Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
10 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 10 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  Aleki3419 em 30/5/2013, 21:13

Galera do forum, fiz este arranjo com solo fagote e quarteto de cordas, queria saber se o som do fagote se parece, se é mais ou menos real.

segue o link

avatar
Aleki3419

Mensagens : 339
Pontos : 410
Reputação : 5
Data de inscrição : 24/11/2011

https://www.youtube.com/user/Aleki3419/playlists

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 30/5/2013, 22:41

aleki3419 escreveu:Galera do forum, fiz este arranjo com solo fagote e quarteto de cordas, queria saber se o som do fagote se parece, se é mais ou menos real.

segue o link


Ficou bacana, so uma dica, expora mais as dinamicas de periodo, acho que ficaria legal umas acariaturas e apoggiaturas, notas de passagens entre acordes, pode substituir um pouco a harmonia, botar um II no lugar do IV.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  Aleki3419 em 31/5/2013, 09:29

£ëø Mø®️£ix escreveu:
aleki3419 escreveu:Galera do forum, fiz este arranjo com solo fagote e quarteto de cordas, queria saber se o som do fagote se parece, se é mais ou menos real.

segue o link


Ficou bacana, so uma dica, expora mais as dinamicas de periodo, acho que ficaria legal umas acariaturas e apoggiaturas, notas de passagens entre acordes, pode substituir um pouco a harmonia, botar um II no lugar do IV.

boa ideia, anotado para o proximo hino... Very Happy
avatar
Aleki3419

Mensagens : 339
Pontos : 410
Reputação : 5
Data de inscrição : 24/11/2011

https://www.youtube.com/user/Aleki3419/playlists

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 31/5/2013, 10:06

aleki3419 escreveu:

boa ideia, anotado para o proximo hino... Very Happy

Dependendo do carater melodioso, gracioso e expressivo ou algo mais marcha, você pode trabalhar até uma tensão nele.
.
Pode até criar 3 movimentos, já pensou? Um movimento bem tenso, vigoroso, algo mais melodramatico e depois algo bem vivace.
.
Eu gosto de pensar em coisas da vida quando estou escrevendo alguma coisa. Pensa no mundo, criação do homem bem gracioso, tensão inicial, queda do homem e depois salvação do homem atráves do Plano de Deus, atraves de Jesus, algo bem alegre, vivo e vitória da vida sobre a morte.
.
Acho que ficaria fantastico.
.
Também quem sabe você algo mais solto, tipo, cria um improviso com o piano baseado nos acordes, pode botar algumas dissonancias, toca o tema da musica, depois você cria um improviso com cada elemento de instrumento que estiver tocando, deixando os demais na base, depois você fecha o com chave de ouro, uma baita cadencia com o violino, todos ficam em silencio. Tocam o tema do hino novamente!!!
.
Olha que lindo a cadência final que ele tocou:
.



"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  Aleki3419 em 1/6/2013, 12:13

FICOU bonito, homem toca demais, nos meus arranjos tento nao fazer muito
floreado... procuro introduzir alguns tecnicas q sao feitas na igreja
mesmo(nos ensaio), stacato, forte, piano ect, mas aos poucos muito
adcionando mais...
avatar
Aleki3419

Mensagens : 339
Pontos : 410
Reputação : 5
Data de inscrição : 24/11/2011

https://www.youtube.com/user/Aleki3419/playlists

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 1/6/2013, 15:48

aleki3419 escreveu:FICOU bonito, homem toca demais, nos meus arranjos tento nao fazer muito
floreado... procuro introduzir alguns tecnicas q sao feitas na igreja
mesmo(nos ensaio), stacato, forte, piano ect, mas aos poucos muito
adcionando mais...

No caso o floreio é você apenas efeitar uma determina melodia, mantendo as notas principais da melodia originalmente apenas, colocando trinados, mordentes, apogiaturas, aciacaturas, glissandos, notas de passagens, escapadas, notas estranhas, etc.
.
O improviso é você criar algo novo, encima da harmonia existente, ou seja outra melodia.
.
Existe também o que chamamos de reharmonização, é quando você modifica a harmonia existente, fazendo algumas substituições, criando efeitos de tensão, relaxamento, resolvendo a harmonia ou colocando uma cadencia de engano, preparando para ela para harmonia seguinte.
.
Eu creio que você pode trabalhar é modulação dos hinos, muito comum. Todos os nosso hinos são em tom maiores, você pode trabalhar nos tons vizinhos, começa meio tom abaixo, passa para o tom original e no 3 verso passa para meio tom acima, ou pode simplesmente passar e voltar em um periodo. Cria um efeito legal. Coloque dinamicas de periodos nos hinos, pode dar mais enfase, no piano-pianissimo, ,molto fortissimo.
.
Penso também que você pode trabalhar de expressividade é o carater expressivo nos andamentos. Mudando o andamento durante a execução,colocando retardantos, rallentandos e acentos também, descrevendo e crescendo.
.
Enquando você compor uma composição somente sua, você pode trabalhar os lances que eu dei no outro post.
.
Na Igreja eles fazem Stacatto, porem isso é uma coisa de iniciantes, no meio profissional não se usa staccatos, acho que as cordas dos seus arranjos, podem trabalhar mais saltellatos, tenudos, spiccatos em determinados trechos.
.
E também na Igreja é feito o staccato simples de forma errada, visto que o Staccato simples é metade do valor da nota, ninguém faz assim. É na verdade
.
Eles fazem quase um martellato, mas pela golpe não é martellato. E é mais proximo do Staccato Martellato, porem é 1/4 do som da nota e 3/4 de silencio de pausa. O Staccato que se faz na Igreja, não se enquadrada nem em Staccato Simples, nem Staccato Martellato, nem no Martellato. O ataque que é feito é um ataque errado, onde eles mais raspam do que fazem o golpe correto do pulso e da velocidade de arco. Na verdade deveriam se fazer o o Spiccato no lugar do Staccato da Igreja.
.
É complicado!!!


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  Aleki3419 em 1/6/2013, 16:14

Excelente ideias, lembrarei também destas... é, realmente
nos músicos da igreja aprendemos errados e continuamos fazendo errado.


Aproveitando, não sei já tem este tópico, sobre as lições de
técnica de arco do método shimoll, queria entender melhor aquelas técnicas q
pede nas lições.


Lição 114 = GRAN STACCATO


115 = MARTELLATO


117 SALTELLATO


119 = STACCATO


123 = SALTELLATO LIGERO.
avatar
Aleki3419

Mensagens : 339
Pontos : 410
Reputação : 5
Data de inscrição : 24/11/2011

https://www.youtube.com/user/Aleki3419/playlists

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 1/6/2013, 23:26

aleki3419 escreveu:Excelente ideias, lembrarei também destas... é, realmente
nos músicos da igreja aprendemos errados e continuamos fazendo errado.


Aproveitando, não sei já tem este tópico, sobre as lições de
técnica de arco do método shimoll, queria entender melhor aquelas técnicas q
pede nas lições.


Lição 114 = GRAN STACCATO


115 = MARTELLATO


117 SALTELLATO


119 = STACCATO


123 = SALTELLATO LIGERO.

Bom, na verdade esses estudos são apenas pequenos exemplos e resumos para técnica de arco para o estudo clássico.
.
Na verdade existem muitos erros na edição dos estudos no Schmoll, sendo praticamente impossivel a execução na velocidade de professor como está escrito e descrito no Schmoll.
.
==============

>>> Lição 114 <<<

==============
.
O Grand Staccato o proprio nome já diz é uma quantidade maior de arco do que o normal. Tem que fazer 1/2 da nota e 1/2 de pausa. Você tem que dividir o arco em duas parte iguais. O golpe é feito em Metade do arco. Ou seja do meio para ponta. É utilizado para trabalhar a mola do pulso e também para trabalhar a correção da direção do arco, trabalha o paralelismo ao cavalete também. É puro trabalho de punho, justamente para dobrar o punho. Tem que tomar cuidado com tendenite e ir fazendo aos poucos até conseguir dobrar totalmente o punho.
.
O golpe é executado da seguinte forma: Posicione o arco na METADE (Não é meio). Aperte o arco para baixo, pressionando a corda, solte um pouco da pressão e faça o arco deslizar sobre a corda, correndo e chegue até a ponta e pare totalmente o arco e aperte para baixo sem deixar ressonancia e nem harmonicos soarem. É um golpe certo. Porém ao sair com o arco, tem que escutar o som fazendo Ka, porem ao percorrer com o arco até a ponta ou vice e versa, você não pode raspar o arco na corda, porém tem que ter pressão necessaria para manter a intensidade por igual nos golpes.
.
Importante fazer com o metronomo. Antes de fazer o Grand Staccato é importante o aluno antes de tudo fazer em Detache (Legatto), normal. Tem que decorar toda a lição para que o aluno concentre totalmente no golpe do arco. Pois o estudo é justamente para treinar os golpes de arco e não para ficar lendo notas. Importante é o aluno ao subir a escala, cresce a intensidade de forma gradual, notas agudas é fortissimo. Notas Graves diminui um pouco. Quando passar o arco pela corda, manter a mesma velocidade sem dar puxões e também fazer soar a nota mesmo, indo parar os harmonicos na sala toda, na casa toda e se possivel até para ouvir na esquina.
.
O importante é que o aluno nesses estudos tem que estudar feito solista!!! Então ele não vai tocar forte e sim fortissimo. Sempre um degrau acima.
.
E também é importante que quando estiver lendo e decorando, fazendo em detache e já tiver tirando de cor e salteado, ele comece a fazer um trabalho sobre a afinação, conferindo cada passagem em cada intervalo e voltando sempre para afinar bem os ouvidos. Pois a afinação é uma coisa terrivel sempre. Não pode bobear.
.
Como o andamento pede largo. Então não é um estudo rápido. Porem o aluno quando estiver estudando em detache, pode estudar em 40 bpm, 60 bpm, depois vai aumentando, 80 bpm, 100 bpm, 120 bpm, 140 bpm e o mais rápido que conseguir.
.
Quando for fazer em Grand Staccato, ai sim ele faça na velocidade indiciada no andamento Largo. Dá para fazer tranquilamento em 40 bpm, 50 bpm e 60 bpm. Mais do que isso não é necessário.
.
Aqui também pode se treinar outra técnica importantissima é que você deixar todos os dedos ao subir a escala, ao descer você vai atencipar os dedos, ou seja você desce sempre pelo menos 2 dedos juntos, como se fosse um violão.
.
Isso ajuda no treinamento para decorar a forma de mão e para tecnicas de ligadura no futuro.
.
Faça dinamica de arco, metade para ponta e do talão para metade.



Última edição por £ëø Mø®£ix em 1/6/2013, 23:53, editado 1 vez(es)


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 1/6/2013, 23:53

aleki3419 escreveu:Excelente ideias, lembrarei também destas... é, realmente
nos músicos da igreja aprendemos errados e continuamos fazendo errado.


Aproveitando, não sei já tem este tópico, sobre as lições de
técnica de arco do método shimoll, queria entender melhor aquelas técnicas q
pede nas lições.


Lição 114 = GRAN STACCATO


115 = MARTELLATO


117 SALTELLATO


119 = STACCATO


123 = SALTELLATO LIGERO.

==============

>>> Lição 115 <<<

==============

.
Aqui é um tipico erro do Método.
.
Veja que as lições é escrita na formula de compasso 2/4, ou seja binaria com unidade de tempo em seminimas.
.
No inicio pede a descrição para usar-se arco todo.
.
Bom sabemos que o martellato tem suas variações:
.
Martellato Staccato tem que fazer soar 1/4 de som e 3/4 de silencio de pausa.
.
O que é o martellato Staccato? É como você desse uma martelada em uma tabua, é um som seco, faz Ka, Ka, Ka.
.
O que torna impossivel usar arco todo para essa lição, vista que é maioria das notas escritas em colcheias e algumas em semicolcheias.
.
Um erro comum é que os alunos fazem apenas 1 pentagrama depois fazem tudo em "detache". O que é errado. Na verdade toda a lição é feita em Martellato. E nas ligaduras, pode-se fazer ligado ou em Ricochet, dando dois martelados no mesmo sentido de arco observando a pausa entre as semicolcheias.
.
Essa lição é justamente para trabalhar a mudanças de cordas. O importante não é ficar mudando a posição do braço direito a cada golpe e sim deixar ele fixo, posicionando ele entre as duas cordas, como se estivesse tocando cordas duplas e fazendo apenas o movimento de punho na mudanças das cordas.
.
Surge um nota harmonica de efeito no fim da lição, deve se posicionar a mão na 3 posição, fazendo a extensão do 4 dedo, apenas colocando a polpa do dedo sem apertar a corda para baixo. Vai soar um som harmonico de efeito, bem fraco, um som de flauta.
.
Para executar o golpe tem posicionar o arco na corda aperta para baixo, solta (Sem tirar toda a pressão), faz o Ka, vai com o arco um pouco e pressiona para baixo para cortar o som.
.
Também eu acho muito interessante trabalhar o Tenuto com essa lição, depois de treinar o Martellato, posicionar o arco de forma firme na corda, vai correr com o arco, pare imediatamente na velocidade, porém os harmonicos tem que soar pelo ambiente, ficam vibrando o som no momento que tiver fazendo a pausa entre as notas destacadas.
.
Pode-se treinar o legatto também. Porem na mudanças de corda onde você vai passar do Sol Sustenidos na corda Mi para o Sol Sustenido para Corda Ré, você tem a corda La entre as duas, você tem que usar essa tecnica de vibrado de corda, deixando ela soar pelo ambiente, para o arco quase que impercetivelmente deita ele na corda La e chegue até corda ré e continue com o arco. Esse harmonico faz a nota ficar ligada, o tempo suficiente para você mudar de corda com o arco. Porém tem que atencipar o dedo, antes do arco passar pela corda Lá, o seu 3 dedo tem que estar posicionado na corda Ré no Sol Sustenidos, para evitar ouvir os harmonicos indesejaveis.
.
Essa lição você tem que fazer em várias velocidades, comece por 40 bpm no Detache (Leggato), depois 60, 80, 100, 120, 140, 160 bpm.
.
A velocidade de execução é 140 bpm. Porem se não fizer muito bem feito no lento, não vai conseguir fazer com perfeição, vai acabar aperfeiçoando o erro.
.
Não se esqueça de usa a tecnica de deixar os dedos na corda e antecipar os dedos, porém isso no lento, quando estiver no rapido, isso lá 120 bpm, ai você tem que dentilhar os dedos, pois não vai ter agilidade para usar a tecnica do Sevick op 1. Confira sempre os intervalos fazendo o trabalho de afinação antes.
.
Tem que decorar a lição também.
.
Faça em varias dinamicas do arco: Meio do arco, ponta e talão em Martellato.
.
Tenuto faça metade do arco para ponta e depois do talão para metade do arco.


Última edição por £ëø Mø®£ix em 2/6/2013, 22:07, editado 1 vez(es)


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/6/2013, 00:18

aleki3419 escreveu:Excelente ideias, lembrarei também destas... é, realmente
nos músicos da igreja aprendemos errados e continuamos fazendo errado.


Aproveitando, não sei já tem este tópico, sobre as lições de
técnica de arco do método shimoll, queria entender melhor aquelas técnicas q
pede nas lições.


Lição 114 = GRAN STACCATO


115 = MARTELLATO


117 SALTELLATO


119 = STACCATO


123 = SALTELLATO LIGERO.

==============

>>> Lição 117 <<<

==============

.
Essa lição é C cortado. É compasso Binario 2/2 ou seja, a unidade de tempo é uma minima. Então a lição está escrita em colcheias, porém na pratica é tocada em semicolcheias. É apenas para facilitar a leitura.
.
A dinamica de periodo é piano, porém o aluno deve fazer em mezzo piano ou mezzo forte.
.
O andamento é moderato, ou seja 108 a 120 bpm por minutos, que torna ela bem rapida, é quase um fusa, se for colocar no papel. O que dificulta em muito para o aluno, torna-se inviavel fazer sem ter passado por muitos estudos do sevick ainda. Porém isso é velocidade de professor.
.
Ela é quase igual a lição do Ferrara 23.
.
Quando estiver fazendo ela devaga por se fazer em Spiccato, porém ela pode fazer no meio do arco, o som ficara bem mais limpo, quando fizer proximo ao talão o som fica mais destacato e "sujo", praticamente fazendo ka. O arco vai saltar sobre a corda, é uma lição feita com o arco fora da corda. Porem ele sai da corda, não é jogando ele contra a corda como os irmãos costumam fazer. É um movimento puramente feito com o punho dando a direção do arco, o braço tem que ficar imovel, apenas se mexe ao mudar de corda. Porem como ela alterna pouco, pode deixa ele posicionado entre as duas cordas, sem precisar fazer o movimento do braço direito na mudança de cordas proximas.
.
A variação que ela pede é spiccato mesmo, duas notas ligadas em loure.
.
É o tipico de lição onde você pode abusar da dinamica de fraseado. Subiu a escala, cresce o som, desceu, decresce o som. Tudo gradativamente.
.
No rápido tem que fazer em saltellato mesmo, ai você vai deixar praticamente o arco na corda, porém sem pressão do indicador e do dedo mindinho, para que o arco salte sobre a corda, mas é muito proximo da corda esse salto. É quase um saltellato ligeiro. O problema é que quando muda de corda, o negocio complica, por isso o autor da lição colocou praticamente duas notas seguidas, é na verdade um tremolo na escrita.
.
Tem uma tecnica em Staccato que você da um giro com o pulso para baixo, como se desse um murro e na volta você acaba fazendo a outra nota repetida. Pode-se fazer isso também para efeito de estudos.
.
Como o método recomendo faça tudo em Staccato ligeiro antes.
.
Esse tipo de lição você pode treinar bem em Detache (Legatto), exatamente não deixando interrupção do som nas mudanças de sentido de arco, fazendo mais lento em varias dinamicas de arco: ponta, talão e meio. Comece sempre pelo talão exagerando bastante do sistema de supinação.






"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/6/2013, 00:37

aleki3419 escreveu:Excelente ideias, lembrarei também destas... é, realmente
nos músicos da igreja aprendemos errados e continuamos fazendo errado.


Aproveitando, não sei já tem este tópico, sobre as lições de
técnica de arco do método shimoll, queria entender melhor aquelas técnicas q
pede nas lições.


Lição 114 = GRAN STACCATO


115 = MARTELLATO


117 SALTELLATO


119 = STACCATO


123 = SALTELLATO LIGERO.


==============

>>> Lição 119 <<<

==============
.
A velocidade é 108 a 120 bpm.
.
Aqui é golpe Ricochet mesmo. Não tem segredo. Tem que tocar fortissimo, porém aqui cuidado, pois em alguns trecho você tem que decrescer.
.
A primeira nota do compasso que é uma seminima é tético, então deve ser levemente acentuada pois é no tempo forte da divisão metrica.
.
O Staccato ligado deve ser firme, simetrico e proporcional, isso é dificil de fazer, é o grande lance dessa lição. E na minima tem justamente um acento é para que seja observado: Staccato é metade som e metade silencio. Por isso o autor colocou esse acento, para você pegar ela com firmeza e deixar o som soar sumindo.
.
É complicado fazer isso principalmente porque no golpes destacados tem que obrigatoriamente bater as notas no lugar certo do tempo, na pulsação e subdivisão metrica. Isso que o aluno deve observar.
.
O importante é manter a mesma velocidade de arco proporcionar para cada nota a quantidade de arco e qualidade no som. Pois para se tocar um som limpo é necessário antes tocar um som sujo. Esse som sujo que vai te dar a sensabilidade e trabalha a mola do punho para que ela trabalhe com precisão e com firmeza como se fosse uma suspensão de carro.
.
Em determinado momento você vai ter tocar os dedos simultaneamente em quinta justas. Tem que apertar com apenas 1 dedo duas cordas.
.
Pode trabalhar bastante dinamica de fraseado nele.
.
Importante fazer a variação, pois ela inverte as arcadas em um sentido não muito comum para nós que é extremamente dificil de executar, porém vai te dar uma bela tecnica e precisão do lado oposto.
.
Fazer lento use todo o arco.
.
Quando tiver muito rapido em 120 bpm, pode usar o meio do arco.
.
Até em 80 bpm dá para fazer tranquilamente com o arco todo.
.
Porém quando você tiver uma sequencia de 12 semicolcheias tem que ter o planejamento de arco bem definido, sendo proporcional em velocidade em intensidade, pois é uma parte bem dificil de se fazer no lento, até mesmo porque você se uma sequencia diferente. Então o autor quis quebrar suas pernas ai. rs*
.
Principalmente porque ele bota uma seminima antes em Detache. Então você tem que fazer toda a seminima não pode deixar interrrupção do som ao passar para semicolcheias, pois só vai ter pausa, depois da 1 semicolcheia. É muito comum em exercicios de destacados, principalmente em staccatos, martellatos e tenutos você colocar uma pausa antes de fazer o golpe que é totalmente errado, pois o tempo tem que ser preenchido totalmente e mesmo na mudança de sentido do arco, tem que ter o maximo de som possivel, sem perceber essa mudança de sentido do arco, o som deve ser continou e sem interrupções.




Última edição por £ëø Mø®£ix em 2/6/2013, 22:09, editado 1 vez(es)


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/6/2013, 00:59

aleki3419 escreveu:Excelente ideias, lembrarei também destas... é, realmente
nos músicos da igreja aprendemos errados e continuamos fazendo errado.


Aproveitando, não sei já tem este tópico, sobre as lições de
técnica de arco do método shimoll, queria entender melhor aquelas técnicas q
pede nas lições.


Lição 114 = GRAN STACCATO


115 = MARTELLATO


117 SALTELLATO


119 = STACCATO


123 = SALTELLATO LIGERO.

==============

>>> Lição 123 <<<

==============
.
Essa lição teria que ser tocada em 140 bpm. Que é muito rápido. Até em Detache seria complicadissima de tocar. Ainda mais que colocaram em uma tonalidade um pouco dificil para o aluno iniciante, aquele 3 dedo do sol esticado, é um pedido para que a forma de mão saia do lugar correto.
.
O importante é colocar a mão em sinal de prontidão, os dedos devem estar muito baixos mesmo, quase relando nas cordas, e a forma de mão deve estar como se você estivesse com o 4 dedo sempre tocando a corda, para isso é necessario meio que deixar a mão bem reta mesmo, o punho, não é bandeija, porém não pode ficar com a mão e punho arredondados.
.
Por isso os caras dos jazz usam uma técnica que parece mão de bandeija, justamente para facilitar a digitação no rapido.
.
Não sei explicar direito, pois eu não sou jazzista, mas da para observar bem isso nos jazzistas violinistas.
.
Importante aqui é acentuar todos os sinais de acentos. Na verdade a primeira nota que é cabeça do compasso naturalmente é acentuada, se não marcar ela você se perde, não vai saber o que está tocando. Mas o autor quer dar bastante enfase na acentuação metrica, principalmente da nota cabeça do compasso e também no tempo meio forte da acentuação metrica em alguns compassos.
.
Aqui na verdade não é um saltellato ligeiro, seria impossivel tocar pelas mudanças de corda.
.
Pode se fazer em spiccato até determinada velocidade, quando se torna extremamente dificil, pode se usar o saltellato mesmo. O arco bem proximo da corda, quase que impercetivel seu salto.
.
O problema fica mais por conta quando se muda de corda, então tem que trabalhar duro justamente é quando tem essas mudanças. Para isso que o exercicio foi escrito.
.
Faça tudo em Detache bem lento mesmo já trabalhando os acentos. Principalmente conferindo os intervalos, pois a afinação aqui é dose!!!
.
Deixe o braço direito entre duas cordas quando tiver que alterna como se estivesse tocando corda duplas.
.
É muito importante o relaxamento nesse exercicio e quando estiver dando o golpe, o indicador mesmo dando a pressão para acentuar, deve estar bem relaxado mesma coisa o mindinho para que o arco salte.
.
É algo natural, quanto mais proximo do talão, mais facil fica dele saltar, pois é uma região onde ele tem um impulso maior e salta naturalmente.
.
No meio você tem que fazer um movimento maior de braço para mudanças de corda, pois o meio do arco faz o braço movimentar mais, o braço direito tende a ficar mais para trás, um pouco mais voltado para o talão, tende a diminuir o movimento do braço direito, facilitando mais mudança de cordas, pois ele fica mais para frente.
.
Qualquer dúvida estou sua disposição.
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  Aleki3419 em 2/6/2013, 09:36

irmao leo, Deus continue lhe abençando, o irmao tem muito paciencia, eu salvei estas definiçoes aki, pra quando for treinar ler novamente, pra fazer tudo o mais certinho possivel, tenho salvo alguns video do youtube, mas nao tinha encontrado algo falando de algumas tecnicas, agora vou treinar mais certinho...
avatar
Aleki3419

Mensagens : 339
Pontos : 410
Reputação : 5
Data de inscrição : 24/11/2011

https://www.youtube.com/user/Aleki3419/playlists

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/6/2013, 12:17

aleki3419 escreveu:irmao leo, Deus continue lhe abençando, o irmao tem muito paciencia, eu salvei estas definiçoes aki, pra quando for treinar ler novamente, pra fazer tudo o mais certinho possivel, tenho salvo alguns video do youtube, mas nao tinha encontrado algo falando de algumas tecnicas, agora vou treinar mais certinho...

Amém, meu irmão. Meus alunos adoravam fazer aulas comigo, pois eu sempre dava muita resposta técnica, baseado na teoria e na técnica do violino, trabalhava bastante o psicologico deles e expressividade por eu usar o que eu chamo de musica intregral, dando exemplos do nosso cotidiano de tudo a nossa volta, aplicando isso na música, fazendo essa intregração e por ter paciencia com eles, pois eu era o único que explica coisas da forma que eles entendiam e tinha paciencia com eles, não gritava com eles nem desistia deles ao ensina como outros instrutores faziam. Porem eu era o mais exigente, buscando o melhor de cada aluno no seu limite. Pois cada pessoa tem um limite, isso sempre deve ser respeitado. Por isso eu conseguia resultados bons com quem era classificado como: sem talento e que não entendia nada. Ensinar é um dom irmão, não basta tocar bem, tem ter amor pelo aquilo que faz, com certeza, eu tenho amor pela música, pelo violino e por lutheria.
.
É muito fácil ensinar aqueles que tem facilidade para aprendizado, o dificil é você ensinar quem tem dificuldades para o aprendizado. Todo mundo é inteligente e pode aprender, porém o que diferencia é o esforço em querer aprender e o suor derramado sempre na peleja. Treinando o aluno consegue o impossivel, o Céu é o limite. Jamais devemos desprezar ninguém, pois a vida ensina que podemos ser superados por aqueles que julgamos burros.
.
O bom professor só mostra que é bom mesmo é justamente ensinando aquele que tem maiores dificuldades, pois um bom aluno, muitas vezes nem precisa de professor, ele é meio que auto-didata, o professor não tem trabalho, apenas corrigi alguma coisa o outra, pois 99 por cento do trabalho o proprio aluno consegue sozinho, tendo a base boa de orientação.
.
Agora um aluno que não tem essa capacidade de aprendizado auto-didata, o professor mostra realmente porque ele é um bom professor, pois faz o aluno a ter auto-suficiencia e poder caminhar com suas proprias pernas. Nisso mostra o amor do professor por ensinar. É preciso ter muita paciencia, raciocionio e claro muito amor pelo que faz.
.
Eu na verdade, aprendi praticamente sozinho, tudo por causa dos meus ex-instrutores, pois eles nunca sabia responder minhas perguntas, sempre fui muito curioso, gostava de saber o por quê das coisas. Eles apenas mandavam eu fazer assim, porque os instrutores deles mandaram que fosse assim. Mas não sabiam por que, nem como fazer, nem nada. A única coisa que eles sabiam era solfejar o bona, mesmo assim, não tinham leitura simetrica, estudavam de forma errada. Por essas coisas, meu desejo em aprender, fez com que eu buscasse aprender e ter conhecimento sobre aquilo que eu estava fazendo, saber porque eu fazia, como eu fazia, o que eu fazia! Pois muita gente não sabe o que faz, não sabe por que faz e nem sabe como fazer. Isso até no meio profissional é assim, apesar do maior conhecimento deles em relação ao músicos que apenas aprenderam na Igreja.
.
Acho que por meus instrutores não saber responder nada do que eu perguntava, isso me motivou ainda mais a sempre pesquisar e aprender mais e mais. É um eterno aprendizado. Todos os dias eu aprendo coisas novas, não é no Conservatorio, mas sim com amigos meus que tem mais de 65 anos e uma longa carreira de músicos da qual eu convivo. Com os músicos iguais a mim que não são conformados com o sistema de ensino musical hoje impera no nosso país.
.
Só esqueci de dizer que na lição 119, a técnica para marcar o staccato é com o indicador, você tem apenas que fazer uma sequencia de 4 golpes com o indiciador nas semicolcheias, os golpes são para baixo, solta um pouco a pressão e corre com o arco proporcionalmente igual para 4 semicolcheias na regiões diferentes do arco. É claro que você tem que fazer das tripas coração para equilibrar o som entre o talão e ponta quando estiver fazendo o arco todo. Mas a propria dinamica de arco ajuda. Pois você estara crescendo o som ao subir a escala, ou seja quando for notas ascendentes e o arco estará vindo da para para o talão que normalmente ele faz o som crescer pois o talão é mais pesado. Então se você manter a pressão do arco na ponta e talão, o som do talão será mais forte que casa certinho com a dinamica de fraseado.
.
Porem quando você fizer a inversão de sentido do arco na variação, você terá que fazer o contrário, pois estara vindo do talão para ponta, já tem uma perda de som e sempre trabalhamos para equilibrar esse som, porem você além de ter que fazer a ponta ter mais som para equilibrar o som dos golpes, fazendo isso com o movimento de pronação e supinação, você tem que ter mais força ainda para fazer notas ascendentes crescendo na intensidade, fazendo assim a dinamica de fraseado.
.
É dificil, mas não é impossivel, estudando bem lento, entendo cada movimento e fazendo todas essas diferenças que fazem você ser um bom violinista, você com muito esforço e suor treinando bem consciente, consegue fazer esse inversão, porem é aquilo que eu falo, tem que decorar a lição para que você se livre da partitura e concentre o seu cerebro, toda sua atenção na afinação e principalmente no golpe de arco, pois o objetivo da lição é o golpe de arco, tem uns lances bem definidos de expressividade.
.
Depois você faz o que você quiser com a lição, pode tocar até plantando bananeiras, porém a base, tem que se bem construida, foco na postura, estudando sempre de pé, jamais sentado!!!
.
No que o irmão precisar, estou sua disposição.
.
Um forte abraço.
.
Bons estudos.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  Aleki3419 em 2/6/2013, 12:59

um instrutor aki assim ia ser uma festa, rsrsrr,
Vou praticar lentamente todas as liçoes e procurar aplicar o q o irmao disses.

mas uma vez,
Deus te abençoe.
avatar
Aleki3419

Mensagens : 339
Pontos : 410
Reputação : 5
Data de inscrição : 24/11/2011

https://www.youtube.com/user/Aleki3419/playlists

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/6/2013, 15:58

aleki3419 escreveu:um instrutor aki assim ia ser uma festa, rsrsrr,
Vou praticar lentamente todas as liçoes e procurar aplicar o q o irmao disses.

mas uma vez,
Deus te abençoe.

Amém, irmão.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: arranjo - Bassoon and Strings Quartet 2 HINO 049

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum