Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
5 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 5 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Novo membro, milhões de dúvidas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Novo membro, milhões de dúvidas

Mensagem  Isabelle Palma em 26/7/2015, 18:30

Olá Leo e amigos,

Primeiro de tudo, queria dizer que tenho passado grande parte dos meus dias, lendo e relendo os tópicos deste fórum. E tenho aprendido muito. Sou estudante recente do violino, muita coisa para mim é um grego absoluto. E o fórum é um lugar muito valioso para as dicas e orientações. Conheço uma parte também inicial de teoria porque quando menina, fiz 3 anos de violão e aprendi lendo partitura, estudando solfejo... coisa que observo ausente nos cursos de violão dos dias de hoje que, pelo menos na minha cidade interiorana, se resume a muita cifra, sem leitura de partitura. Bem, estou há 3 meses estudando o "precioso", mas sou velhinha já e meu objetivo é recuperar um pouco da musicalidade da família já que meu pai, falecido, era exímio violinista (começou aos 5, na Congregação Cristã). Infelizmente, nunca vi meu pai tocar, por desencontros históricos. Bem, tudo isso para dizer que o fórum realmente é um espaço muito proveitoso para meus estudos que, apesar da idade avançada, gostaria que prosperassem. Estou me dedicando. A pergunta é a seguinte (acredito que seja bem tola, mas se dá para "responder qualquer coisa", vou arriscar... antes uma tola pergunta, do que uma dúvida eterna):

- Estou estudando uma partitura durante as férias do meu professor que é a música "Fascinação". Porém, algumas coisas, ele não me explicou na partitura e lendo alguns métodos, entendi uma coisa e gostaria de saber se estou certa. Existem dois símbolos acima da nota - um V e um colchete virado que descobri ser "ponta do arco" e "talão" respectivamente. Porém, não são todas as notas em que aparece esse símbolo, resumindo-se a um símbolo que, para o violão, eu chamava de ligadura. Então, a questão: no violino, é comum você tocar duas notas com a mesma passada do arco? Quando saio do Dó (na 4* corda) para o Ré (solta), sinto que na mesma passada, o dó permanece vibrando. Fiquei pensando se o correto não seria fazer o Ré na mesma corda, 4* dedo, mas não fiz nenhum exercício com o uso do 4* dedo... o que eu desconfio, na verdade.

Bem, é isso, por hora. Gostei muito do tópico sobre as fitinhas que se coloca no violino, o meu está com elas e sinto muito insegurança de tirá-las, já que foi colocada pelo professor. Já encomendei um outro violino mais top e pretendo treinar sem as fitas. Também achei interessante a questão de que cada violino pode ter uma afinação diferente. Vou poder fazer um comparativo com meu eagle e o novo

Parabéns, Léo, pelo site. Muito esclarecedor.
Abraços,
Isabelle

Isabelle Palma

Mensagens : 4
Pontos : 8
Reputação : 1
Data de inscrição : 24/07/2015
Idade : 39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo membro, milhões de dúvidas

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 5/8/2015, 09:07

Isabelle Palma escreveu:Olá Leo e amigos,

Primeiro de tudo, queria dizer que tenho passado grande parte dos meus dias, lendo e relendo os tópicos deste fórum. E tenho aprendido muito. Sou estudante recente do violino, muita coisa para mim é um grego absoluto. E o fórum é um lugar muito valioso para as dicas e orientações. Conheço uma parte também inicial de teoria porque quando menina, fiz 3 anos de violão e aprendi lendo partitura, estudando solfejo... coisa que observo ausente nos cursos de violão dos dias de hoje que, pelo menos na minha cidade interiorana, se resume a muita cifra, sem leitura de partitura. Bem, estou há 3 meses estudando o "precioso", mas sou velhinha já e meu objetivo é recuperar um pouco da musicalidade da família já que meu pai, falecido, era exímio violinista (começou aos 5, na Congregação Cristã). Infelizmente, nunca vi meu pai tocar, por desencontros históricos. Bem, tudo isso para dizer que o fórum realmente é um espaço muito proveitoso para meus estudos que, apesar da idade avançada, gostaria que prosperassem. Estou me dedicando. A pergunta é a seguinte (acredito que seja bem tola, mas se dá para "responder qualquer coisa", vou arriscar... antes uma tola pergunta, do que uma dúvida eterna):

- Estou estudando uma partitura durante as férias do meu professor que é a música "Fascinação". Porém, algumas coisas, ele não me explicou na partitura e lendo alguns métodos, entendi uma coisa e gostaria de saber se estou certa. Existem dois símbolos acima da nota - um V e um colchete virado que descobri ser "ponta do arco" e "talão" respectivamente. Porém, não são todas as notas em que aparece esse símbolo, resumindo-se a um símbolo que, para o violão, eu chamava de ligadura. Então, a questão: no violino, é comum você tocar duas notas com a mesma passada do arco? Quando saio do Dó (na 4* corda) para o Ré (solta), sinto que na mesma passada, o dó permanece vibrando. Fiquei pensando se o correto não seria fazer o Ré na mesma corda, 4* dedo, mas não fiz nenhum exercício com o uso do 4* dedo... o que eu desconfio, na verdade.

Bem, é isso, por hora. Gostei muito do tópico sobre as fitinhas que se coloca no violino, o meu está com elas e sinto muito insegurança de tirá-las, já que foi colocada pelo professor. Já encomendei um outro violino mais top e pretendo treinar sem as fitas. Também achei interessante a questão de que cada violino pode ter uma afinação diferente. Vou poder fazer um comparativo com meu eagle e o novo

Parabéns, Léo, pelo site. Muito esclarecedor.
Abraços,
Isabelle

Olá querida! Obrigado por prestigiar o nosso trabalho aqui no Fórum. Fiquei bastante honrado com suas palavras e seu aprendizado!
.
O pessoal do violão é dividido no inicio em duas linhas: violão erudito e violão popular!
.
Acontece quem começa no violão erudito, ele já começa a aprender violão lendo partitura. Enquando a grande maioria, acredito que 95 por cento opta pelo violão popular onde o sistema de aprendizado é por cifras!
.
Posteriormento o que cara que deseja se profissionalizar no violão popular, até chega aprender a leitura de partituras no curso técnico ou faculdade. Porém não tem muita serventia para o pessoal. É outra linguagem, o negócio deles é improvisar, criar, tocar de ouvido, enfim!
.
Eu não concordo muito, minha opinião pessoal. Acredito que o sujeito não deve estudar violão, violino, piano, guitarra etc. Acho que o aluno deve estudar é música! A música divide-se em 3 partes: melodia, harmonia e ritmo! Então o sujeito tem que aprender música e se especializar em um instrumento! Pois o músico, faz música até com uma caixinha de fosfóro ou com o próprio corpo!  Enquanto o violinista, tirou o violino dele. Acabou... Não sai nada! Assim é o cara que toca violão popular. Tirou o violão, ele não vai conseguir tocar um sax, um violino etc. Por isso eu aconselho as pessoas a estudarem música! Estudando música o aluno se especializa em um instrumento para seguir nos estudos!
.
A respeito da sua dúvida, tudo que você faz no método, todas as técnicas  você tem que aplicar nas músicas! O professor não precisa ensinar uma música. Ele te orientar a respeito de técnicas. A música que você for tocar, você tem que descobrir melhor forma de aplicar a técnica que o professor passou nas músicas! Não pode ser dependente do professor para tudo. Pense assim: 6 dias da semana eu resolvo meus problemas músicas ou violinisticos! 1 dia da semana meu professor resolve para mim. São 7 dias cada semana!
.
Primeira coisa que o professor tem que passar é simbologia do violino. Tem explicar regras de arcadas: Toda cabeça de compasso tem que ser necessariamente com arco indo para baixo, saindo do talão indo para ponta! Isso é regra violinistica com pouquissimas exceções!
.
Existem sinais:
Sentido talão é uma colchete deitado.
Sentindo ponta é um V.
Aproveitamento de arcada que é colchete deitado com a grafado encima.
Sinal duplo de arcada (No leggato ou semi ligado) pode ser dois colchetes deitados para sentido talão ou dois VV para sentindo ponta!
.
Lembrando: toda nota cabeça de compasso no tempo forte deve ser arcada para baixo, sentindo talão para ponta! Tem exceções!
.
Você vai me perguntar, por quê? Eu explico: métrica musical!
.
A métrica musical diz que no compasso 4/4: será forte, fraco, meio forte e fraco!
No compasso 3/4: Será forte, fraco, fraco!
No compasso 2/4: Será forte e fraco!
.
A região do talão é mais pesada, o som é mais encoorpado, mais acentuado, mais forte e nítido! Então quando você começa sentindo talão para ponta, tem uma acentuação métrica natural que é forte na região do talão no tempo de métrica forte! É evidente! Já ponta é mais leve, som mais harmônico, mais fácil de ser tocado. Então você fará no tempo fraco, pois fará uma métrica natural fraca que é fraca na região do talão no tempo de métrica fraca!
.
Infelismente os professores desconhecem as regras de teoria e de violino! Não entendem a física do violino e muito menos sabem as regras!
.
É necessário aprender teoria musical, harmonia, rítmica e outras coisas para você tocar bem o seu violino! Tem que estudar música e não apenas violino!
.
A partitura não precisa estar toda grafada em todas as notas, pois a regra musical já diz que toda nota cabeça de compasso tem que ser no sentido talão para ponta (Descendo o arco para baixo), não importa se você começa com a metade inferior do arco, metade superior do arco ou arco todo! Tem que seguir essa regra!
.
Agora tem determinados trechos da música pelo arranjos dos valores da nota que se faz necessário ter a simbologia de arcada para orientar o violinista na condução do arco. Porém isso é uma sugestão! Você não precisa seguir tudo que está escrito. Você tem que liberdade de semi ligar outra nota, desde que respeitei a metrica musical e pode desligar a sugestão do arranjador!
.
Não podemos ser clones de professores ou arranjadores! Temos liberdade de expressão e de pensamentos! O professor não pode obrigar você a fazer as coisas que ele acha que tem que ser assim! Existem mil maneiras de tocar violino! Então a função do professor é te mostrar os atalhos e orientar as técnicas! Quem aplica é o aluno! O professor tem que te fazer um autosuficiente! Tem que pensar e caminhar por si só!
.
As fitinhas são apenas para primeiras semanas onde o aluno está aprendendo onde fica casa 1,2,3,4,5 do violino e os dedos: 1,2,3,4 e sua posição cromática! Depois que passou essa fase do dentilhado, tem arrancar as fitinhas para pode gravar a forma de mão e memória auditiva e aprender a tocar afinando o violino!
.
Pois o violino não se toca afinado! Toca-se afinando!
.
Caso necessite de regular o seu violino novo, coloco-me a disposição para realização dos serviços! Sou luthier com uma vasta experiência em regulagens de violinos! Envia email para mim: violinistamorlix@hotmail.com
.
Caso deseja add meu whats ap!
.
Qualquer dúvida, estou a disposição!
.
Beijão carinhoso!
.
Deus te abençoe!


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum