Violino Brasil
Últimos assuntos
Quem está conectado
5 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 5 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 106 em 1/9/2012, 17:16

Características do tom

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Características do tom

Mensagem  Ismael Menezes em 19/6/2014, 22:52

Os modos possuem algumas características comuns, mas apresentam comunicações e expressões diferentes. Os cantores e compositores pelos seus gostos e estilos, escolhem e se adéquam aos modos, daí optarem pelas tonalidades menores ou maiores. Tudo depende do pensamento do compositor.
A música tem um tom, que pode ser maior ou menor.
A música tem um ritmo, que pode ser lento, normal ou rápido.
Não se deve cantar em qualquer tom, a voz humana tem limites de tessitura.
A música deve começar pelo acorde que originou o tom. Em Dó maior, o acorde inicial será (C) e sempre terminará no acorde que começou (tônica). É raro às vezes em que essa regra é modificada. Em Lá menor, o acorde inicial será Am e sempre terminará em Am.      

Ismael Menezes

Mensagens : 65
Pontos : 111
Reputação : 1
Data de inscrição : 05/06/2014
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Características do tom

Mensagem  £ëø Mø®£ix em 20/6/2014, 00:16

ismael menezes escreveu:Os modos possuem algumas características comuns, mas apresentam comunicações e expressões diferentes. Os cantores e compositores pelos seus gostos e estilos, escolhem e se adéquam aos modos, daí optarem pelas tonalidades menores ou maiores. Tudo depende do pensamento do compositor.
A música tem um tom, que pode ser maior ou menor.
A música tem um ritmo, que pode ser lento, normal ou rápido.
Não se deve cantar em qualquer tom, a voz humana tem limites de tessitura.
A música deve começar pelo acorde que originou o tom. Em Dó maior, o acorde inicial será (C) e sempre terminará no acorde que começou (tônica). É raro às vezes em que essa regra é modificada. Em Lá menor, o acorde inicial será Am e sempre terminará em Am.      

A tonalidade ela pode mudar o sentimento da música, por isso não se pode mudar a tonalidade, pois apesar de existir a mesma distância entre os graus, nota-se que muda o sentimento da composição. Mudou o tom, muda o sentimento.
.
Na verdade a música nordestina ela é em sua maioria modal, por isso vemos  o cara tocando sem nenhum acidente, mas ela teoricamente estaria em Ré ou seja o modo Locrio  ou então Sol no modo Mixolidio!
.
Mas se analisar profundamente da para ver que praticamente a cada compasso a música brasileira muda de tonalidade. Na verdade ela se diz tal tom, mas começa com esse tal tom, mas vai mudando de tonalidade!
.
Por isso é muito complexo a música brasileira.
.
Já se formos para a barroca, vemos que um concerto é provido de 3 movimentos, baseado na cadência I, IV, V! Nisso que os grandes compositores do barroco ou o Mozart do Classicismo escreviam. Criavam tensão e resolviam! Partiam para cadência, semi cadência e depois descansavam.  Nisso se baseia a música: criar tensão e resolver!
.
Mas vemos que o 2 movimento não era resolvido! Não termina-se o acorde na tonalidade! Eles fazem uma cadência de engano, preparam para cair no descanso e vão para outro acorde e assim iniciam o 3 movimento. Isso é carateristico do barroco essa semi-cadência!
.
Outro detalhe é que quase ninguém sabe que mesmo a escala maior, existe dentro dela além das escalas modais, a escala maior harmonica, assim como a menor tem sua harmonica, a maior também tem!
.
Nota-se que são 12 escalas, 3 enharmonicas! Dentro dessa 12 escalas existem para cada Tom 7 escalas modais! Fora que cada escala maior tem sua relativa menor, dessas escala menor pura deriva-se: harmonica, mélodica e cigana! Fora que temos a bachiana, pentafônica, pentatônica, dodecafônica. São mais de 470 escalas se não me falhar a memória! É o sistema mais perfeito que foi inventado na humanidade. Acredito que uma das maiores invenções da humanidade.
.
Fora que cada nota ouve a série harmonica quebrando em 8 justa, 5 maior, 3 maior, 3 menor,  2 maior, 2 menor assim por diante até sumir.
.
Quanto ao ritmo é muito interessante e dificil de se tocar choros, pois sempre ritmos quebrados. Depois o povo fala que dificil é tocar Mozart, Bach, Vivaldi é porque não conhecem a complexidade da música brasileira choros, música nordestina com frevo, baião com toda sua meio que atonalidade!
.
Na verdade a música não tem obrigação de começar pelo Tom, muitas não começam, outras tem modulação, e suponhamos que ela vai terminar no Tom por causa do relaxamento, mas como expliquei muitas vezes pode-se partir para uma cadência de engano deixar uma suspensão no ar a exemplo da música barroca no segundo movimento.
.
Se for analisar tem musicas que começam em Am menor, mas podem terminar em C maior, o que seria a III grau do Am menor, transitando em sua relativa maior. Lembrando que o Am menor é modo Elio de Dó maior.
.
Música é muito complexa e cheia de possibilidades!
.
Em relação ao cantor, o mesmo deve saber cantar em qualquer tom, porém a maioria é preguiçosa para estudar e por isso não consegue cantar em qualquer tom, porém é claro que se ele for cantar, deve cantar em um tom confortavel, mas imagina em uma orquestra, o cara fica com frescura, muda o tom na hora e os arranjos já feitos, joga-se fora? Quem não sabe transportar, fica parado? Violino não é piano que dá para improvisar acordes transportando, tem coisa que fica pesado no violino se mudar de tom e improvisaria os arranjos? Com 40 violinos improvisando o que der na cabeça? Impossivel! Então o cantor ele tem que saber cantar em outros tons, tem que estudar!
.
Um forte abraço.
.
Deus te abençoe!


"Não por força nem por  poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor   dos Exércitos" (Zc 4:6). 

£ëø Mø®£ix
Admin

Mensagens : 3277
Pontos : 3764
Reputação : 170
Data de inscrição : 17/02/2010
Idade : 35

http://violinobrasil.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum