Violino Brasil
Quem está conectado
7 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 7 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Trajetória complicada no mundo violonístico.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Trajetória complicada no mundo violonístico.

Mensagem  Jheff84 em 18/7/2015, 15:50

Boa tarde a todos! Me chamo Jefferson e o violino está em minha vida uns 13 anos. Só que tem um porém, sempre fui depressivo e estudava com muito desinteresse, as vezes ficava até irritado com algumas músicas, por serem meio chatinhas. Sempre toquei na igreja e fiquei afastado da igreja por um tempinho e o chefão me pôs no banco, ou seja, proibido de tocar.Isso só serviu para piorar mais as coisas. De um ano e meio para cá descobri pela medicina que tenho TOC, transtorno obsessivo compulsivo, entao pude analisar que aquele desinteresse causado muitas das vezes em relação a música era por conta de minha doença. Conclusão, agora estou tendo uma pitada de vontade de tocar, alguém aí me sugere como devo começar, se é que devo também,não quero me desfazer do violino mas não quero cair em estudos monótonos e sem graça. E outra, estudo com espaleira kun canadense, me dói pra caramba os braços e as costas, não estou sabendo regular, eu acho! Obrigado a todos e esse é meu desabafo!

Jheff84

Mensagens : 1
Pontos : 3
Reputação : 1
Data de inscrição : 18/07/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trajetória complicada no mundo violonístico.

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 5/8/2015, 10:13

Jheff84 escreveu:Boa tarde a todos! Me chamo Jefferson e o violino está em minha vida uns 13 anos. Só que tem um porém, sempre fui depressivo e estudava com muito desinteresse, as vezes ficava até irritado com algumas músicas, por serem meio chatinhas. Sempre toquei na igreja e fiquei afastado da igreja por um tempinho e o chefão me pôs no banco, ou seja, proibido de tocar.Isso só serviu para piorar mais as coisas. De um ano e meio para cá descobri pela medicina que tenho TOC, transtorno obsessivo compulsivo, entao pude analisar que aquele desinteresse causado muitas das vezes em relação a música era por conta de minha doença. Conclusão, agora estou tendo uma pitada de vontade de tocar, alguém aí me sugere como devo começar, se é que devo também,não quero me desfazer do violino mas não quero cair em estudos monótonos e sem graça. E outra, estudo com espaleira kun canadense, me dói pra caramba os braços e as costas, não estou sabendo regular, eu acho! Obrigado a todos e esse é meu desabafo!
A Paz de Deus irmão! Tudo bem?
.
Acredito que o primeiro passo é você enviar o violino para regulagem e ajuste do mesmo. Todo violino de fábrica ao sair da loja necessita passar por mãos de um luthier! Pois assim o violino fica decente e macio para o aprendizado. Vai soar equilibradamente entre os graves e agudos, vai ter harmonicos nitidos, vai aumentar intensidade, ficar bem macio para tocar na 7 posição etc!
.
A questão da espalheira, a Kun é excelente! Muito boa, porém eu particularmente gosto daquela da Kun que é bem fininha. Pois quando mais fina a area de contato com o peito, você sente menos desconforto. Tente colocar o violino mais diagonal e mais para baixo no peito mesmo em vez de ombro. Pode ser uma postura errada sua ou esteja apertando muito o queixo contra a queixeira e esteja provocando cansado prematura gerando dor! É interessante você colocar a parte superior da queixeira um pouco mais alta e a parte do peito mais baixa!
.
Outra questão é queixeira! Muitos violinista sente dores pensando que seja a culpa da espalheira, nem sempre é! Pode ser seu queixo não se adequou a queixeira que está no seu violino. Nesse caso é bom observar também uma possivel troca de queixeira por outro modelo.
.
Infelismente no nosso meio falta fraternidade! Veja a parabola do filho pródigo: O filho arrependido voltou para ser empregado do pai, porém o pai ao ver o filho retornando, fez uma grande festa e o recebeu com amor, caridade e felicidade, pois o que tinha se perdido foi achado! Então a restauração de um irmão no seio da Igreja, tem que ser algo que gere fraternidade, felicidade e comemoração! Agora impedir um irmão conhecido dos irmãos de tocar na orquestra no seu retorno, acredito seja uma baita falta de caridade e fraternidade. Pois devemos abraçar, edificar, construir! No caso do retorno do irmão, todos deveriam tratar você com fraternidade e ter alegria por você está no amor de Cristo novamente conosco!
.
A respeito da sua doença, você tem que fazer o tratamento adequado que o medico lhe indicou e claro tem que viver a vida sem pressão irmão! Tem que ter prazer ao estudar, respirar os ar para os pulmões, sentir-se vivo, observar a natureza e grandes coisas que Deus fez! Então ao estudar violino, procure um professor em que você possa ter liberdade de estudar aquilo que lhe ajude a resolver seus problemas violinisticos, porém que lhe de prazer. Música é liberdade, tem que ter disciplina, mas não pode ser algo ditatorial tem que fazer isso e ponto final. Aí, deixa de ser arte! Você tem que tocar aquilo que lhe da prazer. É claro estudar coisas técnicas para resolver bem as músicas que for tocar, porém não tem que tocar uma música só porque ta no repertório do professor. Não. Você tem que escolher aquilo que quer estudar! Escute muita coisas! Veja quais músicas são do seu agrado e do seu nível técnico e estude com calma, paciência e faça aquilo que você gostar!
.
Para começar a estudar, tem que ver o nível técnico que você esteja. Mas acredito que pode ser um caminho interessante para você estudar: Ferrara, Hans Sitt até lição 20, depois escolher 1 lição ou 2 lições de posição até número 80, e depois estudar o Kayser algumas lições mais importantes e  posteriormente 42 estudos do kreutzer. Esses métodos são bem melódicos e evolutivos! Junto com esses métodos você pode escolher uma peça brasileira para estudar: choros! E também pegar um concerto ou sonata para ir estudando durante o seu desenvolvimento. Cada coisa no nível técnico das coisas que você estuda no método! Não vai querer pegar coisas muito dificil sendo que não tem nivel para tal, nem coisas fáceis de mais para tocar, pois desanima! Acredito pode ser uma boa você arrumar um colega companheiro para tocar duetos do Mazas op 38 com você. Arrumar um quarteto de cordas para vocês ensaiarem músicas de quarteto que você curte. Cada membro leva uma música! É bom você tocar em conjunto em duetos e quartetos ou quintetos para você se socializar e pegar amor pela música!
.
Se precisar comprar violinos novos e sem uso, regulados e ajustados! Estou a sua disposição! Eu sou luthier com uma vasta experiência em regulagens e ajustes de violinos! Envia um email para mim: violinistamorlix@hotmail.com
.
Caso você desejar pode me add no Whats ap para conversar sobre seus problemas em privado! No que puder, vou lhe ajudar!
.
Qualquer dúvida, estou a sua disposição!
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe!
.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 
avatar
£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3316
Pontos : 3803
Reputação : 174
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 36

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum