Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
5 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 5 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Vídeo com as 12 escalas maiores e menores em todas as posições - do início do espelho ao final.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Vídeo com as 12 escalas maiores e menores em todas as posições - do início do espelho ao final.

Mensagem  Heráclito Alencar Sampaio em 24/8/2014, 08:33

OBS.: Caso esteja em local errado o presente tópico, solicito da moderação que o mesmo seja corretamente reposicionado, seja para um comentário n'algum tópico já existente ou ele próprio num local mais adequado.  Perdoe-me, estou ainda aprendendo a usar os recursos e ferramentas. E já peço desculpas por ter clicado num sinal (-) em um dos excelentes tópicos aqui, e só depois percebi a besteira que fiz, sem querer fazê-la. Vamos lá:

Inicio destaco os seguintes textos do Sr. LEO, colhidos em alguns posts deste fórum:



“Faça essa técnica de conferir intervalos em qualquer posição e todos os exercicios que puder, seja de 1 posição ou de 12 posição ou até onde o seu ouvido conseguir ouvir.”


“. O grande lance nas mudanças de posição no estudo sério é justamente ao mudar de posição não glissar!”


“... Maiores, menores puras, harmônicas, melódica, cigana, bachiana, pentafônica, modais, diatônicas, dodecafônica, em todos os 12 tons e mais 3 enarmônicas, e, em todas as dinâmicas de arco e valores”


Gostaria muitíssimo de assistir a um vídeo com um violinista estudando e fazendo as 15 escalas (considerando as partituras que também seriam apresentadas - armaduras, etc), mas, como mencionado pelo adim, da seguinte forma, em todas as posições do violino: “... Maiores, menores puras, harmônicas, melódica, cigana, bachiana, pentafônica, modais, diatônicas, dodecafônica, em todos os 12 tons e mais 3 enarmônicas, e, em todas as dinâmicas de arco e valores” - rsrsrs
Tô querendo demais, né? Mas penso que tal vídeo daria ao iniciante uma noção geral de como estudam os profissionais, a sua ‘pegada’, dinâmica e, sendo um vídeo bem filmado, captando bem os dedos sobre o espelho, daria uma objetiva e boa base para uma análise visual e auditiva. No meu conceito de aprendiz, seria uma ótima biblioteca a ser sempre pesquisada. E, seria diferente de assistir a uma peça performática, pois da mencionada forma seria mais DIDÁTICO (não um show ou apresentação), e eu creio que de alguma forma ajudaria muito mesmo os iniciantes. Principalmente demonstrando as notas no pentagrama e as posições corretas dos dedos do violinista no espelho. Apesar das muitas escalas existentes, as principais, maiores e menores naturais, já bastariam também, desde que no vídeo, as imagens captassem ao longo de todo o violino, estando bem focados o arco, o espelho e dedos do executor que as executaria com uma velocidade ou andamento mais ou menos entre 80 ou 100, sendo para cada tempo duas colcheias, para não ficar tão longo, e, com um pequeno intervalo entre cada escala.
 
Talvez até existam vários vídeos por aí, mas já pesquisei e assisti alguns, porém, não o encontrei como acima mencionei.  Alguém se habilitaria a produzir um, bem simples, sem grandes recursos? Bom... importante mesmo é, se já existe algum (em todas posições até o final do espelho, ascendentes e descendentes), por favor, postem um link... infelizmente, com as buscas que fiz, não o encontrei, como acima dito.
EDIT (acrescento) : As imagens apareceriam como o violinista executor vê o espelho, isto é, do final do espelho ao início... assim daria uma impressão do espectador estar tocando e executando aquele violino. Seria realmente bastante didático, no meu modo de ver!

C Maior e A menor
C# Maior e A# menor
Db Maior e Bb menor
D Maior e B menor
Eb Maior e C menor
E Maior e C# menor
F Maior e D menor
F# Maior e D# menor
Gb Maior e E b menor
G Maior e E menor
Ab Maior e F menor
A Maior e F # menor
Bb Maior e G menor
B Maior e G # menor
Cb Maior e Ab menor

Heráclito Alencar Sampaio

Mensagens : 5
Pontos : 7
Reputação : 1
Data de inscrição : 22/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

alguns videos

Mensagem  Heráclito Alencar Sampaio em 25/8/2014, 17:51

Posso postar aqui mesmo vídeos do youtube, similares ao que procuro, ou apenas n´outro local? Obrigado. Ajudem-me por favor!

Heráclito Alencar Sampaio

Mensagens : 5
Pontos : 7
Reputação : 1
Data de inscrição : 22/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo com as 12 escalas maiores e menores em todas as posições - do início do espelho ao final.

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 27/8/2014, 10:35

Heráclito Alencar Sampaio escreveu:OBS.: Caso esteja em local errado o presente tópico, solicito da moderação que o mesmo seja corretamente reposicionado, seja para um comentário n'algum tópico já existente ou ele próprio num local mais adequado.  Perdoe-me, estou ainda aprendendo a usar os recursos e ferramentas. E já peço desculpas por ter clicado num sinal (-) em um dos excelentes tópicos aqui, e só depois percebi a besteira que fiz, sem querer fazê-la. Vamos lá:

Inicio destaco os seguintes textos do Sr. LEO, colhidos em alguns posts deste fórum:



“Faça essa técnica de conferir intervalos em qualquer posição e todos os exercicios que puder, seja de 1 posição ou de 12 posição ou até onde o seu ouvido conseguir ouvir.”
“. O grande lance nas mudanças de posição no estudo sério é justamente ao mudar de posição não glissar!”
“... Maiores, menores puras, harmônicas, melódica, cigana, bachiana, pentafônica, modais, diatônicas, dodecafônica, em todos os 12 tons e mais 3 enarmônicas, e, em todas as dinâmicas de arco e valores”
Gostaria muitíssimo de assistir a um vídeo com um violinista estudando e fazendo as 15 escalas (considerando as partituras que também seriam apresentadas - armaduras, etc), mas, como mencionado pelo adim, da seguinte forma, em todas as posições do violino: “... Maiores, menores puras, harmônicas, melódica, cigana, bachiana, pentafônica, modais, diatônicas, dodecafônica, em todos os 12 tons e mais 3 enarmônicas, e, em todas as dinâmicas de arco e valores” - rsrsrs
Tô querendo demais, né? Mas penso que tal vídeo daria ao iniciante uma noção geral de como estudam os profissionais, a sua ‘pegada’, dinâmica e, sendo um vídeo bem filmado, captando bem os dedos sobre o espelho, daria uma objetiva e boa base para uma análise visual e auditiva. No meu conceito de aprendiz, seria uma ótima biblioteca a ser sempre pesquisada. E, seria diferente de assistir a uma peça performática, pois da mencionada forma seria mais DIDÁTICO (não um show ou apresentação), e eu creio que de alguma forma ajudaria muito mesmo os iniciantes. Principalmente demonstrando as notas no pentagrama e as posições corretas dos dedos do violinista no espelho. Apesar das muitas escalas existentes, as principais, maiores e menores naturais, já bastariam também, desde que no vídeo, as imagens captassem ao longo de todo o violino, estando bem focados o arco, o espelho e dedos do executor que as executaria com uma velocidade ou andamento mais ou menos entre 80 ou 100, sendo para cada tempo duas colcheias, para não ficar tão longo, e, com um pequeno intervalo entre cada escala.
 
Talvez até existam vários vídeos por aí, mas já pesquisei e assisti alguns, porém, não o encontrei como acima mencionei.  Alguém se habilitaria a produzir um, bem simples, sem grandes recursos? Bom... importante mesmo é, se já existe algum (em todas posições até o final do espelho, ascendentes e descendentes), por favor, postem um link... infelizmente, com as buscas que fiz, não o encontrei, como acima dito.
EDIT (acrescento) : As imagens apareceriam como o violinista executor vê o espelho, isto é, do final do espelho ao início... assim daria uma impressão do espectador estar tocando e executando aquele violino. Seria realmente bastante didático, no meu modo de ver!

C Maior e A menor
C# Maior e A# menor
Db Maior e Bb menor
D Maior e B menor
Eb Maior e C menor
E Maior e C# menor
F Maior e D menor
F# Maior e D# menor
Gb Maior e E b menor
G Maior e E menor
Ab Maior e F menor
A Maior e F # menor
Bb Maior e G menor
B Maior e G # menor
Cb Maior e Ab menor

Olá, meu nobre amigo. Tudo bem?
.
Seja bem vindo!
.
A respeito de vídeo, se conseguir alguma alma nobre que esteja disposto de gravar, poderia ser útil, mas acredito que ninguém estaria disposto a fazer tamanha gentileza!
.
Pois é uma coisa que tem que ser presencial, acredito que 99 por cento dos violinistas que dominam mesmo o violino, não fazem isso se não for pessoalmente. Pois eles gostam de se apresentar, mas raramente gravariam uma video aula ou a forma que eles estudam, até porque os estudos do violino se aperfeiçoam constantemente, pois fazem master class com grande nomes como Perlman, Ana Sophia Mutter, Janine, Hilary Hanh e vão aprendendo novas técnicas, novas informações, aperfeiçoando o jeito que estudam constantemente e também criaria muita polêmica e críticas, pois cada professor diz uma coisa e defende a sua sardinha. O que eu postei aqui é uma técnica defendida pela maioria dos professores tops, porém cada um tem o seu jeito de realizar. E como professores são extremamente vaidosos e alguns orgulhosos publicamente, com certeza outros não gostariam de se expor e criar polêmicas e críticas.
.
Uma sugestão: coloca os melhores músicos do mundo para tocar uma orquestra juntos. Sairia gente voando pela janela no ensaio, músico dando tiro no maestro, spalla brincando de espadinha do He-Man usando o arco contra o Concertino, chefe do segundo violino jogando a cadeira no colega de estante. Enfim é muita inveja, falatório sem fundamento e claro muita falsidade entre as pessoas.
.
A parte que você desconhece pelo visto que nada adianta ver como o cara coloca o dedo no espelho, pois cada violino tem uma afinação peculiar, sonoridade peculiar, assim como cada pessoa tem sua anatomia diferente, dedos longos e finos, curtos e grossos, mão grande, mão pequena, pescoço longo, pescoço curto. Enfim, o você já está errando em uma coisa fundamental, não pode ser clone de ninguém! Tem que achar a sua fórmula de sucesso dentro da técnica padrão, aplica ela de forma eficiente, peculiar e confortável, fazendo coisas dificeis, como se fosse a coisa mais fácil do mundo!
.
O professor pode falar para você, coloca o dedo a tantos milímetros, dobra o dedo a tanta angulatura, mas não se esqueça que a mão do professor, personalidade violistica e violinos são diferente dos seus, mesmo que você tenha muita semelhança, não é igual. É aquela história do código genético, você pode ter 90 por cento do seu DNA em seus parentes ou até quase 99 por cento, mas mesmo tendo um irmão gêmeo, sua personalidade será diferente, a alma será diferente, mesmo tendo sido criado de forma igual pelos pais, tendo mesma cultura, mas não será igual ao seu irmão! Imagina um professor com o DNA diferente do seu, tem como comparar e tentar misturar? É como querer doar sangue B negativo para um pessoa que tem sangue A positivo. Dá certo ou vai dar febre, pressão baixa, taquicardia, reação hemolítica aguda, insuficiência renal aguda e até morte do paciente? Assim é o cara que tenta copiar o professor, no fim se sente frustrado, sem personalidade e claro desisti do violino, perda total da consciência violinistica, tornando-se na melhor das hipóteses um parasita violinistico se escorando em que toca relativamente bem na melhor das hipóteses, porém sem evolução, talvez em processo de involução e limitação, tornando se um violinista medíocre!
.
Mesmo que você pegue o violino do professor, não vai soar igual e muito menos afinado, pois tem a questão da intimidade e conhecimento do próprio instrumento que leva meses para o cara adquirir e dominar com perfeição o violino.
.
É uma questão de treino, o professor ele não faz por você, mas ele apenas lhe mostra os atalhos do caminho das pedras, mas não pode e nem deve fazer por você. Quem estuda é você.
.
A escala maiores e menores, não tem diferença, pois a menor é o basicamente uma escala modal, são exatamente as mesmas notas da escala maior, porém só começando do 6 grau de determinada tonalidade maior, é que chamamos de escala menor pura. Já escala menor harmônica ou escala menor melódica tem pequenas variações no sexto e sétimo graus, assim como a escala cigana tem uma variação no quarto grau na escala.
.
Na verdade ninguém fala, mas existe na música a escala maior harmônica!!!
.
Essa analise visual é pouco produtiva, o violinista ele tem que ter uma analise auditiva, pois como eu expliquei acima no caso das escalas, é de pouca importância ver posição do dedo, pois o violino muda de afinação constantemente, até entre um intervalo entre uma música e outra já muda a afinação e faz que o cara reafine o violino ou mude a posição dos dedos, principalmente em uma apresentação onde o cara não pode parar para afinar o violino, tem que usar esse recurso de retração ou expansão do dedo, pois milimetricamente faz uma enorme diferença e muda o sentimento da música ou torna ela muito desmazelada em relação a afinação.
.
O cara para começar a estudar escalas como eu disse acima, já deve dominar o violino em relação a postura básica, pois já começa algumas dificuldades como subir a posição ou seja tocar 3 oitavas para fazer a coisa como deve ser feita, uma coisa mais apreciável de fazer, mais produtiva e evolutiva.
.
É aquela velha história: saber o que faz, como fazer e por que fazer!
.
Por isso é importantíssimo o acompanhamento de um professor para corrigir e dar uma opinião em relação ao progresso do aluno e claro, apontar novas possibilidades e um novo atalho!
.
O cara para estudar violino, deve ter o mínimo de noção de teoria musical, o mesmo ficara limitadissimo se não tiver, principalmente se não tocar outro instrumento e ter uma base forte para improvisar etc, pelo menos sabendo tudo sobre harmonia e escala, fora esse caso de músicos populares que já sabem improvisar e tem conhecimentos práticos de campo harmônico e escalas e base sólida com o outro instrumento, torna muito dificultoso o cara tentar aprender violino sozinho sem conhecimento prévio musical, se o cara não soube ler partituras e ter o mínimo de conhecimento de teoria musical, fica muito limitado e achara que é impossível estudar violino, eu diria: meu irmão a casa caiu, rapaz.
.
Estudar qualquer instrumento musical, principalmente o violino que é uma das coisas mais dificeis no mundo de se fazer, não pode ter sofrimento, pois o estudo tem que se tornar prazeroso, é como um vício, alias todo vício é prazeroso, por isso se torna um vício, o violino tem que contaminar o cara com o vírus chamado: amor pela música! Torna-se um vício benefico e produtivo, assim como tem pessoas que tem prazer em trabalhar, prazer em estudar, prazer em paquerar e torna-se um vício benéfico, se o mesmo não ter exageros e surtos. kkkkkkkkkkk

.
O que você deseja amigo é uma coisa que tem que se ver pessoalmente, pois o mais importante não é ver e sim ouvir a entonação e o soar ao vivo que é algo insubstituível.
.
Na verdade todo violinista ou aluno deveria assistir apresentações ao vivo de grande solistas e orquestras pelo menos duas vezes por mês, mas é praticamente inviável aqui no Brasil pela falta de cultura musical que temos, diferentemente dos europeus que tem som de CDs de excelentes violinistas tocando ao vivo em sala adequadas com acustica e equipamentos de primeira qualidade. Disse CD, pois os caras tocam mais perfeitos do que os CDs...
.
Por isso é importante o aluno participar do máximo de festivais de músicas que tem oportunidade, pela troca de experiência, ideias e claro absolvição de conhecimento e técnicas dos professores do festivais.
.
Principalmente, só botar as mãos no violino, depois de devidamente regulado, ajustado por um luthier, com o mínimo de decência no equipamento para o aprendizado. Se precisar de luthier ou comprar um violino já regulado, coloco-me a sua disposição.
.

Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo com as 12 escalas maiores e menores em todas as posições - do início do espelho ao final.

Mensagem  Heráclito Alencar Sampaio em 27/8/2014, 18:04

Olá, tudo ok aqui. Obrigado por participar com os seus conhecimentos, sugestões e ensinamentos.



Realmente foi muita pretensão mesmo este subscritor querer substituir uma vídeo aula pela presença de um professor acompanhando um aluno... ainda  mais um vídeo feito por uma tão nobre, gentil  e disposta alma, sem vaidades, orgulhos e que não se importasse com polêmicas e críticas (Os bastidores que o digam) - rsrsrsrs.
.
E não sabia que o violino tem tamanha e peculiar particularidade como o tem cada músico que o executa. Faz sim muito sentido, talvez até pelo próprio ‘espelho’, luthieria, salvo a existência de uma técnica padrão a ser seguida. E isso faz mesmo muito sentido quando falamos de violino, que exige muito treino, e realmente professo algum poderá fazer pelo aluno.


A idéia pela busca PRÁTICA por parte deste leigo não foi atenta aos inúmeros detalhes informados, na intenção de aprender a tocar violino sozinho. Resido no interior goiano, onde não há professores desse tão nobre instrumento musical, daí, essa sugestiva busca.



Essa busca se deu não apenas por não haver professores a disposição, mas porque tenho achado que, os vários recursos hoje existentes não foram ainda, na minha humilde concepção, tão bem explorados. Mas existem muitos e ótimos materiais de estudos ainda, tenho certeza disso, inclusive, em vídeos. E ver pessoalmente um violinista tocar, não é realmente tão fácil também, preferivelmente bem de perto, e sentir a sonoridade, até mesmo num sala sem quaisquer ambiências, assim, ouviria o puro e REAL som (seria mais do que de ‘CD’ rsrs).

Bom... imagina a minha pretensão, longe de querer substituir professores e principalmente a presença do aluno frente àquele, forcei-me mesmo em não espelhar a minha pessoal situação, como disse, resido no interior, não temos professores, nem eventos eruditos, etc.... mas quero encarar esse “bichinho difícil” rsrsrs. Longe ainda mais de, sugerir uma NOVA DIDÁTICA; ora, sequer seguro o violino sobre o ombro ainda... rsrsrs. Espero apenas que, como esse e outros fóruns, sites que hospedem vídeos, disponibilizam partituras, métodos, estudos, etc., possam cada vez mais proporcionar e popularizar cada vez mais esse belo instrumento, usando todos e quaisquer recursos existentes, com a tecnologia que hoje temos. Lembro que, tínhamos que comprar “revistinhas” para buscarmos uma única música cifrada; lembro que para tirarmos os solos, mexíamos nas rotações das vitrolas de vinis para um andamento mais lento e ainda tínhamos que transpô-los ao tom original (aliás, reuníamos para ouvirmos vinis dos participantes das reuniões... cada um trazia um... e era uma festa rsrsrs!), etc, etc,.. Enfim, hoje, temos players que mudam os andamentos sem mudarem as tonalidades, temos fóruns com vídeos demonstrativos com várias peças, temos cifras, partituras (compradas ou vendidas, as temos), músicos executando peças, ensinando tocá-las, programas como Finale, a internet que propicia estar nesse fórum; internet que propiciam até vídeo conferências, etc. Sabemos que, com os esforços dos fóruns sempre se organizando, se formando, reformulando-se, deixando de ter os posts dispersos, buscando o foco: ensinar, discutir, fazer, mostrar... é mesmo uma grande evolução. E, foi sim, tudo isso, uma grande e séria evolução na DIDÁTICA para o aprendizado. E a evolução continuará, sempre \o/. Avante vamos! Que maravilhoso os recursos que hoje temos, não é? E assim seja!

Poderia postar alguns vídeos aqui mesmo, ou devo fazê-lo n'outro local mais adequado (naquele tópico para vídeos)? Os condizentes ao presente tópico poderiam ser postados aqui mesmo, ou somente lá?

Obrigado mesmo pelo direcionamento. E, à propósito, LEO, sobre  Luthieria e outros assuntos, no mesmo dia do meu registro aqui no FVB, também enviei um email (bol) para a sua pessoa, e aguardo respostas.


Deus já o abençoou!

Heráclito Alencar Sampaio

Mensagens : 5
Pontos : 7
Reputação : 1
Data de inscrição : 22/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo com as 12 escalas maiores e menores em todas as posições - do início do espelho ao final.

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 28/8/2014, 13:02

Heráclito Alencar Sampaio escreveu:Olá, tudo ok aqui. Obrigado por participar com os seus conhecimentos, sugestões e ensinamentos.



Realmente foi muita pretensão mesmo este subscritor querer substituir uma vídeo aula pela presença de um professor acompanhando um aluno... ainda  mais um vídeo feito por uma tão nobre, gentil  e disposta alma, sem vaidades, orgulhos e que não se importasse com polêmicas e críticas (Os bastidores que o digam) - rsrsrsrs.
.
E não sabia que o violino tem tamanha e peculiar particularidade como o tem cada músico que o executa. Faz sim muito sentido, talvez até pelo próprio ‘espelho’, luthieria, salvo a existência de uma técnica padrão a ser seguida. E isso faz mesmo muito sentido quando falamos de violino, que exige muito treino, e realmente professo algum poderá fazer pelo aluno.


A idéia pela busca PRÁTICA por parte deste leigo não foi atenta aos inúmeros detalhes informados, na intenção de aprender a tocar violino sozinho. Resido no interior goiano, onde não há professores desse tão nobre instrumento musical, daí, essa sugestiva busca.



Essa busca se deu não apenas por não haver professores a disposição, mas porque tenho achado que, os vários recursos hoje existentes não foram ainda, na minha humilde concepção, tão bem explorados. Mas existem muitos e ótimos materiais de estudos ainda, tenho certeza disso, inclusive, em vídeos. E ver pessoalmente um violinista tocar, não é realmente tão fácil também, preferivelmente bem de perto, e sentir a sonoridade, até mesmo num sala sem quaisquer ambiências, assim, ouviria o puro e REAL som (seria mais do que de ‘CD’ rsrs).

Bom... imagina a minha pretensão, longe de querer substituir professores e principalmente a presença do aluno frente àquele, forcei-me mesmo em não espelhar a minha pessoal situação, como disse, resido no interior, não temos professores, nem eventos eruditos, etc.... mas quero encarar esse “bichinho difícil” rsrsrs. Longe ainda mais de, sugerir uma NOVA DIDÁTICA; ora, sequer seguro o violino sobre o ombro ainda... rsrsrs. Espero apenas que, como esse e outros fóruns, sites que hospedem vídeos, disponibilizam partituras, métodos, estudos, etc., possam cada vez mais proporcionar e popularizar cada vez mais esse belo instrumento, usando todos e quaisquer recursos existentes, com a tecnologia que hoje temos. Lembro que, tínhamos que comprar “revistinhas” para buscarmos uma única música cifrada; lembro que para tirarmos os solos, mexíamos nas rotações das vitrolas de vinis para um andamento mais lento e ainda tínhamos que transpô-los ao tom original (aliás, reuníamos para ouvirmos vinis dos participantes das reuniões... cada um trazia um... e era uma festa rsrsrs!), etc, etc,.. Enfim, hoje, temos players que mudam os andamentos sem mudarem as tonalidades, temos fóruns com vídeos demonstrativos com várias peças, temos cifras, partituras (compradas ou vendidas, as temos), músicos executando peças, ensinando tocá-las, programas como Finale, a internet que propicia estar nesse fórum; internet que propiciam até vídeo conferências, etc. Sabemos que, com os esforços dos fóruns sempre se organizando, se formando, reformulando-se, deixando de ter os posts dispersos, buscando o foco: ensinar, discutir, fazer, mostrar... é mesmo uma grande evolução. E, foi sim, tudo isso, uma grande e séria evolução na DIDÁTICA para o aprendizado. E a evolução continuará, sempre \o/. Avante vamos! Que maravilhoso os recursos que hoje temos, não é? E assim seja!

Poderia postar alguns vídeos aqui mesmo, ou devo fazê-lo n'outro local mais adequado (naquele tópico para vídeos)? Os condizentes ao presente tópico poderiam ser postados aqui mesmo, ou somente lá?

Obrigado mesmo pelo direcionamento. E, à propósito, LEO, sobre  Luthieria e outros assuntos, no mesmo dia do meu registro aqui no FVB, também enviei um email (bol) para a sua pessoa, e aguardo respostas.


Deus já o abençoou!
O meu conhecimento em música e violino, eu passo gratuitamente para o pessoal. Falo de forma clara e objetiva. E sem rodeios!
.
Existe sim uma técnica padrão, a questão é aplicatividade dessa técnica pela anatomia a ser respeitada o aluno na relação aluno x professor!
.
A técnica padrão existem várias escolas: russa, franco-belga, japonesa, italiana, alemã para citar as mais influentes!
.
O aluno tem anatomia diferente uns dos outros e claro do seu professor.
.
O professor tem por objetivo transmitir conhecimento, moldar o aluno, orientar, mostrar os atalhos e principalmente faz o aluno auto-suficiente, tratar os assuntos especificamente a cada pecularidade e necessidade de cada aluno.
.
Na verdade a técnica padrão que não pode ser necessariamente apenas de uma escola, mas o mesclar as melhores técnicas de cada escola quando se tem alguma similaridade e não seja oposição ao seguimento de outras técnicas que necessitam de uma base própria, o professor tem que passar a técnica padrão, porém a aplicação dessa técnica, o mesmo não pode intervir, isso o aluno terá que fazer de forma mais adequada, pois ele entende o próprio corpo e tem sensações, sentimentos, sensabilidade para ver o quanto é mais confortavel e eficaz sem fugir dos principios da ideia proposta na técnica, não necessariamente colocar o dedo ali porque o professor coloca ali... isso é fazer um clone mal feito do professor deixando um aluno parasita que não pensa, não raciocinia, é um robozinho...
.
Por isso dentro da proposta, o professor vai analisar os resultados dentro da técnica padrão e seus limites de tolerância e observar como o aluno aplicou e assim procurar fazer o seu aluno ser auto-suficiente ao estudar. Devemos ser um cientista das cordas.
.
Por isso o Perlman é gênio, pois o mesmo acha novas possibilidades de fazer uma coisa super dificil, parecendo ser mais fácil e obter um som genuíno, agradavel e fantastico!
.
Na verdade o termo estudar sozinho, não está incorreto, pois se analizarmos a função do professor e aluno, essa relação, veremos que o professor tem apenas 1 dia da semana para resolver os seus problemas, nos outros 6 dias é você que tem que se virar para resolver.
.
A função dele é orientar, mostrar os atalhos, mas o aluno deve na verdade ser o seu próprio professor, pois nos outros 6 dias é ele que vai ter que resolver os problemas, aplicar as técnicas, testar os seus limites, verificar os problemas, buscar soluções, suar, inspirar, expirar! Não deixa de ser um estudo sozinho no dia-a-dia!
.
Não menosprezo a figura do professor e muito menos incentivo a pessoa a ser autodidata no violino, o que eu prego é na verdade auto-suficiencia do violinista e o professor como um orientador, mas não o sujeito que vai fazer aquilo por você! Mas se o cara não for autoditada no violino nos 6 dias em que não vê a cara do professor, ele está perdendo o tempo dele, essa que é verdade.
.
Tudo é uma questão de ponto de vista e podem ter um assunto em pauta com bastante debate e aprendizado nesse terma abordado, porém o que eu observo que alunos autoditadas são os tipos como talento nato. Eu não disse talentosos, pois os talentosos são geralmente preguiçosos para aprender, eles não estudam pois tem facilidade para fazer as coisas, mas digo talento nato, pois ele busca através do estudo dele durante os 6 dias da semana com disciplina e concentração surpreender os ouvintes e principalmente o professor no dia que ele o ver.
.
Eu entendo a figura do professor como um técnico de futebol. Ele torce, sofre, grita, orienta, da bronca, é meio psicologo, fala a linguagem dentro da cultura do aluno, sabe os atalhos, arma o time e ganha o jogo com o seu craque fazendo um golaço, porém o técnico não joga pelos jogadores...
.
Não sou contra ver videos na Internet, pelo contrário o cara que é esperto ele procura ver todo tipo de técnica, experiencia em conversar com os colegas, busca se informar. O cara curioso é exatamente o violinista bem sucedido!
.
A questão que eu levanto é exatamente essa aplicação da mesma! Imagina você compra um Wosk ano 1968 e aprende a dirigir com o mesmo. Vai ficar na maior felicidade do mundo porque aprendeu a dirigir e vai achar que é oitava maravilha do mundo o fusca. Mas depois você pega um Gol quadrado de 1990 e ve que existem outras coisas no mundo, mas depois compra um Gol Bola de 2005, já sente uma baita diferença e ve que é um carro melhor, mas não se contenta e vai ver que o carro Ford kA 2014 é muito superior ao que você tinha visto na vida e vai achar o seu fusquinha uma porcaria e perda de tempo de ter aprendido em um carro tão ruim. Observando que existe uma evolução nesses anos todos e que você poderia estar dirigindo melhor, domimando técnologias de ponta facilmente se tivesse já pegando um carro 2014 para aprender com freio ABS, Direção Hidraulica, Injeção eletrônica, motor econômico e mais eficaz e outros recursos como conforto de um ar condicionado, trava eletrica, vidro eletrico, mp3, carro com encosto de banco e etc.
.
Assim é o aluno que estuda sem orientação de um professor, ele estará viajando não em um fusca, mas em uma bicicleta do Rio Grande do Sul até ao Acre, levara muito tempo, perigos, imprevistos e desgaste mental em muitos casos a bicicleta dele não vai aguentar a travessia e quebra o quadro e o cara desisti no meio do caminho. Um aluno com um professor top, estará em um Supersônico em poucos minutos!
.
Mas como você salientou, nem todos tem recursos como um professor por perto e muitos não podem viajar toda semana 260 km atrás de um, porém ai vai da intenção do cara. Ele quer apenas brincar com o violino, se divertir, ele nem precisa gastar muito, mas ele quer algo sério com o violino, toca em uma banda, toca em apresentações, orquestras, ensinar violino? Ai ele faz das tripas corações, faz a sua sorte, faz o impossivel virar possivel com Fé em Deus e vai atrás da felicidade.
.
Hoje com tantos recursos, se desembolsar o que seria 1 aula com professor top, conhece commprar um curso em DVD para estudar em casa na hora que puder, quando puder com uma orientação mais consistente do que  ficar tentando tocar sozinho que vale a pena!
.
O perigo das aulas no Youtube apesar de gratuitas e acessiveis, tem muita gente que nada sabe falando muita besteira...
.
Um curso em DVD mais sério que gaste um pouco mais, com certeza seria
 mais proveitoso.
.
Acredito que você não deva se preocupar com escalas como mencionei acima por enquanto, busque estudar cordas soltas, dominar postura, técnica de pronação e supinação, para depois aprender o dentilhado. Não pule etapas, parece babaquice ouvir isso, mas acredite não é...
.
Quem pula etapas, acaba se dando mal no futuro, pois o violino tem todo um procedimento a ser seguindo para que você possa construir sua casa em uma rocha e não na areia. Ninguém conhece a casa do telhado, mas sim do alicerce. Mesmo que você domine outro instrumento de forma virtuosa, no violino precisara construir o seu som, pedra a pedra.
.
Eu também sou da época da revistinha, quando comecei a estudar música com 11 anos de idade, pretendendo ser trompetista, não tinha acesso a livros de teoria, nem computadores, nem existia internet no Brasil, tudo que aprendi de teoria músical e harmonia, se baseava nas revistinhas de violão e teclado. Todo esse conhecimento não me foi perdido, pois a base que eu tinha dos meus estudos autodidatas me deu uma boa base teorica para fazer um curso técnici de violino muitos anos depois.
.
E você tem algo muito bom, já que vivenciou tirar músicas na vitrola, já deve ter uma ritmica boa, percepção auditiva, use isso para tirar um som sinfonico do violino, aconselho você mudar um pouco do popular e buscar ouvir Filarmonica de Berlim, Filarmonica de Boston, baixar os CDs e videos do Perlman, Nigel Kennedy, ouvir muita música barroca: Vivaldi, Mozart, Corelli e principalmente Polifonia de Bach que são fantasticas! As 4 estações do Vivaldi com o Nigel Kennedy já é um bom começo. Ele domina uma técnica fantastica ele é voltado para o Jazz também, vai ouvir algumas músicas improvisadas por ele e voltar para o seu popular com uma ideia mais aberta em relação do violino no uso do popular. Aconselho a ouvir o Grapelli que foi o rei do violino no Jazz, Mark O Connor. Vai curtir bastante e ficar mais apaixonado pelo violino. Tente ver e entender cada movimento deles no violino, isso já é uma baita aula, mas foque mais no som que os mesmo tiram do violino.
.
A questão do vídeo, tem uma aréa própria para videos nos sub-fóruns, mais adequado e organizado para as pessoas buscarem os conhecimentos.
.
Fique a vontade, se tiver dentro do assunto proposto, poste no tópico que estiver debatendo.
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo com as 12 escalas maiores e menores em todas as posições - do início do espelho ao final.

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 03:26


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum