Violino Brasil
Quem está conectado
22 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 22 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Ajuda afinação na viola

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ajuda afinação na viola

Mensagem  vando em 6/9/2016, 20:44

Olá! Sou novo aqui no fórum e gostaria de uma ajuda.

Toco viola a pouco tempo, pouco mais de 1 ano. Eu tenho um pouco de dificuldade com a afinação, gostaria de saber se tem alguma exercício que possa me ajudar a melhorar a minha afinação ao executar uma partitura.

Desde já agradeço!

vando

Mensagens : 1
Pontos : 3
Reputação : 1
Data de inscrição : 06/09/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda afinação na viola

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 23/9/2016, 14:31

vando escreveu:Olá! Sou novo aqui no fórum e gostaria de uma ajuda.

Toco viola a pouco tempo, pouco mais de 1 ano. Eu tenho um pouco de dificuldade com a afinação, gostaria de saber se tem alguma exercício que possa me ajudar a melhorar a minha afinação ao executar uma partitura.

Desde já agradeço!

Olá querido amigo! Tudo bem contigo?
.
Afinação nos instrumentos não temperados de cordas friccionadas como violino, viola, cello e contrabaixo. E alguns como trombone de vara, guitarra havaiana e algum outros que eu tenha esquecido é dose!
.
É necessário ter muito treinamento de ouvido na memória musical, treinamento na forma de mão (Parte física) e claro certos cuidados como não pegar peso, trabalhar em serviços leves e evitar notebooks, celulares, facebook e etc para manter a mão o mais relaxada possível.
.
Na parte física, tem além de certos cuidados, uma questão muito importante é postura da mão em relação ao braço e espelho do violino. Ao treinar (Estudar) é importante respeitar os limites da sua anatomia assim como dar uma respiração muscular e intervalos de descanso para o cérebro absolver toda nova informação de movimentos e posicionamentos que ele está recebendo  com esses novos movimentos aprendidos!
.
Você tem usar a técnica do braço volátil: quando a for tocar corda lá, o braço deve estar para fora (Sentido fora do peito), quando for tocar a corda dó braço deve estar para dentro (Sentido próximo do peito), quando for corda ré (Levemente para fora), quando for a corda sol (levemente para dentro). Pois essa técnica de postura, mantém a mesma forma de mão em cada corda, o movimento é feito apenas com o braço esquerdo para posicionamento da nota na mesma forma de mão e posicionamento dos dedos. Pois quando não se faz tal técnica do braço volátil, o 4 dedo e 3 dedo sofrem muito com deslocamento para posicionamento para alcança as notas em 5 justas, principalmente a corda do, onde deverá esticar muito mais o 4 dedo, perdendo a referência de posicionamento nas outras cordas com 3 e 4 dedos.
.
Algo muito importante também é colocar a palma da mão em paralelo ao braço, muita gente tem o vício de quando vai tocar viola abre a mão em um leque, deixando 1 e 2 dedos posicionamentos perto do braço e 3 e 4 dedos com a mão aberta longe do braço. O movimento para descer os 3 e 4 dedos acabam por se tornar muito longos perdendo referência da forma de mão e sincronização de dedo e arco em notas rápidas ou até mesmo lentas.
.
Outra coisa importante é sempre deixar posicionado o dedo muito próximo a corda mesmo que não estiver tocando, sempre em sinal de prontidão. Muita gente levanta demais os dedos, quando vão descer para o espelho, perdem tempo e referência do centro tonal de cada nota.
.
Outra técnica importante é também desenvolver o 4 dedo. Só desenvolve usando o 4 dedo. Só a tendência da nossa mão é o tendão arrasta o dedo vizinho. Por isso ao descer o 4 dedo é bom para efeito de estudos descer o 3 dedo junto simultaneamente, na hora de tocar em uma apresentação não há necessidade, mas estudando coisas lentas é importante!
.
Sempre estude com metrônomo, importante é ter essa simetria dentro de si e posicionar as notas no bip certo. Diminuindo chances de erros com o ritmo, melhora a afinação, pois tocar afobado, acaba diminuindo a qualidade. Importante de tudo é estudar pouco, mas com qualidade e muito concentrado. Não é quantidade de estudos que faz o violista tocar bem e sim a qualidade no que está estudando!
.
Não se esqueça é de estudar muito lento que você acaba tocando rápido. Quando se estuda lento e vai aumentado a velocidade relativamente no limite que você consegue tocar e manter a qualidade, aumentando gradativamente semana após semana, mês após mês você acaba por gravar todos os movimentos certos de arco e de mão esquerda no ouvido e na parte física, e para tocar rápido é apenas um passo, pois seu cérebro sabe reagir a cada movimento mais rápido, o seu ouvido estará treinando perceber cada frequência errada e fazer a correção rapidamente! Por isso estude lento... vai aumentando.... volte no lento para ir corrigindo possíveis erros, depois vai aumentando a velocidade gradativamente... volte no lento... vai aumentando até conseguir no máximo de limite aceitável da qualidade do seu som.
.
Uma dica importante é estudo por comas. Sabe-se que o dedo 1 e 2 são muitos juntos, igual nota si e do na corda la, mi e fá na corda ré. Então toda vez você for tocar, dá um chega para lá na dedo anterior. Exemplo. Se for tocar nota Fá antes de chegar a corda ao espelho pressionando, você retira o 1 dedo que está na nota Mi. Pois no violino principalmente são juntos e dependendo da sua anatomia se tiver o dedo grosso e gordo não tem espaço físico para manter o 1 dedo na corda. Para não precisar entortar o 2 dedo, você quando relar o dedo 2 na corda antes de chegar no espelho levanta o dedo 1 para pressionar a corda no espelho. Assim manterá a nota no centro tonal. Os dedos só devem ser deixados apenas como referência ao portamento na mudança de posição, onde você tem fazer o glissando para chegar nas posições mais altas. Sem mudança em bloco. Principalmente ao estudar mudanças de posição.
.
Quando mais alto sobe a posição, mas diminui a distância física entre os centros tonais das notas, sendo impossível manter os dedos na corda. Só deixa um dedo referência para mudança de corda para eliminar os harmônicos, só para virar o arco já se levanta ou então para mudanças de posição onde você necessita um dedo de referência.
.
Muito importante lembra que a partir da 5 posição o posicionamento do braço volátil se torna muito deficiente, pois as ilhargas do violino (Faixas) impedem de colocar o braço para fora nas cordas Lá e Ré! Mas não se preocupe, até lá você já terá técnicas mais refinadas e um ouvido mais refinado.
.
O importante é estudar muito bem a primeira posição, depois se torna mais fáceis as demais ao estudar!
.
O estudo para melhorar afinação é estudar muita escala em 1 oitava, depois 2 oitavas, depois finalmente passar a estudar 3 oitavas! Estudar todas as 12 tonalidades maiores, começando com o ciclo de quintas ascendentes e depois de quartas descendentes, com respectivos arpejos. O dentilhado é muito importante principalmente nas escalas de 3 oitavas!
.
Tem que estudar disciplinadamente todos os dias antes de começar a estudar métodos ou concertos, repertórios essas escalas pelo menos 30 minutos ou 1 hora por dia!
.
Lembrando que tudo que for estudar, seja lição do método ou concertos ou repertório e etc, você tem que antes de sair tocando, estudar os intervalos. Ou seja, imagina todas as notas do concerto são semínima ligada com outra semínima, então você vai tocar ela com arco todo, mantendo elas ligadas ao máximo, diminuindo velocidade do arco nas extremidades sem parar o arco ao virar o sentindo do movimento do arco, mantendo a intensidade, sem variar entonação para você notar a passagem de um intervalo para o outro. Se errou a afinação de um intervalo, na volta você volta na nota de partida em questão e faz novamente a passagem. Você tem acertar mais do que errar. Buscando o centro tonal de cada nota, guardando na memória auditiva a distância relativa de cada intervalo e sua passagem.
.
Quando erramos a afinação de uma nota, na verdade erramos é passagem de uma para outra nota. Pois o nosso ouvido é relativo. Ele precisa de uma referência. Por isso importante você guardar não a frequência da nota, mas sim a distância de cada intervalo e ter essa passagem de um intervalo para outro na sua memória auditiva! Quando se grava a passagem em vez da frequência, você não sofrerá se o violino está afinado em 440hz, 441hz, 442hz a nota lá. Vai conseguir perceber todos os microtons (Comas) de cada tonalidade. Isso fará você tornar-se mais expressivo e sua musicalidade fluir e perceberá quando está desafinando em milímetros.
.
É um trabalho que você deve fazer por resto de sua vida! Pois a luta contra afinação é eterna!!!
.
Outra coisa importantíssima é também você levar sua viola no luthier para regular e ajustar sua viola para manter ela na ponto máximo de sonoridade, equilíbrio entre os graves e agudos e muito macia para tocar. Pois com viola desregular, é impossível manter um som decente. Isso influência direto na afinação do aluno, assim como na entonação e expressividade também.
.
Eu sou luthier especialista em regulagens e ajustes de violinos em violas! Se quiser um orçamento envia e-mail para mim: violinistamorlix@hotmail.com
.
Eu tenho violas para vender também todas devidamente reguladas e ajustadas!
.
No que precisar estou a sua disposição!
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe!


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3304
Pontos : 3788
Reputação : 171
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum