Violino Brasil
Últimos assuntos
» Intonia - Aplicativo para Praticar a Afinação.
Hoje à(s) 06:40 por CSFreire

» Qual o melhor custo benefício?
30/11/2016, 14:14 por Silano M. Santos

» forma de mão.
30/11/2016, 08:12 por MarcoAC

» Como aprender a identificar a posição correta das notas.
29/11/2016, 19:08 por ymoraes5948

» Que Breu usar?
25/11/2016, 13:37 por Lexluthor

» Como avaliar violinos online.
20/11/2016, 20:22 por felipelch

» História da música
18/11/2016, 14:31 por £ëø Mø®£ix

» Goma laca indiana
18/11/2016, 14:23 por £ëø Mø®£ix

» Quarto dedo...
17/11/2016, 12:15 por £ëø Mø®£ix

Quem está conectado
19 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Duvidas sobre Exercícios e Afinação !

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Duvidas sobre Exercícios e Afinação !

Mensagem  Mateus - Violino Forever em 18/8/2014, 20:12

Qual método e apartir de qual lição deste método começam a se usar os exercícios em cordas duplas ? 
Qual seria o modo que se fala que o violino se afina em quintas justas ? O que seria exatamente estas quintas justas ?
Qual seria a afinação correta, 442 Hartz ou 440 Hartz ? ( Orquestras e Igrejas )

Mateus - Violino Forever

Mensagens : 14
Pontos : 30
Reputação : 1
Data de inscrição : 06/03/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duvidas sobre Exercícios e Afinação !

Mensagem  Harrison Aguiar em 22/8/2014, 18:14

Mateus - Violino Forever escreveu:Qual método e apartir de qual lição deste método começam a se usar os exercícios em cordas duplas ? 
Qual seria o modo que se fala que o violino se afina em quintas justas ? O que seria exatamente estas quintas justas ?
Qual seria a afinação correta, 442 Hartz ou 440 Hartz ? ( Orquestras e Igrejas )
Olá, em relação ao seu sobre corda dupla existe um método chamado "Polo Corda Dupla" que vc deve usar quando terminar as 20 lições hans sitt (ou seja ser um violinista intermediário).
segue abaixo um link tirado do baú do fórum (2012) que esclarece mais detalhadamente quais metodos usar:
http://violinobrasil.forumfacil.net/t237-qual-e-o-melhor-metodo-de-violino-para-iniciantes

 As cordas do violino são do mais grave para o agudo "SOL, RE, LA, Mi".
  Analise: sol1 la2 si3 do4 re5. a mesma coisa da corda re até la, e la até mi.  "cinco" intervalos de distancia formando assim uma  "quinta" justa.

a frequência da nota "lá" varia de orquestra para orquestra, algumas usam 440 outras 442, eu tenho o ouvido absoluto pq desde pequeno escutava minha mãe tocando orgão descobri que por conta disso acostumei com 442 pois o orgão da minha mãe era 442Hz.
 Nas igrejas uma pequena porcentagem tem ouvido bem aguçado por isso todos tentam alinhar com o órgão (pelo menos na congregação cristã no Brasil que frequentei muito desde pequeno é assim).

Harrison Aguiar

Mensagens : 59
Pontos : 76
Reputação : 7
Data de inscrição : 03/07/2013
Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duvidas sobre Exercícios e Afinação !

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 28/8/2014, 11:30

Mateus - Violino Forever escreveu:Qual método e apartir de qual lição deste método começam a se usar os exercícios em cordas duplas ? 
Qual seria o modo que se fala que o violino se afina em quintas justas ? O que seria exatamente estas quintas justas ?
Qual seria a afinação correta, 442 Hartz ou 440 Hartz ? ( Orquestras e Igrejas )
A Paz de Deus irmão. Tudo bem contigo?
.
O inicio de estudo de cordas dobradas com bicorde ou arpejos, devem ser iniciados já bem no começo, Por isso os estudos devem ser estudados com o Laoureux em minha opinião, pois eles já tem um principio de estudos em cordas dobradas.
.
Mas é muito importante estudar também o Sevick op 1, pois aqueles exercicios de  descer os dedos de uma só vez e deixar os dedos, são fundamentos básicos das cordas dobradas. O Lambert Ribeiro também tem alguma coisa interessante em cordas dobradas, importantes para iniciar os estudos.
.
Depois disso já se pode pegar um Polo da vida e claro já estudar os estudos em cordas dobradas do Hans Sitt para se ter uma boa base para encarar os 42 estudos do Kreutzer.
.
Importante entender bem os fundamentos da meia posição no violino, pois usará demais nos estudos mais complexos.
.
Eu estudei um poucos os estudos adjuntos do 36 estudos do Kayser que precendem as lições do Kayser, são bem interessantes e tem uns lances bons para treinar o raciocinio, tem alguns faceis e outros mais complexos.
.
Claro corda dupla a atenção na afinação tem que ser redobrada, conferir muito os intervalos, pois vai se tratar de bicordes, onde a harmonia deixa bem evidente a desafinação se feita de qualquer jeito. E o aluno vai ter que encarar e ouvir não apenas 1 som, mas 2 sons para afinar. Então conferir o intervalo para duas notas são primordial para se obter um resultado satisfatório.
.
Se o seu violino não estiver muito bem regulado, o estudo se torna extremamente estressante, pois cordas altas e com angulatura incorreta e pestana ruim é extremamente prejudicial nos estudos em cordas dobradas. Além de ter que ter a técnica correta para executar as lições propostas pelo autor, tem o equipamento em dia.
.
Não é uma questão de qual lição alcançar para começar os estudos. Isso é uma coisa muito pouco  funcional, mas sim é uma coisa que o professor tem queavaliar para que ele possa lhe orientar o momento correto de começar, pois tem pessoas que tem uma baita facilidade em posições, outros tem uma baita facilidade em cordas dobradas e aperjos, outros com escalas, outros com músicas, interpretação e execução, outros com afinação, outros com golpes de arcos. Então o professor vai avaliar o momento correto de iniciar determinados estudos e claro trabalhar encima daquilo que o aluno tem maior dificuldade para explorar totalmente o potencial do aluno e equilibrar ele em todos os aspectos do violino. É muita burrice do professor falar de antemão dizendo que em tal ponto vai começar determinado assunto e estudo com o aluno sem nunca avaliar o aluno em particular, usando assim como todos os alunos da mesma forma, cada pessoa tem facilidades e dificuldades diferentes uns dos outros, e devem ser tratadas com remédios especificos! Não adianta dar remédio de hemorroidas para um sujeito que está com desinteria, tem que dar o remédio especifico para um cara que está com tersol para que o mesmo se recupere rapidamente.
.
Vale lembrar que estudar violino é resolver os problemas. Aquele sujeito que tem essa capacidade de resolver mais rapidamente os problemas do estudo do violino, com certeza ele será muito bem sucedido e terá um som refinado. Deixa de ter um som de um gato miando para ter um som sinfonico, bonito e gostoso de ser apreciado.
.
Afinação por quinta justas falando de um modo grosteco é simplesmente você afinar o violino em cordas duplas, ouvindo o ponto exato no microtons ou seja diferenciação de comas para achar afinação perfeita dentro de uma proposta em 440 hz, 441 hz ou 442 hz que são mais usadas em orquestras.
.
A afinação padrão mundial hoje atualmente é 440 hz, porém as orquestras devido a desafinação dos instrumentos durante a execução, afinam em 442 hz. Solistas também dizem que o violino soa melhor, da uma entonação melhor quando afinado em 442 hz. O recomendavel ao estudar o violino em casa é 441 hz, pois é o meio termo, assim o aluno não terá dificuldades em relação a afinação quando executar em 440 hz ou 442 hz. Pois quando se toca em uma orquestra o comum é 442 hz, mas se for fazer um recital com o piano, alguns estão em 440 hz, você tem que afinar na frequência em que o La esteja sendo soado pela pianista.
.
Tudo é relativo, pois se tiver uma banda em jazz, eles gostam de 440 hz que dá um som mais morno e harmonioso, já em uma banda de rock ou country, ou baião, é uma questão de você debater o assunto com seus companheiros e ver qual afinação cai melhor.
.
Já na Igreja CCB, é complicado! Cada orgão é afinado de uma forma, já toquei em Igrejas que o orgão estava em 440 hz, outros em 441 hz e outros em 442 hz. O grande problema é que a organista não tira o sustain ou vibrado do orgão, isso da uma variação para cima e para baixo, se o cara não tiver um ouvido muito apurado, não vai achar o ponto exato, isso é resultado que vemos na orquestras: cinco afinações diferentes!!! Por isso principalmente nos primeiros hinos dá uma dissonância muito violenta no nosso ouvido, pois o que vemos alguns irmãos seguindo a organista, afinam em 440 hz pela variação baixa ou alta, 439 hz, 441 hz, 442 hz, 443 hz e alguns seguem os instrumentos de sopro que nem afinam, apenas sopram do jeito que tiram o instrumento e a afinação vai lá encima em 445 hz.
.
O ideal é que um Spalla afinasse apenas as cordas ou que a organista tirasse a o sustain e os violinistas tivesse o tempo suficiente para afinar. Quando eu digo afinar é calibrar a afinação, esse seria o termo correto. Assim como quando levamos o nosso carro no posto de gasolina, pedimos ao frentista para calibrar os pneus, ou seja chegar no ponto exato onde ele não fica murcho e muito menos fica sobrecarregado de pressão! Assim é a calibração na afinação. Depois de afinados os violinos, passam para violas, depois cellos e depois partem para madeiras, palhetas, metais etc.
.
Do jeito que fazemos, não é nenhum pouco funcional, principalmente nos ensaios onde deveriamos ter essa questão muito bem explanada pelos nossos lideres a frente da orquestra!
.
O que é feito hoje em dia?
.
A organista dá o La do orgão com o sustain, as cordas tocam o La sem calibrar a afinação, nem terminam de tentar afinar já tem saxofones berrando a toda altura seguidos dos trompetes e logos as tubas, ninguém escuta nada... Pois soa diferente afinações ao mesmo tempo. É apenas uma mera formalidade...
.
O deve ser feito é cada naipe respeitar a calibragem de quem tem a prioridade e preferência!
.
O orgão tem prioridade na calibragem. Os violinos por serem os instrumentos mais agudos a preferência!
.
Os violinos devem ouvir pelo menos por alguns segundos gravando o La do orgão no ouvido sem o Sustain, Calibram os violinos, depois violas, depois Cellos e passa para o outro naipe já com as cordas calibradas segurando a afinação para dar referencia as madeiras, depois paletas, metais, todos calibrando puxando a boquilha e e canejos dos instrumentos. E ai sim afinar com todos dando a harmonização da orquestra.
.
Os sopros tem um problema, pois quando frios, a afinação sobe, depois de esquentar ela descem. Isso é importante para o hino do silêncio antes da abertura do culto.
.
É um pouco estressante para a irmandade essa calibragem, porém pode-se pensar em uma maneira de amenizar o problema. Porém é que tem que ser feito para ter uma afinação mais adequada a reputação tão honrada que tem as orquestras da CCB e aumentar a qualidade no auxilio no canto para irmandade. Tirar essa mera formalidade e passar para algo realmente funcional e qualificativo.E realmente adotar uma afinação mais padrão nas igrejas para que os irmãos não tenham tanto problema ao calibrar, principalmente os iniciantes e diminuir o trabalho do encarregado, pois quando se da um problema com afinação, muitos não sabem como resolver, pois falta-lhe conhecimento mais técnico para tomar a frente com eficácia.
.
São assuntos para ser debatidos entre os instrutores e encarregados nas escolinhas, pois os instrutores deveriam ter uma atuação com mais atitude. Eu observo alunos que ingressam na orquestra totalmente perdidos em relação a calibragem e muitos nem sabem o que é calibragem, e acham que é mera formalidade. Os encarregados não violinistas pouco podem fazer para ajudar um violinista que sofre mais com a afinação do que os demais instrumentos que são temperados!
.
Se precisar de meus serviços como luthier ou comprar um violino, estou a sua disposição para prestação de serviços. Só envia um email para mim: violinistamorlix@hotmail.com
.
Deixo o violino perfeito para execução de cordas duplas.
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duvidas sobre Exercícios e Afinação !

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 28/8/2014, 11:48

Harrison Aguiar escreveu:
Mateus - Violino Forever escreveu:Qual método e apartir de qual lição deste método começam a se usar os exercícios em cordas duplas ? 
Qual seria o modo que se fala que o violino se afina em quintas justas ? O que seria exatamente estas quintas justas ?
Qual seria a afinação correta, 442 Hartz ou 440 Hartz ? ( Orquestras e Igrejas )
Olá, em relação ao seu sobre corda dupla existe um método chamado "Polo Corda Dupla" que vc deve usar quando terminar as 20 lições hans sitt (ou seja ser um violinista intermediário).
segue abaixo um link tirado do baú do fórum (2012) que esclarece mais detalhadamente quais metodos usar:
http://violinobrasil.forumfacil.net/t237-qual-e-o-melhor-metodo-de-violino-para-iniciantes

 As cordas do violino são do mais grave para o agudo "SOL, RE, LA, Mi".
  Analise: sol1 la2 si3 do4 re5. a mesma coisa da corda re até la, e la até mi.  "cinco" intervalos de distancia formando assim uma  "quinta" justa.

a frequência da nota "lá" varia de orquestra para orquestra, algumas usam 440 outras 442, eu tenho o ouvido absoluto pq desde pequeno escutava minha mãe tocando orgão descobri que por conta disso acostumei com 442 pois o orgão da minha mãe era 442Hz.
 Nas igrejas uma pequena porcentagem tem ouvido bem aguçado por isso todos tentam alinhar com o órgão (pelo menos na congregação cristã no Brasil que frequentei muito desde pequeno é assim).

O problema para se explica o que é quinta justa de um modo bem detalhado é que é que teriamos que entrar em detalhes de harmonia que é pouco compreendido para quem está iniciando, pois se aprofundarmos eles descobririam a quinta diminuta, se voltamos um pouco ao passado, iriam ver que os intervalos justos no passado eram tratados como maiores e menores. A quarta justa era quarta menor e quinta justa a quinta maior, se não me falhar a memória. rs*
.
Iria dar uma baita confusão na cabecinha do povo!!!
.
O duro é quando temos que fazer aqueles exercícios de reconhecimento de intervalos em diminutos, menores, maiores e aumentados. Quando se faz aperjado é fácil reconhecer, mas quando faz eles harmonicamente o bicho pega. Os ascententes e descendentes são mais fácil os arpejados, porém harmonicos é dose...
.
Para quem tem ouvido absoluto, pega em 1 segundo, mas para mim que tenho um ouvido relativo, levo mais tempo. Amava treinar isso. Faz tempo que não treino mais.


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Duvidas sobre Exercícios e Afinação !

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 14:54


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum