Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
4 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 4 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Grandes Luthiers da História

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Grandes Luthiers da História

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 17/1/2011, 15:46

==========================

>>> Grandes Luthiers da História <
<<

==========================

> Antonio Stradivari <
.
Antonio Giacomo Stradivari ou latinizado Antonius Stradivarius (Cremona, 1648 — Cremona, 18 de dezembro de 1737) foi um célebre luthier italiano. Ainda muito jovem foi discípulo de Nicolo Amati, com quem aprendeu e desenvolveu a arte inconfundível de fazer instrumentos de corda, como violinos, violas e violoncelos, contra-baixos, violões e harpas.
.
O período áureo de sua carreira foi entre 1700 e 1722, quando lançou a forma G e construiu seus violinos mais famosos, como o "Bets", em 1705, o "Cremonese", em 1715, o "Messiah" e o "Medici", ambos em 1716. Muitas das técnicas utilizadas por ele ainda não foram completamente desvendadas. Sabe-se que as madeiras usadas eram o acero e o abeto, este para o tampo harmónico e partes internas e aquele para o fundo, faixa e braço.
.
A madeira era tratada com diversos tipos de minerais, borato de potássio, silicato de sódio e de silicato de potássio, verniz de bianca (um composto de goma arábica, mel e clara de ovo), além de Stradivari selecionar madeiras mais antigas e ressecadas.
.
Há diversas teorias sobre a sonoridade de seus violinos. Uma delas diz que o segredo da sonoridade de seus instrumentos estava no verniz utilizado por ele, que acreditavam conter cinzas vulcanicas, o que tornava o instrumento mais duro e assim melhorando a sonoridade. Essa teoria ainda não foi comprovada por pesquisas.
.
Outra lenda para o fato de seus violinos terem uma sonoridade superior, era porque ele selecionava madeiras de navios naufragados há anos. Com isso, a madeira ficava muitos anos em agua salgada, o que fazia com que a madeira fosse mais dura.
.
Tambem não há nenhuma prova científica sobre esse fato.
.
Um outro fato (talvez o mais aceitavel entre os cientistas), é que durante o periodo em que viveu o luthier, a Terra, e especialmente a Europa, estava passando por um periodo onde foram registradas temperaturas muito baixas na Europa. Por isso, as madeiras das arvores ficaram mais duras durante esse periodo.
.
Com a ajuda de seus filhos Francesco e Omobono começou a fabricar (1700) a série de célebres instrumentos, cerca de 1.100 violinos e violoncelos Stradivarius. A acústica perfeita desses modelos foi durante muito tempo creditada ao tipo de verniz usado por ele, cuja fórmula até hoje não se conhece com exatidão. Mais tarde, porém, comprovou-se que a sonoridade dos violinos é influenciada por diversos fatores, como a espessura das lâminas de madeira usadas para fabricar o instrumento, o estado dos poros microscópicos da madeira, o tipo de verniz etc.
.
Sendo assim, o segredo de seu sucesso como fabricante de violinos foi justamente saber harmonizar todos os fatores que influenciavam na qualidade do som emitido por vários instrumentos musicais de sons perfeitos e, ainda hoje, os especialistas pesquisam e procuram descobrir o seu segredo. Historicamente, apesar de que nas antigas civilizações da China e da Índia, já eram conhecidos instrumentos onde o som era obtido de cordas friccionadas por um arco, até o século XV, o violino não era instrumento musical de destaque e poucos artistas compunham peças para este instrumento.
.
A importância desses tipos instrumentos no ocidente ocorreu a partir do aparecimento de artesãos e suas oficinas de instrumentos musicais, como Nicollo Amati, Guarneri del Gesú, Giovann Paolo Maggini e o próprio e graças ao trabalho de homens como ele que o violino assumiu a posição de peça fundamental de uma grande orquestra. Atualmente, acredita-se que ainda existam cerca de 600 violinos de sua autoria.
.

> Giusepp Guarneri <
.
O ofício de fazer violinos alcançou alturas artísticas impressionantes nos séculos XVII e XVIII nas oficinas dos italianos Antonio Stradivari e Giuseppe Guarneri , ambos de Cremona. Guarneri (no latin “Guarnerius”) , em nome de Giuseppe Antonio Guarneri, foi considerado como o segundo melhor fabricante italiano, ficando atrás do grande Antonio Stradivari.
.
Os principais membros da família, de Cremona , Itália , são os seguintes:
.
Andrea Guarneri (1626- 1698) Violino –violin-making, instruído na oficina de Cremona, do fabricante notável Niccolo Amati.
.
Pietro Giovanni Guarneri: (1655-1728) Filho de Andrea, estabelecido em Mantova é conhecido como Peter de Mantova e seus instrumentos são considerados particularmente os melhores.
Giuseppe Giovanni Battista Guarneri:(1666-1739), filho mais novo de Andrea. Ambos fizeram um número de mudanças técnicas que tiveram influencias.
.
Pietro Guarneri: (1695-1765), filho de Giuseppe , conhecido como Peter de Veneza, utilizou algumas características da escola violino-violin-making venetian.
.
Giuseppe Antonio Guarneri: (1687-1745), Giuseppe o outro filho, teve seu apelido como, Giuseppe Del Gesu (Giuseppe de Jesus) do “monogram sacred” - IHS (o começo da palavra grega para Jesus), que colocou após seu nome em suas etiquetas. Seus violinos são anotados para seu tom rico e foram preservados através do virtuoso italiano Nicolo Paganini.
.
Uma família de fabricantes de violinos em Cremona, Itália, nos séculos 17 e 18, os Guarneris, juntamente com o Amati e Stradivaris, trouxeram a arte do violino.
.
Enquanto os Amatis e Stradivaris ficavam confinados em Cremona, os Guarnieris estabeleceram filiais em Mântua e Veneza. Os violinos Guarneris seguiram os padrões e as tradições dos Amatis até o tempo de Giuseppe del Gesù, enquanto o Stadivaris desenvolveram suas próprias linhas.
.
Andrea Guarneri, nascido c. 1626 (morreu em 1698), era um aprendiz companheiro de Antonio Stradivari na oficina de Amati. Seus filhos Pietro Giovanni Guarnieri (conhecido como Pedro de Mântua, para evitar confusão com seu sobrinho), nascido em novembro 25 1666, (morreu c.1740)continuou com as tradições de seu pai, com algumas pequenas variações.
.
Na terceira geração, Pietro Guarneri (Peter de Veneza), nascido em 14 de abril de 1695 (morreu em 7 de abril de 1762), incorporou aspectos de instumentos Venetian em seu próprio estilo, e seu irmão Giuseppe Guarneri, nascido em agosto 21 (1698, morreu em outubro 17, 1744), tornou-se o fabricante de violinos mais finos da linha de Amati. Giuseppe é conhecido como "del Gesu" por causa das iniciais IHS e uma cruz inscrita em seus violinos.
.
Ele desviou muito da tradição familiar, desenvolvendo instrumentos com características exclusivamente sua, na qualidade de segundo apenas para aqueles de Stradivari.
.
Giuseppe del Gesù e Peter de Veneza podem ter sidos primos em vez de irmãos, e Peter de Veneza pode ter sido o filho de Pedro de Mântua.
.
O violino mais conhecido de Del Gesù é o "Canhão", tocado por Niccolo Paganini, e até hoje, está em exposição em Genova, na Itália.
.

> Stradivari <
.
Aí vai algo mais. As traças achadas nas madeiras de silicato de sodio e potassio são dividas a agua de lavadura que o Mestre costumava usar pra limpar a madeira antes do colocar o verniz branco. Esse produto, antigamente, era conhecido como "lisciaccia" (pron. lixátia).
.
De fato não é algo de estraordinario, sendo que por muitos sigulos foi usada como detegente por os pannos. Estava constituida com a cinza derivada da madeira de vinha.
.
Uma vez sacada a cinza, a mesma tava colocada numa panela pra fundir metais, e equecida até quando tornava-se numa sorta de massa rochosa. Dava pra quebrá-la e o pó colocado a ferver por algumas horas na agua (lá por uns 5 - 6 horas) até quando tornava-se emsabão liquido.
.
Aí as mulheres colocavam os panos pra ser lavados, mas o mestre usava isso pra lavar a madeira uma vez resfriada. Quimicamente esse produto tem composição del silicado de sodio e potassio. Daí as traças achadas. O verniz branco e componido dessa forma: em 200 cc de agua soltar em banho-maria
.
- 25 gr goma arabica
- 5 gr de açúcar cristalizado*
- 5 gr de mel.
.
Filtrar bem então que ainda quente e deixar resfriar completamente. Tomar a branca de um ovo e baté-la em neve num potinho de vidro, depois deixar decantar pelo meno uns 2 horas.
.
O liquido que irá formar-se no fundo do potinho é a albumína na dose justa. Juntar a albumína no preparado bem frio,mexer rapidamente um pouco e aplicar com um pano na superfice da madeira deixando o braço onde vai a mão tocando.
.
O mestre Stradivari tinha o habito do colocar esse verniz ao interior tb.
.
* O açúcar cristalizado NÃO é o açúcar de cana mas é açúcar soltado na panela e quando pegar uma cor marronzinha colocado acima dum papel, resfriado e depois feito em pó pra colocar na mistura.
.

> O verniz <
.
Quanto as teorias de cinza volcanicas.... E' so teorias!!! Não tem jeito não fazé-las penetrar ao interior da madeira se não brevemente na superfice. Pode ser que essa teoria saiou do fato do liquido de lavagem da madeira (expliquei no post acima).
.
Mesma coisa pra outra teoria que afirma que as madeiras estavam colocada na agua de mar por meses!!! Mesmo se deixar por anos, no acero, como vou dar uma goivada e vou tirar uns mm de madeira, já não iria ter traças nem de agua nem de cinzas volcanicas!!! Certeza!!!
.
Ele teve dois vernizes principais: a primeira que foi usada até quase a fim do 1600 e a segunda a partir mais ou menos do 1700.
.
Na Italia até a fim do 1600 a goma laca não era conhecida nem usada e por tal coisa nas receitas antecedente essa epoca, não tem traças de goma laca nos vernizes. Umas das receitas possiveis que poderia ser original é a do Mestre Sacconi quem, no seu livro Os Secretos de Stradivari, exlica direitinho.
.
Contem Sandracca, propolis, benjoim, mastice e terebentina de Venécia, que não é o oleo essencial de terebentina, ma sim uma resina muito molinha, parecida ao mel. Essa ultima estava tratada pra ser soltavel em alcool (é soltavel em oleo de linhaça sem tratamento preventivo porem) e assim fervida muitas horas na agua destilada e demiberalizada, até formar uma sorta de borracha.
.
Aí se trabalha isso com um pau de madeira atà ficar macia e se coloca na misura com as outras resinas. Como solvente usava-se alcool e os oleos essenciais de terebentina e de lavanda.
.
O primeiro agrega as compoentes o segundo as solta, dependendo de como um cara quiser usá-la. Esse verniz não fica liquido como os outros mas sim como uma sorta de gelé e por essa razão é preciso soltá-la na hora.
.
A cor vermelha estava sacada da raiz da Rubia Tincotorum, no seu tercero ano de vida. As raizes eram reduzidas em pó, mergulhadas no vinagre por 24 horas e lavadas com agua fria. Extração em alcool, concentração do produto e fixagem com sais metalicos (clorinha de chumbo=vermelho scuro/clorinha de estanho=laranjado).
.


> Giuseppe Guarneri del Gesù <
.
Aí, das lembranças que eu tenho da escola, O Giuseppe Guarneri do Jesus, não tem nada a ver com a outra familha do Guarneri que houve mais ou menso na mesma epoca em Cremona. Do pouco que sei (a meno que se acharam novas cartas confrimantes depois meu estudios) não se sabe exatamente quem fosseram seus pais.
.
O que é certo é que ele foi autodidata e se conta que seu primeiros violinos (que ele não agradecia) os jogava na lareira. Até quando conseguí um bom e foi festar a coisa. Parece que bebia pra caramba e cabou que brigou com um cara até que o matou.
.
Aí foi emprisonado na Tor do Capitão, o antigo carcel de Cremona por mais que dez anos. Parece quem foi a filha do Capitão mesmo quem passou-lhe os materiais e os ferros pra ele produzir instrumentos. Essa serie de violinos (uma dezena) são conhecido no mundo todo como "os violinos da prisão".
.
Instrumento do som muito mais que so bom mas de estilo fraco e sem precisão na obra. Os filetes encaixados sem ser dobrados com ferro quente e meio quebrados. Sculptura do voluta não propriamente boa, ritmica e arrumada... Porem quando saiou ele mostrou bem outra mão...

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum