Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
21 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 20 Visitantes :: 1 Motor de busca

ymoraes5948

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Onde estão os Mestres

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 28/1/2013, 13:08

Mulherada mandando ver hein, muito bom Very Happy

Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Igor Pikayzen

Mensagem  Dimas Barroco em 28/1/2013, 13:09

Não conhecia este, mas quando vi o primeiro vídeo já quis ver todos, muito bom o som que ele tira.


Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Aleki3419 em 28/1/2013, 18:34

DimasBarroco escreveu:Não conhecia este, mas quando vi o primeiro vídeo já quis ver todos, muito bom o som que ele tira.


belo video. mas é assim mesmo, tem muitos desconhecidos aê q "mandam ve", apenas sao menos divugados.

Aleki3419

Mensagens : 311
Pontos : 367
Reputação : 2
Data de inscrição : 24/11/2011

https://www.youtube.com/channel/UC0qhMY7RTiEfwWARX6V71vA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ernst Stolz

Mensagem  Dimas Barroco em 28/1/2013, 18:57

Sou inscrito neste canal no youtube há vários meses, e prá quem gosta de música erudita mais antiga como eu (Idade média, renascença e barroco) é ótimo.


Segue um vídeo:


Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Aleki3419 em 28/1/2013, 20:05

DimasBarroco escreveu:Sou inscrito neste canal no youtube há vários meses, e prá quem gosta de música erudita mais antiga como eu (Idade média, renascença e barroco) é ótimo.


Segue um vídeo:


legal, gostei deste mineeto antigos,


Aleki3419

Mensagens : 311
Pontos : 367
Reputação : 2
Data de inscrição : 24/11/2011

https://www.youtube.com/channel/UC0qhMY7RTiEfwWARX6V71vA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 28/1/2013, 22:06

O canal dele é show de bola, cara é um grande pesquisador.

Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Depois de um tempo off line...

Mensagem  Dimas Barroco em 19/2/2013, 21:10

Olá Amigos, lhes apresento esta sonata de Ysaye, exímio virtuose, compôs lindos trabalhos para violino solo.





Twisted Evil

Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tartini

Mensagem  Dimas Barroco em 23/2/2013, 11:53

Giuseppe Tartini (Pirano, 8 de abril de 1692 – Pádua, 26 de fevereiro de 1770) foi um violinista, pedagogo e compositor italiano.





Mesmo sendo eu um grande admirador da música barroca acho muita coisa repetitiva e enjoativa, Tartini possui uma linha de composição diferente dos demais, espero que gostem.

Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Corelli

Mensagem  Dimas Barroco em 28/2/2013, 22:32

Arcangelo Corelli (Fusignano, Ravena, 17 de Fevereiro de 1653 — Roma, 8 de Janeiro de 1713) foi o mais famoso violinista-compositor do barroco, a um dos mais influentes depois de Claudio Monteverdi. Embora sua produção integral resuma-se a seis antologias, sua escrita instrumental era admirada pelo refinamento harmônico e estilo brilhante, tendo sido referência crucial para muitos compositores, entre eles Johann Sebastian Bach e Georg Friedrich Haendel.

Fonte Wikipedia.



Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Competições de violino...

Mensagem  Dimas Barroco em 1/3/2013, 17:33

Revelando virtuoses, e com muito feeling.



Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Alexandre em 1/3/2013, 18:40

eu sou virtuose dos mais ou menos iniciantes

Alexandre

Mensagens : 534
Pontos : 539
Reputação : 3
Data de inscrição : 27/06/2012

http://violinobrasil.forumfacil.net/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 1/3/2013, 21:40

Alexandre escreveu:eu sou virtuose dos mais ou menos iniciantes



Amigos, sei que é grande, mas se vcs tiverem paciência não vão se arrepender, qualquer coisa baixem do youtube e vejam depois.



é uma etapa de uma competição completa, legal de ver pois são estudantes.

Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/3/2013, 12:55

DimasBarroco escreveu:Arcangelo Corelli (Fusignano, Ravena, 17 de Fevereiro de 1653 — Roma, 8 de Janeiro de 1713) foi o mais famoso violinista-compositor do barroco, a um dos mais influentes depois de Claudio Monteverdi. Embora sua produção integral resuma-se a seis antologias, sua escrita instrumental era admirada pelo refinamento harmônico e estilo brilhante, tendo sido referência crucial para muitos compositores, entre eles Johann Sebastian Bach e Georg Friedrich Haendel.

Fonte Wikipedia.



Ele foi professor do Vivaldi. Algumas obras do Corelli se você fechar os olhos, parecem que foi escritas pelo Vivaldi.
.
Eu amo o La Folfia do Corelli. É sensacional.
.
Eu suei muito para apresentar na prova algum tempo atras.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 2/3/2013, 13:28

Professor do Vivaldi e do Geminiani, e este segundo por cima transcreveu diversas obras do mestre Corelli, como a própria La Follia.
Como no vídeo abaixo:




Por esse motivo muita gente comete o erro de dizer que esta música é de Geminiani.



Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/3/2013, 20:15

Sensacional, eu sou perdidamente apaixonado por essa música.
.
Eu sou apaixonado por música barroca.
.
Engraçado, ultimamente eu tenho escutado muito Bach, ando escutando muito, apesar de não ser tão apaixonado pelo Bach.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Louysie em 2/3/2013, 20:25

tenho cd com essa peça aqui em casa, é lindo!!!

meu olho brilha por isso =) inspirador!

eu imagino uma cena na cabeça, tipo um teatro quando ouço..

barroco é maravilhoso, não tem aquela monotonia que algumas músicas clássicas tem..

Louysie

Mensagens : 378
Pontos : 384
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 2/3/2013, 21:01

£ëø Mø®£ix escreveu:Sensacional, eu sou perdidamente apaixonado por essa música.
.
Eu sou apaixonado por música barroca.
.
Engraçado, ultimamente eu tenho escutado muito Bach, ando escutando muito, apesar de não ser tão apaixonado pelo Bach.


é a convivência comigo aqui kkkk

Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 2/3/2013, 21:02

violina escreveu:tenho cd com essa peça aqui em casa, é lindo!!!

meu olho brilha por isso =) inspirador!

eu imagino uma cena na cabeça, tipo um teatro quando ouço..

barroco é maravilhoso, não tem aquela monotonia que algumas músicas clássicas tem..


Caras da renascença e barroco revolucionaram, o que veio depois foi a evolução. Very Happy

Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/3/2013, 22:58

DimasBarroco escreveu:
violina escreveu:tenho cd com essa peça aqui em casa, é lindo!!!

meu olho brilha por isso =) inspirador!

eu imagino uma cena na cabeça, tipo um teatro quando ouço..

barroco é maravilhoso, não tem aquela monotonia que algumas músicas clássicas tem..


Caras da renascença e barroco revolucionaram, o que veio depois foi a evolução. Very Happy

Depois do Beethoven só tem lixo. kkkkkkkkk


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 2/3/2013, 23:03

£ëø Mø®£ix escreveu:
DimasBarroco escreveu:
violina escreveu:tenho cd com essa peça aqui em casa, é lindo!!!

meu olho brilha por isso =) inspirador!

eu imagino uma cena na cabeça, tipo um teatro quando ouço..

barroco é maravilhoso, não tem aquela monotonia que algumas músicas clássicas tem..


Caras da renascença e barroco revolucionaram, o que veio depois foi a evolução. Very Happy

Depois do Beethoven só tem lixo. kkkkkkkkk


Aí já é exagero kkkkk, eu reconheço o virtuosismo e o fato de os caras do romantismo terem levado o instrumento ao limite máximo, agora falar de composições prá mim é bach, tartini, corelli, vivaldi e cia.


Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 2/3/2013, 23:05

Não sou muuuuuuuito fã dele não, mas sou fã demais desta música, e com violão ficou melhor ainda.


Cantabile por Joshua Bell:




Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 2/3/2013, 23:24

DimasBarroco escreveu:
£ëø Mø®£ix escreveu:
DimasBarroco escreveu:
violina escreveu:tenho cd com essa peça aqui em casa, é lindo!!!

meu olho brilha por isso =) inspirador!

eu imagino uma cena na cabeça, tipo um teatro quando ouço..

barroco é maravilhoso, não tem aquela monotonia que algumas músicas clássicas tem..


Caras da renascença e barroco revolucionaram, o que veio depois foi a evolução. Very Happy

Depois do Beethoven só tem lixo. kkkkkkkkk


Aí já é exagero kkkkk, eu reconheço o virtuosismo e o fato de os caras do romantismo terem levado o instrumento ao limite máximo, agora falar de composições prá mim é bach, tartini, corelli, vivaldi e cia.


Mozart foi o maior compositor de todos os tempos. Mendelson é muito bom.
.
Mas veja depois do Beethoven (Tirando Villa Lobos e Camargo Guarniere), os caras piram demais. Música dodecafonica, música atonal...
.
Algumas coisas soam muito esquisititas.
.
Desfizeram tudo que foi conquistado até Beethoven.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 2/3/2013, 23:38

£ëø Mø®£ix escreveu:
DimasBarroco escreveu:
£ëø Mø®£ix escreveu:
DimasBarroco escreveu:
violina escreveu:tenho cd com essa peça aqui em casa, é lindo!!!

meu olho brilha por isso =) inspirador!

eu imagino uma cena na cabeça, tipo um teatro quando ouço..

barroco é maravilhoso, não tem aquela monotonia que algumas músicas clássicas tem..


Caras da renascença e barroco revolucionaram, o que veio depois foi a evolução. Very Happy

Depois do Beethoven só tem lixo. kkkkkkkkk


Aí já é exagero kkkkk, eu reconheço o virtuosismo e o fato de os caras do romantismo terem levado o instrumento ao limite máximo, agora falar de composições prá mim é bach, tartini, corelli, vivaldi e cia.


Mozart foi o maior compositor de todos os tempos. Mendelson é muito bom.
.
Mas veja depois do Beethoven (Tirando Villa Lobos e Camargo Guarniere), os caras piram demais. Música dodecafonica, música atonal...
.
Algumas coisas soam muito esquisititas.
.
Desfizeram tudo que foi conquistado até Beethoven.



Cara eu concordo que houve uma espécie de "desconstrução", mas vc não acha que pode ser a própria evolução da música erudita que tenha projetado este caminho? cito como exemplo o último quarteto de Beethoven, que muitos acham que é uma previsão do que a música se tornaria.



Ou talvez esteja expondo seu gosto musical, do ponto de vista que existem apreciadores da música erudita contemporânea.

Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 3/3/2013, 00:39

DimasBarroco escreveu:


Cara eu concordo que houve uma espécie de "desconstrução", mas vc não acha que pode ser a própria evolução da música erudita que tenha projetado este caminho? cito como exemplo o último quarteto de Beethoven, que muitos acham que é uma previsão do que a música se tornaria.



Ou talvez esteja expondo seu gosto musical, do ponto de vista que existem apreciadores da música erudita contemporânea.

Eu convivo com diversos músicos, a grande parte erudita.
.
Até hoje nunca vi um apreciador de música moderna. Nem a professora de história da música, uma nobre pianista, puramente erudita que me deu aula não gosta.
.
Do pessoal do popular, eu nem vou comentar, pois os comentários são os piores possiveis. kkkkkkkkkkk
.
Eu creio que os únicos realmente que se salva no meio da música modernista, e a maioria das pessoas gostam, sejam: Villa Lobos (Não era tão erudito assim), Camargo Guarniere, Astor Piazzola (Ele era do popular).
.
Quanto a descontrução, eu penso que o músico seja um sujeito que foge as amarras, não gosta de ser escravo, é um ser pensante.
.
Veja que história nos ensina:
.
Música medieval: Deus no centro do Universo, tudo movido pela Igreja.
.
Música Renascentista: O homem no centro do Universo.
.
Música Barroca: Conflito de ideias, Deus versus o Homem. Uma tensão.
.
Música Classica: Iluminismo, ideias ficam claras.
.
Música Romantica: O homem começa a dar nova visão para coisas no mundo, vê as cores, falam de sentimentos.
.
Música moderna: Descontroi tudo que foi feito, se livra de tudo. Começa a fazer que dá na telha, não tem certo ou errado... Sem regras. É dificil de ouvir essa música. Dissonancias loucas.
.
Eu creio que até a música romantica, o homem viu todas as possibilidades se esgotarem. O músico sempre quer destruir regras, criar coisas que fogem a anteriores, mas acham um jeito mudar tudo. Ao meu ver foi um grande regresso...
.
Só quiseram ser diferente, resultou nisso que chama de música moderna.
.
Imagina você conversando com um cara que ama Jazz. Ele vai falar, rock é maior porcaria do mundo. Só resume a 3 acordes. Sertanejo é o sertanojo. Depois vai te soltar, música barroca é cópia, um bando de idiota tocando uma coisa que já foi feita, música deve ser criada agora, ter criatividade. Música romantica é musica da picaretagem, pois um bando de trouxa tocando na velocidade da luz, não entende nada. Depois fala a música classica é coisa mais chata do mundo, entediante, não aguento ouvir um CD inteiro.
.
Eu escuto muito isso dos pessoal que eu convivo nos grupos de estudos que eu participo.
.
Então seja ponto de vista, não sei. O que minha professora me ensinou é escute de tudo, mesmo que você não aprecie, depois você vai tirar suas conclusões e tem argumentos para ter o seu gosto musical e estilo. Ela é como toda boa pianista apaixonadissima pelo Bach, não muito chegada do Vivaldi. Eu como todo violinista, amo o Vivaldi. Imagina na apresentação do trabalho: Leo, você puxa sardina demais para o lado do Vivaldi. E ficou brava quando eu disse que o Bach tinha uma relogiosidade (Muito regrado) e o Vivaldi era um cara ousado. Acho que perdi uns pontinhos. Ela disse que eu sou passional, defendo com paixão aquilo que eu gosto e acredito.
.
Eu particularmente, não gosto de música moderna, eu estudei isso, ouvi composições.
.
Música erudita para mim é do medieval até o Romantismo. Depois, eu não tenho um ouvido apurado e gosto refinado pela música Moderna. Mesmo não levando para o lado pessoal, não vi ninguém dizendo que gosta de música moderna erudita.
.
Desafio a você me dizer pelo menos um grande nome de compositor erudito reconhecido por todos os musicos nos ultimos 30 anos.
.
Um novo Bach, Mozart, Beethoven, Chopin, Mendelson?
.
Se for para o lado do popular, temos um genio chamado Tom Jobim, mas no lado erudito, quem?





"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 3/3/2013, 01:17

30 anos é pouco, mas, um pouco mais para trás temos Debussy, Shostakovich (que possui um concerto em Am interpretado por Kogan), Ravel, etc. nenhum é conhecido como os compositores que você citou e nem serão.


O esgotamento é um grande problema, mas vamos pensar no seguinte, até chegar a era Paganini houveram diversos mestres do violino, e após houveram outros diversos mestres, falando de composição e interpretação (o número de apenas interpretes é muito maior prefiro os que além de interpretar compõe), Ysaye, Kreisler, etc.

Por mais virtuosísticas que as composições de Ysaye sejam ele também nunca será lembrado como Paganini, acho que isto se chama pioneirismo.


Considera que a música solo para violino sofreu a mesma desconstrução?


Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Louysie em 3/3/2013, 12:54

Mas é isso que é interessante, os períodos históricos são geralmente um oposto ao outro.. depois de um período teocêntrico vem outro antropocêntrico, depois de um muito idealista, surreal vem outro bem racional.. assim por diante.. nós demos o azar de nascer nessa geração, mas quem sabe se daqui à 100 anos a música não se transforme novamente e se remonte de uma forma ainda melhor do que a do passado.. nada é estático nessa vida, as coisas, eu acredito, não voltarão à serem iguais ao passado pq a mentalidade também não vai retroceder, o mundo de hoje é outro e o de amanhã será ainda outro.. e o que fez com que a música daquela época fosse daquele jeito foi justamente o contexto histórico da sociedade da época, então dificilmente esses períodos vão se repetir da mesma forma como foram um dia, o que não impede lógico que exista releitura..

Louysie

Mensagens : 378
Pontos : 384
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 4/3/2013, 00:15

violina escreveu:Mas é isso que é interessante, os períodos históricos são geralmente um oposto ao outro.. depois de um período teocêntrico vem outro antropocêntrico, depois de um muito idealista, surreal vem outro bem racional.. assim por diante.. nós demos o azar de nascer nessa geração, mas quem sabe se daqui à 100 anos a música não se transforme novamente e se remonte de uma forma ainda melhor do que a do passado.. nada é estático nessa vida, as coisas, eu acredito, não voltarão à serem iguais ao passado pq a mentalidade também não vai retroceder, o mundo de hoje é outro e o de amanhã será ainda outro.. e o que fez com que a música daquela época fosse daquele jeito foi justamente o contexto histórico da sociedade da época, então dificilmente esses períodos vão se repetir da mesma forma como foram um dia, o que não impede lógico que exista releitura..

Não acredito que a música erudita possa evoluir. Vejamos bem:
.
Mozart tinha Internet? TV? Facebook? DVD? Não sei mais o que de tecnologia?
.
Não.
.
Esses caras passavam o dia todo respirando música. Era a única coisa que eles tinham para fazer.
.
Como nós, que ficamos o dia todo na Net ou jogando video game, vendo TV ou outra coisa, temos tempo para estudar com afinco como esses caras estudavam?
.
Eles chegaram no ponto máximo.
.
A tendencia é a música erudita ficar mais pobre, ficarmos na nostalgia do Barroco, Classicismo, romantismo.
.
Vejo que a música popular, tirando o Jazz, anda podre...
.
Michel Tello com fugidinha, não sei mais o que na boquinha da garrafa, Tá tudo dominado.
.
Nossos jovens, infelismente só escutam porcaria hoje em dia, o máximo que vão conseguir compor é eu quero tchu eu quero tcha. rs*
.
Você é influenciado pelo aquilo que você ouve.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 4/3/2013, 00:37

DimasBarroco escreveu:30 anos é pouco, mas, um pouco mais para trás temos Debussy, Shostakovich (que possui um concerto em Am interpretado por Kogan), Ravel, etc. nenhum é conhecido como os compositores que você citou e nem serão.


O esgotamento é um grande problema, mas vamos pensar no seguinte, até chegar a era Paganini houveram diversos mestres do violino, e após houveram outros diversos mestres, falando de composição e interpretação (o número de apenas interpretes é muito maior prefiro os que além de interpretar compõe), Ysaye, Kreisler, etc.

Por mais virtuosísticas que as composições de Ysaye sejam ele também nunca será lembrado como Paganini, acho que isto se chama pioneirismo.


Considera que a música solo para violino sofreu a mesma desconstrução?


Bom você está falando de Debussy 100 anos atras, veja que muitos periodos da música, foram marcados por 150 anos.
.
Já é outra história.
.
30 anos, meu caro é história, meu jovem. A verdade é que não tem ninguém em 30 anos ou 50 anos? Depois da morte Guarniere.
.
Você vai me desculpar, Paganini não foi pioneiro em nada. Já existia violino, já existia a figura do virtuose. Em composição, ele não fez nada de anormal. Ele foi apenas maior instrumentista que o mundo já viu.
.
Mozart, não foi pioneiro em nada, nem como compositor, nem como instrumentista. Ele foi genio, por isso foi lembrado.
.
A questão não é ser pioneiro.
.
Se acha que o Bach inventou alguma coisa? Tudo já existia muito antes do Bach, a única coisa que ele fez foi botar no papel e esquematizar aquilo que eles já faziam.
.
A questão é ser bom no que faz, isso Paganini foi genio, Bach foi genio.
.
O que não adianta é o cara fazer mesma coisa que Paganini fez. Ai ele é um completo idiota. O que falta hoje em dia é ousadia, iniciativa e comprometimento com aquilo que você faz e acredita.
.
Na minha visão a música hoje é um lixo. Não temos "pioneiros" não temos "genios".
.
É engraçado, cara. Aqui tem um belissimo festival de música. Interessante e muito bom. Mas o que você vê em festival no Brasil?
.
Os caras não tocaram o festival inteiro uma peça brasileira no ano retrasado, pois eu acompanhei com dedicação o ano retrasado.
.
No Brasil não se toca Villa Lobos, Guerra Peixe, Carmargo Guarniere e tantos outros eruditos brasileiros!
.
Um professor de violino me chamou muita atenção. Ele é argentino, sabe o que ele apresentou? Astor Piazolla As quatros estações Portenhas. Ou seja, vestiu a camisa da argentina. Mostrou o que eles tem de melhor.
.
Por que com tanto professor virtuose brasileiro, ninguem toca a nossa música, nossos compositores?
.
Pior de tudo, por que não tocam sequer uma peça comteporanea? Só gostam de tocar Mozart, só 1 movimento?
.
Ninguém prova que eu estou errado, não mudam minha concepção a respeito de música moderna?
.
Eu quero um cara que mostra o que tem de bom na música moderna ao vivo para mim?!
.
Eu considero descontrução em tudo no erudito.
.
Só vi progresso no popular com o Tom Jobim e a bossa nova, os caras que vestem o jazz, blues e outras músicas instrumentais populares, como o chorinho.
.
Eu acho fantastico o trabalho do Villa Lobos.
.
Eu mesmo, desejo que você traga para nós a música moderna com videos, só musica dodecafonica e do Koellreutter como sua interminavel musica escrita no globo com simbologia que só ele entende? Afinal isso é música moderna.
.
Pois Debussy ainda é aceitavel ao ouvido, apesar de muita coisa já estava dando caras e bocas. Da ouvir e entender Debussy, mas esses outros caras que vieram bem depois dele, não tem como você interpretar a música, saber o sentimento que ela quer te transmitir, alias, você nem conseguiria entender uma partitura do Koellreuter, não sabe nem o que é começo e fim. Afinal, vai pegar em que parte do globo? O que ele escreveu com aquela simbologia?
.
Mostra para nos o que tem de bom na atonal dos compositores eruditos modernos.
.
Quem sabe eu mudo minha visão sobre isso.



"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Louysie em 4/3/2013, 10:11

[quote="£ëø Mø®£ix"][quote="violina"]Mas é isso que é interessante, os períodos históricos são geralmente um oposto ao outro.. depois de um período teocêntrico vem outro antropocêntrico, depois de um muito idealista, surreal vem outro bem racional.. assim por diante.. nós demos o azar de nascer nessa geração, mas quem sabe se daqui à 100 anos a música não se transforme novamente e se remonte de uma forma ainda melhor do que a do passado.. nada é estático nessa vida, as coisas, eu acredito, não voltarão à serem iguais ao passado pq a mentalidade também não vai retroceder, o mundo de hoje é outro e o de amanhã será ainda outro.. e o que fez com que a música daquela época fosse daquele jeito foi justamente o contexto histórico da sociedade da época, então dificilmente esses períodos vão se repetir da mesma forma como foram um dia, o que não impede lógico que exista releitura.. [/quote]
[color=blue]
Não acredito que a música erudita possa evoluir. Vejamos bem:
.
Mozart tinha Internet? TV? Facebook? DVD? Não sei mais o que de tecnologia?
.
Não.
.
Esses caras passavam o dia todo respirando música. Era a única coisa que eles tinham para fazer.
.
Como nós, que ficamos o dia todo na Net ou jogando video game, vendo TV ou outra coisa, temos tempo para estudar com afinco como esses caras estudavam?
.
Eles chegaram no ponto máximo.
.
A tendencia é a música erudita ficar mais pobre, ficarmos na nostalgia do Barroco, Classicismo, romantismo.
.
Vejo que a música popular, tirando o Jazz, anda podre...
.
Michel Tello com fugidinha, não sei mais o que na boquinha da garrafa, Tá tudo dominado.
.
Nossos jovens, infelismente só escutam porcaria hoje em dia, o máximo que vão conseguir compor é eu quero tchu eu quero tcha. rs*
.
Você é influenciado pelo aquilo que você ouve.[/color][/quote]

então, não vamos generalizar, até que o mundo acabe (rs) muitas gerações ainda estão por vir, e nem todo mundo é igual, nem todo mundo passa o dia todo na internet ou televisão ou vídeo-game,
mesmo que ainda exista o lixo musical até lá [e com certeza vai pq é muito mais fácil de se fazer] ainda sim eu acredito que a música erudita ainda vai evoluir pra outra fase, mesmo que demore, nada é impossível..

Louysie

Mensagens : 378
Pontos : 384
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Dimas Barroco em 4/3/2013, 10:30

£ëø Mø®£ix escreveu:
DimasBarroco escreveu:30 anos é pouco, mas, um pouco mais para trás temos Debussy, Shostakovich (que possui um concerto em Am interpretado por Kogan), Ravel, etc. nenhum é conhecido como os compositores que você citou e nem serão.


O esgotamento é um grande problema, mas vamos pensar no seguinte, até chegar a era Paganini houveram diversos mestres do violino, e após houveram outros diversos mestres, falando de composição e interpretação (o número de apenas interpretes é muito maior prefiro os que além de interpretar compõe), Ysaye, Kreisler, etc.

Por mais virtuosísticas que as composições de Ysaye sejam ele também nunca será lembrado como Paganini, acho que isto se chama pioneirismo.


Considera que a música solo para violino sofreu a mesma desconstrução?


Bom você está falando de Debussy 100 anos atras, veja que muitos periodos da música, foram marcados por 150 anos.
.
Já é outra história.
.
30 anos, meu caro é história, meu jovem. A verdade é que não tem ninguém em 30 anos ou 50 anos? Depois da morte Guarniere.
.
Você vai me desculpar, Paganini não foi pioneiro em nada. Já existia violino, já existia a figura do virtuose. Em composição, ele não fez nada de anormal. Ele foi apenas maior instrumentista que o mundo já viu.
.
Mozart, não foi pioneiro em nada, nem como compositor, nem como instrumentista. Ele foi genio, por isso foi lembrado.
.
A questão não é ser pioneiro.
.
Se acha que o Bach inventou alguma coisa? Tudo já existia muito antes do Bach, a única coisa que ele fez foi botar no papel e esquematizar aquilo que eles já faziam.
.
A questão é ser bom no que faz, isso Paganini foi genio, Bach foi genio.
.
O que não adianta é o cara fazer mesma coisa que Paganini fez. Ai ele é um completo idiota. O que falta hoje em dia é ousadia, iniciativa e comprometimento com aquilo que você faz e acredita.
.
Na minha visão a música hoje é um lixo. Não temos "pioneiros" não temos "genios".
.
É engraçado, cara. Aqui tem um belissimo festival de música. Interessante e muito bom. Mas o que você vê em festival no Brasil?
.
Os caras não tocaram o festival inteiro uma peça brasileira no ano retrasado, pois eu acompanhei com dedicação o ano retrasado.
.
No Brasil não se toca Villa Lobos, Guerra Peixe, Carmargo Guarniere e tantos outros eruditos brasileiros!
.
Um professor de violino me chamou muita atenção. Ele é argentino, sabe o que ele apresentou? Astor Piazolla As quatros estações Portenhas. Ou seja, vestiu a camisa da argentina. Mostrou o que eles tem de melhor.
.
Por que com tanto professor virtuose brasileiro, ninguem toca a nossa música, nossos compositores?
.
Pior de tudo, por que não tocam sequer uma peça comteporanea? Só gostam de tocar Mozart, só 1 movimento?
.
Ninguém prova que eu estou errado, não mudam minha concepção a respeito de música moderna?
.
Eu quero um cara que mostra o que tem de bom na música moderna ao vivo para mim?!
.
Eu considero descontrução em tudo no erudito.
.
Só vi progresso no popular com o Tom Jobim e a bossa nova, os caras que vestem o jazz, blues e outras músicas instrumentais populares, como o chorinho.
.
Eu acho fantastico o trabalho do Villa Lobos.
.
Eu mesmo, desejo que você traga para nós a música moderna com videos, só musica dodecafonica e do Koellreutter como sua interminavel musica escrita no globo com simbologia que só ele entende? Afinal isso é música moderna.
.
Pois Debussy ainda é aceitavel ao ouvido, apesar de muita coisa já estava dando caras e bocas. Da ouvir e entender Debussy, mas esses outros caras que vieram bem depois dele, não tem como você interpretar a música, saber o sentimento que ela quer te transmitir, alias, você nem conseguiria entender uma partitura do Koellreuter, não sabe nem o que é começo e fim. Afinal, vai pegar em que parte do globo? O que ele escreveu com aquela simbologia?
.
Mostra para nos o que tem de bom na atonal dos compositores eruditos modernos.
.
Quem sabe eu mudo minha visão sobre isso.





Valorizar td o que vem de fora parece que faz parde de nossa cultura né... caras interpretam repertório do mundo inteiro menos caras como Villa Lobos e valorizam em excesso virtuoses do mundo todo menos o Flausino Vale.


Creio que será impossível mudar sua opinião pois a música é de fato como você disse, sem começo meio e fim, apresentando temas e linguagens que o apenas o próprio compositor deve conhecer (ou nem ele)



Dimas Barroco

Mensagens : 285
Pontos : 291
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/11/2012
Idade : 30

http://www.facebook.com/dimas.edson

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Onde estão os Mestres

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 08:47


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum