Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
17 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 17 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Dúvidas para compartilhar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dúvidas para compartilhar

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 28/2/2012, 00:18

Prezados seguem dúvidas para compartilhar , também gostaria de ouvir as recomendações do Violinista Morlix:

1) Alguém conhece a marca Blaver p/ violino e cello?
2) já teve a oportunidade de comparar o blaver c/ o mavis ou eagle?
3) Existe alguma influência da espessura do cavalete com a qualidade do som, pois encontrei na internet a seguinte afirmação: cavalete mais fino favorece o volume e mais grosso reduz o som metálico das corda. Isso procede?
4) existe uma relação na qualidade do som e o tipo de crina: nylon ou animal?
5) Qual a procedência ( país/fabricante) do Blaver , Mavis e Eagle?

Apresentação:

Gosto de tdos instrumentos de corda c/ arco e violão acústico. Toco um pouco de cada um quando sobra tempo.

Métodos preferidos para o violino : Ferrara e Han Sitt 2, claro que tudo começa com o Laurex I  , além das escalas do Emílio Cross /  Cello :Dotzauer I e II

Estou tendo o prazer de ensinar o cello p/ meu filho de 12 anos !

Sou músico da CCB a alguns anos.

Saudações


A Paz de Deus, irmão! Tudo bem? Seja bem vindo ao Fórum.
.
Vamos por partes, como diria o Jack. rs*
.
Pergunta 1: O Blaver é uma mercadoria, segundo meu amigo e professor que era 2 maestro na Orquestra que eu toco. Se ele falou está falado. Acho que deu para entender o que é mercadoria. rs*
.
Ele detestou esta fábrica de Cello.
.
Eu não tiver oportunidade de tocar um violino dessa marca.
.
Pergunta 2: Mavis com o Eagle, já testei, regulei os dois, comparei exaustivamente. O Mavis é mais bem construido internamente, responde melhor nas notas rápidas e tem uma sonoridade mais nitida. Só peca na estetica, que os Eagles são imbativeis em termos de beleza. Mas isso não quer dizer que os Eagles são ruins, pelo contrário, são muito bons, mas se você der sorte de pegar um Eagle bem construido e regular ele. Vai bater o Mavis. Mas é sorte, cara pegar um foguete desses, mas tem uns Eagles que saem muito caprichados. Dizem que eu um raio não cai no mesmo lugar. Comigo caiu. Dois Eagles que  eu comprei, são sensacionais em comparação com o mesmo modelo dos meus amigos.
.
Pergunta 3: Sim é exatamente isso. Fórmula dos 3. Você tem que equilibrar intensidade, qualidade e projeção sonora. A regra dos 3 é o seguinte: quando mais madeira se tirar do cavalete, mais intenso fica o som, mas em contrapartida fica com o som mais metalico e perde a qualidade de som. Portando não é só uma questão de cortar o cavalete e nem lixar.
.
O grande desafio é o luthier conseguir achar um equilibrio entre volume de som e qualidade do som. Depois disso é achar a projeção sonora adquedada ao equilibrio. Por não adianta o cara ir em uma loja comprar um cavalete e tentar por de qualquer jeito no violino. Tem que ter experiencia, conhecimento para ter o máximo de rendimento possivel ao tocar.
.
Pergunta 4: Sim, melhor qualidade se consegui com a crina animal. Porque elas tem uma micro escamas na crina que geram um som de qualidade superior. Quando mais for natural os acessorios do violino melhor.
.
Mavis é Chinês, empresa chinesa, madeira chinesa e montando na china. Por isso tem uma qualidade maior em seus instrumentos, já que a madeira chinesa é uma das melhores do mundo. Toda madeira produzida na China, tem uma qualidade maior. Perde mesmo só para madeira alemã.
.
Você tem esse método do Emílio Cross em PDF? Pode me enviar?


Última edição por £ëø Mø®£ix em 11/7/2013, 14:43, editado 1 vez(es)


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvidas para compartilhar

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 29/2/2012, 07:02

Caro irmão, agradeço a resposta. Também ajudo na escola de música. Entrei no fórum para tentar ajudar nas várias dúvidas que temos.

Com relação ao cavalete notei este efeito por tentativa e erro.

Com relação ao Blaver um irmão nosso já decidiu comprar e ajustar. Quando tiver algum retorno do teste informo no forum.

As vezes vou a Poços de Caldas (acho q é sua cidade, certo?) , espero visita-lo e quem saber levar algum instrumento para regular.

O Emílio Cross, aprendi com ele , emprestado de meu velho professor. Já não tenho mais, porém estou " caçando " , assim que encontrar envio p/ todos. Trata-se de um bom método de escalas naturais, melódicas e harmônicas, além dos exercícios de acordes e arpejos em todas as tonalidades.

Segue mais uma questão: Um violino chinês de estudante , mais básico como o Mavis 1415 ou o  Eagle VK 441, vale a pena trocar o verniz?  Pergunto isso pois tenho um colega que pretende fazer isso para melhorar o som.  Eu particularmente acho melhor fazer os ajustes de cavalete e alma com um bom luthier. O que achas?

Saudações.

Se o nosso irmão mudar de idéia e quiser dar uma olhada em meus violinos. Fico a disposição. Se ele realmente quiser o Blaver e quiser mandar para eu modificar. Eu também faço o serviço e ainda faço muitos testes com ele e falo com absolutar convicção a respeito do que pode ser fazer em um violino dessa marca.
.
Sim sou dessa lindissima e agradavel cidade que respeita música. Principalmente erudita. rs*
.
Estou a sua espera para trazer o violino pessoalmente. Assim você pode ver outros que eu tiver na época para uma futura compra de seus alunos e do nossos irmãos.
.
Em qual cidade você reside?

É como o nosso irmão disse. Regulagem básica, como troca de cavalete, troca de alma, redimensionamento das cravelhas, retirada do verniz do braço, harmonização do braço com espelho, polimento do espelho e ajuste da pestana. Terá muito mais resultados em um violino desse do que a troca de verniz.
.
Um ajuste sai bem mais barato do que trocar o verniz. Pois terá que trocar o verniz e fazer os ajustes, sai preço de um violino que eu tenho aqui que é 20 vezes melhor do que um violino da Eagle VK 441. Meu violino já está com a espessura correta dos tampos, coisa que a Eagle não vem. Já tem a barra harmonica no lugar, coisa que a Eagle não tem. E ainda mais já tem verniz a base de alcool e todo regulado com cavalete alemão e alma de madeira alemã.
.
Se botar todas as desespesas no papel, verá que um Eagle Vk 441 e similares, saira muito mais caro. Detalhe a madeira desses violinos são muito inferiores a madeira classe AAA e rajada e maciça do meus violinos.
.
Então sugiro a ele que apenas faça regulagem básica, junte todo esse dinheiro que vai trocar o verniz compre um violino que eu estou vendendo. Detalhe, meu violino mesmo sendo feito a mão, eu dou de presente o case e um arco intermediario.
.
O violino é novo! Já está com o som aberto.
.
Se quiser, add meu MSN: violinistamorlix@hotmail.com ou mande um e-mail para mim, darei maiores informações! Estou vendendo um material de estudos também. São diversos livros e video aulas. Se quiser saber maiores detalhes, só mandar o e-mail que tenho maior prazer em lhe explicar tudo a respeito.
.
Vai te ajudar muito com seus alunos, pois o material é voltado desde o iniciante até ao avançado. Passa por todas as etapas.
.
Qualquer dúvida, só me consultar.
.
Abração!
.
Que Deus te abençoe!










Última edição por £ëø Mø®£ix em 11/7/2013, 14:44, editado 1 vez(es)


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvidas para compartilhar

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 11/7/2013, 14:44

Sou de São Paulo / Capital / Bairro de Artur Alvim / Zona Leste !

Com certeza em minha próxima ida a Poços vou mandar uma mensagem antes p/ agendar uma visita!

Talvez vá a Tatuí também!

Segue mais uma para compartihar:

Filete.  Tem violino que é filetado e outros que parecem que são pintados. Já deves ter notado. Sempre achei que era somente uma questão de estética, porém após algumas consultas, verifiquei que o filete tem uma função de resistência mecânica na borda do instrumento e ..... ai que que vem a grande dúvida..... uma  função de proteger os veios da madeira de humidade!!!  Alguém já ouviu algo neste sentido?  

Se esta informação procede, devemos atentar para isso na compra do instrumento!

Outra , acredito ter visto no forum uma informação que os acessórios de jacarandá tem um rendimento uns 15 % superior em sonoridade ao velho ébano.  E o que dizer de um estandarte de metal?

E ainda, um violino com ou sem fixo (pino de ajuste de afinação) . Temos um diferença no som. Se sim esta diferença pode ser compensada no ajuste do cavalete?


Abraços!


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvidas para compartilhar

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:52


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum