/6/2013, 16:17

Olá a todos! Sou novo aqui então antes de tudo vou me apresentar,
Meu nome é Gabriel, tenho 16 anos e estou nessa de (tentar) tocar violino a um dia. Very Happy
Como meu pai ouve música erudita, eu sempre ouvi e sempre fui apaixonado pelo violino,
o porém, é que desde cedo, me cortaram essa idéia de mexer com esse instrumento, pelo fato de "ser muito difícil" e de não haver professores aqui na minha cidade.
Criança, eu acabei então deixando isso pra trás, e mais tarde, entrei na aula de violão com a intenção de tocar guitarra,
me dei muito bem é claro, e hj apesar da guitarra ser minha grande paixão,
eu estou a um ponto em que para evoluir o pouco que seja, eu preciso de um esforço sobre-humano muito grande.

Isso e mais outras coisas, me fizeram lembrar do meu amor de infância à "guitarra da orquestra".
Então, nessa sexta-feira eu aproveitei o feriado municipal, e fui para BH comprar o instrumento que nunca na vida eu tinha visto de perto.
Comprei um Eagle, VE - 244. E sei o que devem estar pensando, "fiz merda"...  bom, foi o que deu pra fazer com o dinheiro e a confiança do meu pai que eu tinha na hora.

Chegando em casa(160km da capital) eu rodei toda essa interwebs pra aprender a montar o meu brinquedo novo com meu pai. (Tava me sentindo uma criança no natal hahha) Conseguimos eu acho. O que eu não conseguia era tocar. : \

Mais uma vez nas buscas eu descobri que tinha que passar no arco um lancezinho chamado "breu" (kkk não riam! : \)
E que para prender "o trem" no meu corpo eu precisaria de um acessório chamado "espalheira".
Bom, o breu estava num compartimento do case. ^^ Ok, achei lindo aquilo, mas me faltava a tal da espalheira.

Como já era tarde da noite e o dia seguinte era um sábado, eu deixei pra ver se tem isso nas lojas daqui na segunda.
Por enquanto eu estou me virando sem ela. Se eu posso fazer isso(?) eu não sei, mas sei que não aguentaria olhar para o meu violino sem mexer nele.

Muito bem, eu vou deixar aqui algumas dúvidas que tenho, e que não consegui achar em outros lugares, agradeço desde agora, a cada um que me responder!! Smile

1) Eu de vez em quando abro o afinador no meu celular e fico tocando olhando para ele para afinar alguma nota qnd eu erro. Me recomendam isso?

2) Eu vi um cara falando que o violino tem que ficar preso no corpo sem vc segurar ele com a mão. E que quem não consegue isso, precisa da espalheira. Se isso tudo estiver certo, eu preciso de uma, mas, posso tocar sem?

3) O meu arco parece meio torto, mas eu to com medo de apertar ele mais e arrebentar aqueles fios que parecem cabelo de égua.. ahUHAuH Até quando que eu posso apertar? E qual a melhor regulagem?

4) Vcs deslizam muito a mão quando tocam? Ou tocam só as 4 notas em cada corda e deixam pra deslizar a mão só na corda Mí, quando precisam de notas mais agudas..

5) Vibrato, comofaz? Parecia simples até eu tentar, será que tem haver com eu estar segurando o violino com a mão esquerda?

Novamente muito obrigado, espero poder aprender e contribuir muito com o fórum!
Sei que não sou muito útil por enquanto mas estou aqui para o que eu puder ajudar Wink
Gabriel Lifoi

Lifoi

Mensagens : 7
Pontos : 11
Reputação : 0
Data de inscrição : 09/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação e dúvidas de um noob

Mensagem  Lifoi em 9/6/2013, 16:19

Meu Deus, isso ficou bem maior que eu queria... '-'

Lifoi

Mensagens : 7
Pontos : 11
Reputação : 0
Data de inscrição : 09/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação e dúvidas de um noob

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 9/6/2013, 18:11

Lifoi escreveu:Olá a todos! Sou novo aqui então antes de tudo vou me apresentar,
Meu nome é Gabriel, tenho 16 anos e estou nessa de (tentar) tocar violino a um dia. Very Happy
Como meu pai ouve música erudita, eu sempre ouvi e sempre fui apaixonado pelo violino,
o porém, é que desde cedo, me cortaram essa idéia de mexer com esse instrumento, pelo fato de "ser muito difícil" e de não haver professores aqui na minha cidade.
Criança, eu acabei então deixando isso pra trás, e mais tarde, entrei na aula de violão com a intenção de tocar guitarra,
me dei muito bem é claro, e hj apesar da guitarra ser minha grande paixão,
eu estou a um ponto em que para evoluir o pouco que seja, eu preciso de um esforço sobre-humano muito grande.

Isso e mais outras coisas, me fizeram lembrar do meu amor de infância à "guitarra da orquestra".
Então, nessa sexta-feira eu aproveitei o feriado municipal, e fui para BH comprar o instrumento que nunca na vida eu tinha visto de perto.
Comprei um Eagle, VE - 244. E sei o que devem estar pensando, "fiz merda"... bom, foi o que deu pra fazer com o dinheiro e a confiança do meu pai que eu tinha na hora.

Chegando em casa(160km da capital) eu rodei toda essa interwebs pra aprender a montar o meu brinquedo novo com meu pai. (Tava me sentindo uma criança no natal hahha) Conseguimos eu acho. O que eu não conseguia era tocar. : \

Mais uma vez nas buscas eu descobri que tinha que passar no arco um lancezinho chamado "breu" (kkk não riam! : \)
E que para prender "o trem" no meu corpo eu precisaria de um acessório chamado "espalheira".
Bom, o breu estava num compartimento do case. ^^ Ok, achei lindo aquilo, mas me faltava a tal da espalheira.

Como já era tarde da noite e o dia seguinte era um sábado, eu deixei pra ver se tem isso nas lojas daqui na segunda.
Por enquanto eu estou me virando sem ela. Se eu posso fazer isso(?) eu não sei, mas sei que não aguentaria olhar para o meu violino sem mexer nele.

Muito bem, eu vou deixar aqui algumas dúvidas que tenho, e que não consegui achar em outros lugares, agradeço desde agora, a cada um que me responder!! Smile

1) Eu de vez em quando abro o afinador no meu celular e fico tocando olhando para ele para afinar alguma nota qnd eu erro. Me recomendam isso?

2) Eu vi um cara falando que o violino tem que ficar preso no corpo sem vc segurar ele com a mão. E que quem não consegue isso, precisa da espalheira. Se isso tudo estiver certo, eu preciso de uma, mas, posso tocar sem?

3) O meu arco parece meio torto, mas eu to com medo de apertar ele mais e arrebentar aqueles fios que parecem cabelo de égua.. ahUHAuH Até quando que eu posso apertar? E qual a melhor regulagem?

4) Vcs deslizam muito a mão quando tocam? Ou tocam só as 4 notas em cada corda e deixam pra deslizar a mão só na corda Mí, quando precisam de notas mais agudas..

5) Vibrato, comofaz? Parecia simples até eu tentar, será que tem haver com eu estar segurando o violino com a mão esquerda?

Novamente muito obrigado, espero poder aprender e contribuir muito com o fórum!
Sei que não sou muito útil por enquanto mas estou aqui para o que eu puder ajudar Wink
Gabriel Lifoi

Olá, meu caro amigo Gabriel. Tudo bem contigo?
.
Poxa seu pai tem um gosto apurado. Que bom!!!
.
Na verdade os primeiros anos no violino é muito evolutivo. O nível iniciante você conquista Quilometros de evolução. Porém quando o aluno chega ao nível intermediário, a coisa não é tão fácil, começa a suar muito mais e os resultados surgem com menor velocidade. Já pode se falar em conquista por metros. Quando se vai para o nivel avançado, para conseguir milimetros de evolução é necessário muito esforço, muita dedicação. Basicamente você estuda apenas para manter sua tecnica, pois para conquistar evolução é necessário o cara ser muito disciplinado, ter talento minimo e já ter um racicionio e psicologicos bem desenvolvidos. E praticamente dedicar somente a isso, deixar de trabalhar para poder estudar. É quase como um corredor na corrida de São Silvestre onde ele parte com todo o gás, no meio do caminho as pernas começam a pesar e no fim da corrida o cara começa a caminhar com bolhas no pés, respiração ofegante e correndo de forma automatica, pois o seu cerebro já não assimila mais nada, o cara pensa: termina logo corrida, eu não aguento mais!!!
.
Creio que seja mais ou menos o que você está relatando em relação ao seus estudos com a Guitarra.
.
Na verdade, você mesmo respondeu. O Eagle VE 244 não é um violino bom, porém o que ele pode te servir é apenas para no máximo dois anos de estudos sério. Depois disso ele vai te limitar muito nos estudos. Por isso eu falo que não existe violino para iniciantes, mas sim o violino de iniciante é aquele que o seu bolso alcançar.
.
Aconselho você a juntar uma poupança para no futuro bem próximo adquirir um violino melhor.
.
Porém, você ao comprar um violino de fábrica, vai obrigatóriamente ter que levar ele a um luthier para os ajustes básicos e necessários a todos os violinos de fábrica. Não importa o preço que você pagou, nem onde comprou. Todo violino de fábrica, tem que passar por mãos de um luthier para deixa-lo decente para aprendizado. Tem muitas regulagens a serem feitas.
.
o cavalete que vem com ele é péssimo, qualidade muito ruim e alma também é de qualidade ruim, vem fora do lugar correto e as cravelhas vem desreguladas fora dos furos da caixa de cravelhas. E mais um monte de coisas que tem que se fazer para deixar o violino regulado.
.
Não importa se você pagou R$ 150 reais ou R$ 2500 reais. Não importa se é chinês, alemão, francês, italiano ou nacional. Todos violinos de fabrica merecem atenção em relação a regulagem!!!
.
Pois um violino desregulado, tem sérios problemas de desequilibrio, entonação, são muito duros, podem provocar tendenite, dores na coluna, musculatura do braços, enfim, atrapalham o aprendizado.
.
Eu sou luthier e se precisar dos meus serviços estou a sua disposição.
.
Eu também vendo violinos regulados, prontos para serem tocados.
.
Cara, você erra em dizer que precisa de espalheira. Isso é um acessório, não é algo obrigatório para tocar violino. Ela apenas é um adaptador para quem tem o pescoço comprido e o corpo inadequado ao violino. Mesmo sem a espalheira você tem que conseguir segurar o violino. Se você não consegue segurar o violino é sinal que você está colocando errado no corpo. Com espalheira ou sem espalheira o violino tem que ficar fixo entre o seu ombro e queixo.
.
A espalheira é apenas uma questão de saúde. Ela gera sim uma estabilidade no violino ao segura o violino mas é por causa do tecido que você está sob o seu corpo, pois dependendo do tecido de sua camiseta ou camisa, o violino tende a escorregar no ombro, apenas nisso a espalheira ajuda. Claro ela ajuda um pouco em algumas técnicas por exemplo o vibrato de braço onde há um deslocamento do braço e muitas vezes o violino tende a vibrar junto com o movimento.
.
Muitas espalheiras mais atrapalham do que ajudam, principalmente quando você não se adapta a ela, pois muita vezes a espalheira ou queixeira ficam desconfortavel, pois muita gente acha que o violino tem que se adaptar ao seu corpo. Isso é maior idiotice que é pregado entre os violinos. O seu corpo que tem que adaptar ao violino. Por isso a importância de se começar estudar criança quando o corpo ainda está em formação, você cresce com postura do violino e seu corpo já cresce preparado para tal movimento ou postura sendo algo natural, parte do seu corpo.
.
Respostas:
.
1) Cara, você é guitarrista, não precisa jamais de guia da afinação pelo celular. O violino é um instrumento não temperado, não tem trastes como a guitarra, portando a afinação do violino compreende sua memoria musical, o seu ouvido perceptivo e o seu centro tonal. Afinação do violino é em Comas, afinado em quintas. Então não é igual a Guitarra que os bembois e os sustenidos são a mesma coisa. No violino tem a diferenciação de comas que não é captado pelo afinador digital. Você está trabalhando com milimetros. Se não tiver ouvido não adianta nem tentar. Os semitonos naturais são diferentes, são mais baixos. o Fá e o Do. Não é o mesmo da Guitarra. E o violino ele muda de afinação constantemente e cada violino tem sua particular afinação. Então você que não é principiante em música, tem condições totais de afinar apenas no ouvido.
.
Ainda mais que é guitarrista e está acostumado com aberturas de mãos. Só que você trabalha em meia posição na guitarra e afinação são em terças e quarta, isso difere um pouco do violino que usa a posição. Então para você com 1 dedo tem os movimentos de retração, normal e esticamento.
.
2) O violino deve ser segurado apenas com o queixo, o ombro deve estar abaixado normalmente como você anda pela rua, bem relaxado e a cabeça levemente inclinada para esquerda. Jamais se segura o violino com a mão esquerda. Quando ao uso de espalheira, o professor pode lhe orientar a usar, dependendo de sua anatomia, mas não é uso obrigatório, só para quem tem o corpo inadequado ao uso do violino e o pescoço muito comprido.
.
Mesmo assim você tem que saber tocar com e sem espalheira. Mesma coisa o uso da palheta no violão, depende o estilo que você tocar pode usar ou não ela. Já viu cara que toca violão clássico tocando com palheta? Quem toca com palheta é geralmente o guitarrista que faz solo, mas você não é capaz de tocar guitarra sem a palheta? Logico que é, pois o pessoal do violão toca. No caso do violino o uso da espalheira é mais uma questão de saúde do que técnica. Há pouco tempo atrás, nenhum violinista tocava com espalheira!!! Ela é um acessório inventado a pouco tempo.

3) Se o teu arco está torto, ele está com desalinhado. Você precisa levar em um arqueixeiro ou luthier para envergar ele novamente e alinhar ele. O que ele tem que fica é com a barriga para dentro, bem envergado, mas a vareta deve estar em linha reta do ponteira da ponta até o parafuso graduador da crina.
.
A tensão da crina depende muito da escola da tecnica que seu professor seguir a linha.
.
Os russos usam muita tensão na crina, pois precisam muito dessa tensão para gerar som na empunhatura de arco que eles fazem.
.
A crina deve ser tensiona a ponto de quando você estiver com o arco na corda, ela fique bem próxima a corda, porém não deve raspar a vareta da madeira na corda e nem ficar tensionada a ponto do arco perder a barriga para dentro. Se tensionar demais sua vareta vai perder logo logo. A crina pode se soltar das cunhas, perdendo a tensão e soltando os fios, fora que você desalinhar e desenvergar o arco.
.
4) O que você chama de deslizar a mão é o que chamamos de portamento ou deslocando a mão para mudar de posição. Isso é feito nas 4 cordas. O violino tem 12 posições em geral, mas depende muito do comprimento do seu espelho. Não é só quando precisa de notas que tem frequência alta. Depende muito da música é necessário mudar de posição para se gerar um som mais apurado.
.
É algo complexo para te explicar agora e levaria muitas horas de texto. Não se preocupe com isso. É coisa que se estuda depois de estar afinado e com a afinação firmada na 1 posição. No minimo uns 2 anos de estudos sérios.
.
5) Meu amigo o vibrato é feito na flutuação da afinação para baixo e ara cima. É uma desafinação harmonica regular e simetricamente perfeita usando a subdivisão do valor das notas dentro andamento de execução e carater interpretativo e pessoal de cada violinista. É o que eu chamo de cereja do bolo.
.
Existem vários tipos de vibrato que são apropriados para determinadas interpretação de melodias. Vibrato de pulso é mais impetuoso e dificil de ser executado, tem o vibrato de braço mais melodioso é mais gracioso e o de dedo, mais dificil de ser escutado e bem apreciado em posições altas.
.
O vibrato é ultima coisa que deve ser colocada no som, pois antes é preciso estudar muitos golpes de arco, entonação, ter a afinação firmada em 5 posições e toca-las fluentemente, já saber fazer as divisões métricas de compasso, enfim ter passado muita agua pode debaixo da ponte. Pois um vibrato mal feito e duro é algo brega e repudiavel, melhor o cara ter uma entonação e tocar afinadinho, certinho do modo de vista técnico e não ter o vibrato do que tocar aqueles gatos miados desafinados e de forma ridicula vibrando.
.
O violinista que bota o vibrato em hora errada em nota erradas, sem interpretação do vibrato na hora correta, é desacreditado e passa vergonha, pois quem entende de violino diz: que cara sem noção e rídiculo...
.
Então o não se preocupe com vibrato.
.
O vibrato é algo muito pessoal que aflora no momento certo. Não adianta por os carro na frente dos bois. Não pense em vibrar pelo menos antes de 2 anos de estudos sérios. Pelo menos se você quiser ser um bom violinista.
.
5) Véio, mesmo você tocando guitarra não vai pegar o violino e sair tocando qualquer coisa. Tem que ter tempo, experiência e muita prática. Eu posso até explicar como se faz o vibrato, mas aposto que você já está com um vicio terrível que se chama mão de bandeija!!!
.
Seu estudo com o violão e guitarra praticamente não ajuda em quase nada. Apenas vai ajudar porque você já tem musicalidade e experiencia com a música e a mão desenvolvida pelos exercicios com fez com a mão esquerda. Pode ser uma vantagem boa no inicio que vai te fazer evoluir um pouco mais rápido. Isso é meu ponto de vista, mas não quer dizer que seja verdade absoluta, pois geralmente os músicos mais desafinados no violino são justamente os guitarrista e o pessoal que toca violão, pois teimam e não dar importância a precisão da mão esquerda, pois pensam por que tem traste a guitarra vão ter a mão mais agil para decorar a forma de mão.
.
Acontece que o cara que toca violão joga a mão de qualquer jeito na loteria, pois a traste que afina, então se o dedo sai para cima ou ara baixo, tanto faz, pois a frequência é a mesma. Mas é claro que o dedo encima da linha do traste gera um som mais nitido, porem muitos acordes ficam impossivel de colocar o dedo encima do trastes. Ou seja gravou uma forma de mão errada, se repetir isso que tem em seu cerebro no violino, faz o cara ser desafinado na parte mecânica. Mas por outro lado ele tem ouvido, tem harmonia na cabeça e agilidade nos dedos. Pegando um bom professor ele te coloca na linha rapidamente.
.
Para se fazer o vibrato, você tem que obrigatoriamente ter decorado a forma de mão em várias tonalidades, os dedos devem martelar a corda com extrema precisão, com firmeza e leveza ao mesmo tempo.

Apenas a força necessária para gera o timbre sem ruídos, a mão relaxada, o polegar firme, porem sem tensão alguma no braço do violino na 1 casa, a mão sem tensão alguma, encostada no braço, porem sem estar apoiada, as falanges bem articuladas milimetricamente na angulatura certa com formão de mão no 4 dedo sem estar tocando o 4 dedo proximo das cordas, segurando o violino totalmente relaxado com o queixo.
.
Tem gente com 10 anos de violino e ainda não consegue fazer. Impossível você conseguir tentar fazer no 1 dia de contato com violino.
.
E todo mundo musicalidade pode sim contribuir para o fórum. Pois antes de o cara ser violinista, ele tem que ser músico. Músico não importa o que instrumento ele toca. Pode até ser uma caixinha de fósforo. Ele faz música até com o próprio corpo!!!
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação e dúvidas de um noob

Mensagem  Lifoi em 10/6/2013, 21:32

Muuito obrigado! Me esclareceu muito!
E.. ok! Eu já esqueci o vibrato hahha!
O lance da espalheira, bom, eu realmente não consegui segurar o instrumento direito sem ela e acabei comprando uma. Acho que minha altura meio que pede isso.
Quanto ao arco, ele não tá torto, é só a barriga que vc falou. Acho que com o arco está tudo certo.
Eu só não posso dizer o mesmo do violino. Não tem luthier aqui na minha cidade, então pensei em levar em um de BH.. Vc conhece algum?
Novamente, muito obrigado, e em tempo, da pra explicar isso dos "semitons naturais"? Como assim, a diferença do Mí pro fá não é como na guitarra?

Lifoi

Mensagens : 7
Pontos : 11
Reputação : 0
Data de inscrição : 09/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação e dúvidas de um noob

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 10/6/2013, 22:41

Lifoi escreveu:Muuito obrigado! Me esclareceu muito!
E.. ok! Eu já esqueci o vibrato hahha!
O lance da espalheira, bom, eu realmente não consegui segurar o instrumento direito sem ela e acabei comprando uma. Acho que minha altura meio que pede isso.
Quanto ao arco, ele não tá torto, é só a barriga que vc falou. Acho que com o arco está tudo certo.
Eu só não posso dizer o mesmo do violino. Não tem luthier aqui na minha cidade, então pensei em levar em um de BH.. Vc conhece algum?
Novamente, muito obrigado, e em tempo, da pra explicar isso dos "semitons naturais"? Como assim, a diferença do Mí pro fá não é como na guitarra?

Na verdade o segurar do violino nada tem haver com a espalheira. Ela é apenas um adaptador para que o violino fique um pouco mais alto para que você não precise ficar com o pescoço torto demasiadamente. Porém reafirmo: mesmo sem espalheira você tem que ser capaz de segurar o violino. Se não conseguir segurar o violino sem a espalheira é sinal que você está com a postura incorreta.
.
Não é semitons naturais. É semitonos naturais.
.
Tom é referente a tonalidade que você está.
.
Tono é a distancia entre dois intervalos.
.
Existem os semitonos naturais que são dois entre duas notas que tem I, ou seja entre o Mi e Fá e entre o Si e o Dó.
.
Do-Do#-Re-Re#-Mi-Fa-Fa#-Sol-Sol#-La-La#-Si-Do
.
Sons enharmonicos:
.
Do-Reb-Re-Mib-Mi-Fa-Solb-Sol-Lab-La-Sib-Si-Do
.
Fórmula da escala Tonal:
.
1 Tono - 1 Tono - 1 Semitono - 1 Tono - 1 Tono - 1 Tono- 1 Semitono
.
1 Tono é divido em nove partes que chamamos de Comas.
.
Antes do periodo barroco já existiam os semitonos cromaticos e os naturais, porem eles eram feitos meio que ao acaso. Era acidental, como diria o Chaves: foi sem querer querendo. Por isso o Bach colocou nome de acidentes cromaticos.
.
Pitagoras desenvolveu uma teoria de tempero da escala, porém não é um sistema perfeito.
.
Bach foi um cara inteligente, foi o maior professor que já existiu de teoria. Ele botou tudo no papel e esquematizou os acidentes baseado em Pitagoras e finalmente temperou a escala dando inicio ao sistema Tonal. Que foi sem dúvida uma das maiores invenções da humanidade.
.
Porém o nosso sistema de escalas é cambeta, por causa de centesismos nas frequencias das notas.
.
Não sabemos como eram tocadas as músicas antes de Bach em relação a afinação, porém sabe-se que tinha muita discrepância entre os músicos, pois não terminavam no tom que começaram por causa da falta de tempero da escala.
.
Bach acabou com isso com o tempero da escala. Um dos motivos do violino não ter trastes é justamente para corrigir falhas na afinação. Por isso o violino é um instrumento não temperado. Ele é instrumento mais afinado do mundo, pois qualquer diferença na afinação é corrigida na hora, enquanto outros instrumentos que são trastreados não tem essa capacidade.
.
Os bembois e sustenidos não a mesma coisa. Um Do# não é mesma frequencia de um Reb, isso na matematica pela ciencia das escalas, por causa dessa frações de centesimos que existem no sistema tonal. È igual ao ano bi sexto, onde é um ajuste da diferença que existe no sistema do nosso calendario.
.
Assim é o sistema de escalas. Ainda não existe um sistema perfeito e creio que nunca vai existir, porém o sistema temperado de Bach é o mais funcional.
.
Os matematicos dizem que o bembol é mais alto e o sustenido é mais baixo.
.
Porém os músicos violinistas afirmam o contrário que o sustenido é mais alto e o bembol é mais baixo.
.
Acontece que a divisão do tempero é em 4,5 comas. No caso o sustenido é 5 comas e o bembol 4 comas ou seja não é igual o bembol e sustenidos. Bach colocou em 4,5 comas o tempero por causa de instrumentos temperados para facilitar o entrosamento da afinação. Não é unisono um Sol #
e o La b .
.
Porém a afinação de cada pessoa não é igual. É algo muito particular, ninguém gera um som igual a outra pessoa, principalmente em instrumentos não temperados, por isso que dizemos que 20 por cento dentro do centro de afinação é aceitavel.
.
Por isso o afinador digital não é preciso. Luz verde nao significa que está afinado. Pois dentro da luz verde existem variações que o afinador não é capaz de captar. É coisa de louco!!!
.
Os semitonos cromaticos tem essa diferenciação de Comas entre os bembois e os sustenidos em notas enharmonicas. Mesma coisa é o semitonos naturais.
.
O Fá natural seria um pouco mais baixo e Do também. Por isso o dedo 2 na primeira posição é sempre complicado e um terror de afinar corretamente, pois é muito junto do Mi e do Si. Se você botar no afinador digital, vai ver que ele é meio que separado, pois existe um vão entre os dedos, quase uma distancia de 1 milimetro. Mas na mecanica do dedo eles são juntos, coladinhos? Por quê? Justamente para fazer a diferenciação de comas!!!
.
Essa diferenciação de comas é um brilho a mais, principalmente em certas tonalidades. Se você tocar sem essa diferenciação e fica alto muito quadrado e burocratico. Quando se faz a diferenciação, ela dá um brilho a mais na composição e o violino realmente soa como violino.
.
Se não tem essa diferença na afinação, o violino não é violino. É outra coisa, menos violino!!!
.
Por isso o violinista tem que ter muito mais ouvido do que qualquer outro instrumentista.
.
O instrumento que mais se aproxima da voz humana é justamente o violino, pois a nossa voz consegue fazer essa diferenciação. Por isso temos cantores fantasticos que emocionam muita gente, pois eles sabem afinar a voz e trabalhar os elementos da técnica vocal.
.
Por isso o violinista antes de ser violinista ele é um cantor! Quem sabe cantar toca violino com muito mais perfeição.
.
Por isso é importante o violinista estudar canto lirico, pois toda a técnica do canto é aplicavel no violino.
.
A guitarra por ser um instrumento trasteado ela é temperada os semitonos cromaticos em 4,5, não tem como fazer essa diferenciação de comas que usamos em instrumentos não temperado. Por isso o Fá e Do do violino não são os mesmo na guitarra, pois dá uma diferencia na frequencia das notas. É bem percetivel para os violinistas.
.
Por isso é melhor você ter um ouvido relativo do que um ouvido absoluto.
.
Pois o cara que tem ouvido absoluto não aceita nada que seja fora do padrão que ele acostumou os ouvidos. E a afinação muda de epoca pra epoca e de cultura para cultura.
.
No barroco era 415 hz, hoje é 440 hz, caminhamos muito proximos para 450 hz. Isso deixa os caras que tem ouvido absoluto loucos e furiosos! Pois não compreendem.
.
Já que tem ouvido relativo, basta um frequencia inicial para que ele faça a relação entre a distancia e toca em qualquer afinação, não sente nada quanto toca em 442 hz e toca perfeitamente fazendo essa diferenciação de comas.
.
Bom é um assunto complexo e polemico e poucas palavras não são suficientes para discutir o assunto.
.
No que precisa estou sua disposição.
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.



"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação e dúvidas de um noob

Mensagem  Lifoi em 11/6/2013, 19:23

ok, mas já que meu ouvido já está acostumado com a escala temperada, como eu faço para saber o que é certo então?

Lifoi

Mensagens : 7
Pontos : 11
Reputação : 0
Data de inscrição : 09/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação e dúvidas de um noob

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 11/6/2013, 21:58

Lifoi escreveu:ok, mas já que meu ouvido já está acostumado com a escala temperada, como eu faço para saber o que é certo então?

Fazendo um trabalho de conferir os intervalos. É tirar e por o dedo para cima e para baixo até achar o ponto certo.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação e dúvidas de um noob

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum